google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Surfe: Filipinho é tricampeão na África do Sul e carimba vaga em Paris

Brasileiro sobrou na final contra o australiano Ethan Ewing em J-Bay


Foto: Divulgação/Twitter WSL Brasil.

Atual líder do ranking, o surfista brasileiro Filipe Toledo faturou o tricampeonato na etapa de Jeffrey”s Bay, a penúltima do circuito mundial antes da disputa do título da WSL Finals, em setembro, na Califórnia (Estados Unidos). Ele sobrou na final contra o australiano Ethan Ewing, com nota 18.76 contra 12.60 do vice-líder do circuito. Os dois primeiros títulos de Filipinho em J-Bay foram em 2017 e 2018. Atual campeão mundial, o paulista de Ubatuba teve mesmo muito o que comemorar nesta quarta-feira (19). Antes da disputa do título, Filipinho venceu na semi o japonês Kanoa Igarash e, de quebra, assegurou a primeira vaga olímpica masculina para o Brasil nos Jogos de Paris 2024. Ele não pode ser mais alcançado por outros compatriotas - João ‘Chumbinho” Chianca (4º no ranking), Yago Dora (5º) e Gabriel Medina (6º) seguem lutando pela outra vaga. No surfe feminino, a gaúcha Tatiana Weston Webb já está garantida em Paris: ele carimbou a vaga em abril.

Na terça (18), Filipinho já garantira de forma antecipada a classificação à WSL Finals, ao avançar às quartas, superando o indonésio Rio Waida. Apenas os cinco primeiros colocados em cada gênero disputarão a fase decisiva que garante aos vencedores o título mundial de 2023. A WSL Finals será em Long Trestles, na Califórnia (EUA), entre 8 e 16 de setembro. A final feminina foi disputada na terça (18): a norte-americana Lakey Peterson levou a melhor sobre a australiana Molly Picklum, ao somar 14.77 contra 13.50, respectivamente. A 10ª e última etapa regular da WSL (sigla em inglês para Liga Mundial de Surfe) será no Taiti, de 11 a 20 de agosto.



Com informações da Agência Brasil

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page