google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Golden State Warriors x Chicago Bulls: Tudo o que você precisa saber



Reprodução: USA TODAY Sports


Golden State Warriors e Chicago Bulls, se enfrentarão nessa sexta-feira (12), às 22h (Horário de Brasília) no United Center, em Chicago. Este jogo é válido pela temporada regular da NBA, e vale lembrar que são 2 times bastante irregulares dentro da competição. O Dimensão Esportiva transmitirá, em áudio, esta partida. O link da transmissão do DE e a equipe de transmissão do duelo, estarão disponíveis ao final desta preleção.


O Golden State Warriors atualmente tem uma campanha de 17-20 (dezessete vitórias e vinte derrotas) e está na décima segunda posição da Conferência Oeste. A temporada dos Warriors é simplesmente uma montanha-russa, pois não só o time não consegue ter o mínimo de consistência, para buscar uma sequência de vitórias, mas também o cenário da equipe contribui para isso. Draymond Green já saiu de sua punição, mas só vai voltar após cumprir o recondicionamento físico. Na semana passada, também saiu a notícia de que Jonathan Kuminga está insatisfeito com Steve Kerr, por conta de seu tempo de jogo. No último jogo da equipe, os Warriors foram atropelados, em casa, pelo New Orleans Pelicans pelo placar de 141 a 105. O péssimo jogo dos Warriors, gerou vaias da torcida, vaias estas que foram assuntos perguntados para Stephen Curry e Klay Thompson.


Curry responde que:

''Honestamente, estou me vaiando. Na minha cabeça, vaiar o nosso time é por causa da forma que estamos jogando. É o nosso trabalho dar-lhes algo para torcer e não estamos fazendo isso.

Curry fez uma declaração forte sobre as atuações do time, ao responder sobre as vaias. Enquanto Klay teve uma reação diferente da do colega de time:


Devo perder meu sono por causa disso?

A resposta de Klay gerou polêmica, e ela mostra como realmente é ruim a situação dos Warriors, que ainda não mostra sinais de reação, mas reação essa, que pode começar no próximo jogo.


Vale lembrar que, de acordo com o jornalista Shams Charania, o Golden State Warriors está colocando todo o elenco disponível para trocas, exceto Stephen Curry. Klay Thompson e Draymond Green também estão disponíveis


O Chicago Bulls atualmente tem uma campanha de 18-21 (dezoito vitórias e vinte e uma derrotas) e está na nona posição da Conferência Leste. Apesar da colocação na tabela, os Bulls estão numa sequência de 3 vitórias seguidas. Vitórias contra Charlotte Hornets (2 vezes) e Houston Rockets. O último jogo, contra Houston, foi até a prorrogação, onde os Bulls venceram 124 a 119, com 30 pts e 8 ast, para Coby White, além do duplo-duplo de Zach LaVine, com 25 pts e 13 reb. Coby White vem mostrando uma bela evolução de seu jogo, melhorando cada vez mais seu arremesso, ganhando confiança e sendo importante para as pretensões do Bulls, nesta temporada.



O que podemos esperar?


Podemos esperar 2 times jogando de maneiras bem diferentes, pois os Warriors contam com o seu jogo acelerado no ataque, que já é marca registrada desse time, com muita agressividade nos arremessos de 3. Os Warriors tem 14.7 bolas de 3 convertidas por jogo (quarto da liga), além de ser o 10° (décimo) em média de pontos por jogo, com 116.8, além de contar com o seu temido ''Terceiro Quarto da Morte'', que sempre foi forte para os Warriors. O time tem 30 pontos de média no terceiro quarto, além de 39.1% de aproveitamento nos 3 pontos. O jogo acelerado dos Warriors, também passa por um jogo coletivo, que é possível de se perceber, pela média de assistências por jogo, sendo a 6ª (sexta) da liga com 28 por jogo. O Golden State Warriors também é um dos melhores da liga em rebotes, com média de 46.3 rebotes por jogo (terceiro da liga).


O jogo acelerado dos Warriors também passa por um jogo coletivo, que é possível de se perceber, pela média de assistências por jogo. O time é o 6° (sexto) da liga, na média de assistências por jogo, com 28. Porém, em contrapartida, o jogo acelerado dos Warriors, também vem gerando muitos Turnovers (perdas de posse). O time tem média de 14.3 turnovers por jogo, sendo apenas o vigésimo quinto no ranking de menos turnovers por jogo. Outro fator que gera problemas aos Warriors, é a sua defesa, que é apenas a vigésima segunda, no ranking de menor média de pontos sofridos, com 117.6 por jogo.


O Chicago Bulls é um time que sempre marca muito duro, então aí já vemos um oposto aos Warriors. O time de Chicago é o 7° (sétimo) com a maior média de roubos de bola, com 8 por jogo, o 13° (décimo terceiro) em média de pontos sofridos por jogo, com 114.7 por jogo a cada 100 posses.


