google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Zerado no Grupo D, Botafogo tem novo revés para a LDU fora de casa e afunda na lanterna do grupo


Com gol sofrido no início da partida, Botafogo tem mais um revés na Copa Libertadores para a LDU fora de casa e tem sua classificação para a próxima fase da competição em cheque.


O jogo em Quito começou compressão total da LDU, que já conseguiu abrir o marcador aos 4 minutos. Após um erro na construção da jogada e na marcação do Botafogo, Estrada passou por Alexander Barbosa, encontrou para Arce que apenas tocou para Alzugaray abrir o marcador para o time de Josep Alcácer no estádio Casa Blanca, e com um público considerável, 1 a 0 para a LDU


O Botafogo não sentiu o gol, e construiu suas jogadas com os homens da linha de frente, Tiquinho Soares e Júnior Santos eram os jogadores que tentavam tirar o Fogão de trás, porém, acabavam ficando em impedimento por conta de uma linha defensiva da LDU que subia e conseguia deixar os atacantes do clube carioca em posição irregular. 


A partir dessa tentativa, as duas equipes passaram a cometer muitos erros de passe e de inversões de jogo, mesmo assim, a LDU conseguia criar jogadas interessantes com Quiñonez e Estupiñan, que participavam boa parte das construções, até que aos 24 minutos do primeiro tempo, Estupiñan fez boa inversão de jogo para Quintero que cruzou na área para Estrada marcar o segundo gol da LDU. Entretanto, com auxílio do VAR, o gol foi invalidado por posição irregular do jogador da LDU.  


A reta final da primeira etapa foi dominada pelos equatorianos, o Botafogo não teve muito poder de reação tirando uma boa chance de Júnior Santos aos 45 minutos do primeiro tempo, a LDU com Piovi criava boas chances, entretanto, faltava capricho no toque final. Arce e Alzugaray que dominavam o lado esquerdo, sufocaram o Botafogo, que assim ficou vulnerável defensivamente nesta ocasião. 


O início do segundo tempo mostrou um Botafogo mais ofensivo, Tchê Tchê entrou no lugar de Danilo Barbosa para um suporte a mais nas construções ofensivas, surgindo então em certo ponto, um efeito imediato, com Jeffinho e Júnior Santos sendo mais perigosos para o gol de Domínguez. Tanto que aos 8 minutos, Luiz Henrique, Jeffinho e Júnior Santos, fizeram boa jogada coletiva, fazendo com que o artilheiro do Fogão invadisse a área, mas finalizando por cima do gol de Domínguez


A LDU passou a ter mais domínio dentro da partida, Jhojan Julio e Sebastián González entraram nas vagas de Estupiñán e Estrada, que faziam boa partida. Intensificando assim o esquema ofensivo da equipe, que inclusive fez com que os comandados por Josep Alcácer pedissem um pênalti aos 17 minutos, após a bola ter batido no braço de Tchê Tchê. No entanto, a equipe de arbitragem não viu como um movimento do jogador do clube da Estrela Solitária.


O jogo passou a ficar mais truncado, Artur Jorge deixou o time do Botafogo mais leve colocando Matheus Nascimento no lugar de Luiz Henrique, que até mesmo em sua primeira oportunidade, havia conquistado um escanteio que na sequência havia sido afastado por Domínguez. O jogo teve muitas faltas e erros nas jogadas, o Botafogo criava as jogadas, mas tinha muita dificuldade no último terço do campo. Enquanto a LDU se defendia e tentava matar o duelo nos contra-ataques, principalmente com Jhojan Julio e Quiñónez.


Com o apito final, a LDU conquistou seus primeiros 3 pontos e ocupa a terceira posição do Grupo D, enquanto o Botafogo segura a lanterna e agora foca na estreia do Brasileirão contra o Cruzeiro no próximo domingo ás 17 horas (horário de Brasília), no estádio do Mineirão.

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page