google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

RODADA 10: Corinthians segue ladeira abaixo, equipes do topo tropeçam e o Atlético-MG assume a vice

Mais uma derrota para o alvinegro paulista na rodada que surpreendeu a todos com as zebras soltas nas partidas deste final de semana, sendo só o Galo aquele que soube aproveitar os deslizes dos adversários


Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.



A situação do Corinthians não está nada agradável ultimamente no campeonato brasileiro e isso vem se agravando cada vez mais no decorrer das rodadas, o que já começa a preocupar os torcedores do timão. O time paulista contou com mais uma derrota na tarde deste domingo (13), para o Fluminense, no Maracanã, e caiu na tabela se aproximando zona de rebaixamento do campeonato.

O jogo mau havia começado e logo aos 4’ minutos o volante Gabriel levou o primeiro amarelo da partida, e isso serviu para mostrar o quão desastrosa seria a tarde para a equipe do treinador interino Dyego Coelho, que viu seu time ser muito pressionado pelo Fluminense e cedendo o gol aos 8’ da primeira etapa, em jogada de Calegari que recebeu na ponta direita e cruzou para Nenê abrir o placar do jogo. O tricolor carioca dominou o primeiro tempo quase que por completo, chegando a 80% de posse de bola.

A partida seguiu com domínio do Flu que não sentiu nenhuma reação por parte da equipe paulista e foi levando o jogo em busca do segundo gol para decretar a vitória e levar os três pontos, mas o gol só saiu aos 43’ do segundo tempo, em um pênalti cometido pelo zagueiro Bruno Mendéz que foi travar um chute e viu a bola pegando em sua mão. O juiz anotou e Nenê novamente marcou para o Fluminense abrir vantagem e ficar ainda mais tranquilo em campo, e foi nessa relaxada que o Corinthians conseguiu chegar ao seu gol, já aos 49’, com Mateus Vital, mas não foi o suficiente para conseguir uma reação já que o árbitro Bráulio da Silva Machado apitou o fim do jogo logo em seguida.


O GALO APROVEITADOR


Foto: Pedro Souza / Agência Galo / Atlético


O Atlético-MG foi um dos únicos a somar três pontos no topo da tabela, e ganhou a vice liderança como prêmio por saber aproveitar os tropeços das equipes que estão na disputa pelo título. O jogo rolou na noite deste domingo, no Mineirão, contra a equipe do Bragantino que é o ais novo time a assumir a lanterna da competição.

O jogo começou meio morno e sem tantas chances para os times, mas a equipe mineira abriu o placar aos 28’ do primeiro tempo, num escanteio de Arana para o zagueiro Réver. Depois do primeiro gol a partida esquentou e ficou mais intensa com chances para os dois lados, onde a equipe do interior de São Paulo aproveitou o momento e logo aos 3’ minutos do segundo tempo empatou com Alerrandro, que aproveitou o rebote na trave.

Como a partida esquentou o Galo foi para cima e aos 16’ Keno sofreu pênalti, que foi cobrado por Sasha, mas o goleiro Júlio César defendeu a cobrança mal feita. O Atlético-MG só conseguiu chegar ao gol da vitória em um chute de Savarino no minuto 41’ da etapa final, garantindo os três pontos para a equipe mineira que assumiu a segunda colocação e se aproximou do Internacional.


OS TROPEÇOS DA RODADA

Muitos foram os times que perderam a chance de se aproximar do líder Internacional, inclusive o mesmo Internacional perdeu a chance de se distanciar dos adversários na tabela. O inter enfrentou o Goiás fora de casa, mas logo aos 2’ minutos do primeiro tempo o colorado ficou em vantagem no números de jogadores, pois o VAR pegou um carrinho de risco do jogador Jefferson, que foi expulso depois da revisão do árbitro. Mesmo em desvantagem o Goiás soube aproveitar bate e rebate na área da equipe do Sul e Vinicius, aos 45’ do primeiro tempo, fez o único gol do jogo.


Foto: Ricardo Duarte


O Flamengo foi outro que perdeu fora de casa, para a equipe do Ceará, o jogo foi no Castelão e o Vozão conseguiu uma ótima vitória por 2 a 0 contra a equipe rubro negra. Os gols saíram somente na segunda etapa do jogo e foram marcados por Luiz Otávio aos 4’ minutos, aproveitando escanteio, e por Charles aos 10’, acertando o chute de uma bola que veio em cruzamento da direita.

Palmeiras que também era um candidato aos três pontos, ficou apenas no empate de 2 a 2, contra o Sport Recife. O duelo rolou no Allianz Parque e os gols foram marcados por Iago Maidana, de pênalti logo aos 12’ do primeiro tempo, que abriu o placar do jogo para a equipe nordestina, Willian bigode empatou aos 29’ e Zé Rafael virou aos 42’, mas Lucas André deixou tudo igual aos 19’ da segunda etapa e decretou o placar final do jogo.

O último da série dos deslizes foi o São Paulo, que na noite de sábado (12), diante do Santos na Vila Belmiro, começou o jogo bem e na frente do placar com gol de Gabriel, logo aos 8’ da primeira etapa da partida, mas Madson aos 30’, empatou para o peixe, que não conseguiu segurar o placar por muito tempo, já que aos 38’ novamente o meio-campista Gabriel botou o tricolor à frente do placar. O jogo seguiu bem disputado e tudo caminhava para mais uma vitória do soberano, mas nos acréscimos do segundo tempo, Marinho conta com ajudinha do goleiro Tiago Volpi e faz um golaço de falta, empatando o clássico e dando um ponto para cada equipe.

RESULTADOS DA RODADA:

Sábado 12/09:

Athletico-PR 1 x 0 Coritiba

Santos 2 x 2 São Paulo

Domingo 13/09:

Grêmio 1 x 1 Fortaleza

Fluminense 2 x 1 Corinthians

Bahia 0 x 1 Atlético-GO

Goiás 1 x 0 Internacional

Ceará SC 2 x 0 Flamengo

Atlético-MG 2 x 1 Bragantino

Palmeiras 2 x 2 Sport Recife

Botafogo 2 x 3 Vasco

57 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page