O Bulls também tem outras qualidades, uma delas é o cuidado com a bola. Chicago tem uma média de 11.8 Turnovers por jogo, sendo o 4° (quarto) no ranking de menos Turnovers. Os Bulls também estão em 7° (sétimo), na média de rebotes ofensivos por jogo, com 11.6.


Em contraste com os Warriors, que se destacam pelo jogo coletivo e sempre procuram um jogador livre para o arremesso, os Bulls têm um estilo de jogo mais individualista, com muitas jogadas finalizadas pelo próprio condutor da bola. No entanto, os Bulls ocupam apenas a 27ª (vigésima sétima) posição na liga em média de pontos por jogo, com 109.7, a 26ª (vigésima sexta) em média de bolas de 3 pontos acertadas por jogo, com 11.7, e a 29ª (vigésima nona) em média de assistências por jogo, com 23.7. O desempenho no garrafão será certamente um fator determinante neste jogo, acrescentando mais um elemento ao enredo da partida.



Destaques para a partida:


Bulls

  • Coby White está com médias de 18.5 PPG, 4.5 RPG e 4.9 APG, além de estar numa sequência de 4 jogos seguidos, fazendo +20 pontos. A boa temporada do jogador, lhe rendeu a titularidade na equipe, que segue mesmo com Zach LaVine de volta ao time. White também está com 40.2% de aproveitamento em bolas de 3, além de ter 2 duplos-duplos na temporada.

  • DeMar DeRozan é o jogador mais velho do elenco, mas ainda assim, é o pontuador mais sólido do time, novamente. DeRozan tem médias de 22 PPG, 5.4 APG e 47% de aproveitamento em arremessos de 2 pontos. DeRozan é muito conhecido pelo seu eficiente arremesso de média distância e seu atleticismo, que possibilita bandejas e enterradas acrobáticas. DeMar DeRozan está com a média mais baixa de pontuação, desde que chegou aos Bulls, mas ainda assim, é um jogador primordial para a eficiência ofensiva do time.

  • Alex Caruso sempre é lembrado como um defensor que todo time procura. Um jogador enérgico e que sempre colabora para o time, e nessa temporada ele está com um aproveitamento muito bom nos arremessos. Caruso tem médias de 9.9 PPG, 3.5 RPG, 1.1 SPG e 40.9% de aproveitamento nos 3 pontos. Caruso é importante pra consistência defensiva do time, então é importante para as ambições do Bulls na temporada.


Warriors

  • Stephen Curry tem médias de 26.7 PPG, 4.7 APG, 92.2% nos lances livres e 39.8% nos 3 pts. Curry é simplesmente o maior arremessador da história da NBA, portanto é redundância falar de como ele é peça vital do time. Os Warriors não estão em boa fase, mas se eles ainda tem chance de algo na temporada, essas chances passam pelas mãos de Curry.

  • Jonathan Kuminga tem médias de 12.8 PPG e 4.1 RPG, em 22.8 minutos de média. Steve Kerr enfrentou críticas pela subutilização do jovem de 21 anos, pois Kuminga constantemente mostra seu talento na temporada. Kuminga tem fisicalidade para marcar, tem impulsão para jogar no garrafão, e certamente é um jogador que todo time gostaria de ter.

  • Dario Saric certamente não era um nome que alguém achava que teria destaque nos Warriors. Saric vinha de 2 temporadas bem difíceis, lidando com lesões e pouco tempo de jogo, ele basicamente chegou sem nenhuma expectativa, mas tem se mostrado um jogador eficiente, vindo do banco. Saric tem médias de 10.3 PPG, 5.6 RPG, 39% nos 3 pontos e 87.1% nos lances livres. É uma temporada de redenção para o croata de 29 anos, que é uma das poucas surpresas boas que o Warriors tem na temporada.



Jogadores lesionados (até a publicação deste texto):


Bulls

  • Torrey Craig (lesão no calcanhar- Fora por um período de 4 a 6 semanas)

  • Lonzo Ball (lesão no joelho- Fora da temporada)


Warriors

  • Chris Paul (lesão na mão- Fora)

  • Gary Payton II (lesão no tendão da coxa- Fora)

  • Moses Moody (lesão na panturrilha- Fora)

  • Draymond Green (decisão do técnico- Fora)



Transmissão:


A transmissão no canal do DE inicia a partir das 21h45, com um esquenta trazendo as primeiras informações e o jogo às 22h. Deixe seu like, comente e interaja com a nossa equipe, e claro, compartilhe e se inscreva pra ficar sempre ligado no melhor do Basquete do mundo


Narração: Ian Santana

Comentários: Luciana Vitorino e Renan Camargo




コメント


bottom of page