google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

MLB: Tudo o que você precisa saber sobre o jogo entre Arizona Diamondbacks e Texas - Jogo 4

Atualizado: 28 de nov. de 2023


Foto: Carmem Mandato/ Getty Images


Em partida realizada nesta última segunda-feira, o Texas Rangers superou o Arizona Diamondbacks por 3 a 1, em pleno Chase Field em Phoenix. O confronto demonstrou bastante equilíbrio, em um dia que as defesas cederam poucas oportunidades para os rebatedores. Com o resultado, a equipe texana abriu 2 a 1 na World Series. Hoje teremos o jogo 4 às 20:45 com transmissão do Dimensão Esportiva.


Como foi o jogo 3?


Antes da partida, uma das grandes curiosidades do confronto estava no duelo entre Brandon Pfaadt (Diamondbacks) e Max Scherzer (Rangers) no montinho. O rookie e o veterano, respectivamente, tiveram apresentações medianas, oscilando entre ótimos arremessos e momentos de tensão para os torcedores. O jovem pitcher dos D'backs cedeu em pouco mais de 5 entradas, três corridas, quatro rebatidas e dois walks, números que foram decisivos para a vitória dos visitantes.


Já pelo Texas, o longevo Scherzer, foi o escolhido para arremessar. Foram três entradas bem controladas, com duas rebatidas e dois walks cedidos com um strikeout. Em um dos lances, o experiente jogador contou até com a sorte, com a bola ricocheteando nele mesmo, antes de completar a eliminação. Após se queixar de dores, Max teve que deixar o jogo. Assumindo com muita efetividade, Jon Gray arremessou as três entradas seguintes e cedeu apenas uma rebatida. Josh Sborz, Aroldis Chapman (apresentando sua tradicional bola de 100 milhas) e LeClerc arremessaram uma entrada cada para confirmar a vitória dos Rangers.


O jogo 3 não se desenrolou como Arizona havia planejado, gerando poucas rebatidas e roubos de base, os D'backs não conseguiram pôr em prática o seu jogo "serpente", cercando e aniquilando o adversário, como apresentou diante de Phillies. Para o jogo 4, o avanço de bases será fundamental para os Diamondbacks apoiarem seu estilo, já que tem contado com poucas rebatidas de potência.


O que esperar do jogo 4?

O possível duelo no montinho para o quarto confronto será entre Andrew Heaney (confirmado) e Joe Mantiply.


Heaney apresenta os seguintes números desta temporada: 10-6, 4.15 ERA, 147 1/3 innings, 151 strikeouts, 1.38 WHIP. Já, Mantiply, pelos Diamondbacks apresentou o seguinte rendimento: 38-27, 4.22 ERA, 595 innings, 586 strikeouts, 1.30 WHIP.


Embora Heaney tenha começado a temporada como um dos integrantes de bullpen dos Rangers, chegando a jogar na sexta entrada em seis de suas primeiras 10 partidas, o pitcher foi perdendo espaço em Agosto. É improvável que ele jogue mais de quatro entradas, e isso sendo otimista. Para essa partida, há uma tendência do Diamondbacks atuarem com um jogo de bullpen.


Um duelo interessante


Uma curiosidade preocupante para os Rangers é que Christian Walker encontrou Heaney três vezes em sua carreira. E nestes duelos, o rabatedor anotou dois home runs contra o pitcher. Apesar de ter apresentado bons números na temporada regular, Walker não tem sido um fator determinante na maior parte da pós-temporada e não tem representado uma grande preocupação para o Texas. Corbin Carrol, por outro lado, tem sido o grande nome do Arizona nesta temporada, porém contra os Rangers tem sido pouco efetivo e com dificuldade para ganhar bases.


Onde assistir?


O jogo 4 da World Series acontece às 20h45 com transmissão do Dimensão Esportiva, no YouTube (play abaixo), Facebook, Twitter/X, Twitch e Trovo.


Narração: Thiago Ramos

Comentários: Luis Martinelli, Renan Camargo e Rafael Araújo

Técnica: Luis Martinelli

Link: https://www.youtube.com/watch?v=YKm9jvfsMtw



3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page