google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Piscou, Perdeu: Ana Patricia e Rebecca vencem quenianas em meia hora de partida.


Ana Patrícia e Rebecca jogam descontraídas contra Quênia em sua estreia nas olímpiadas Tóquio 2020. Foto: Míriam Jeske

Noite do domingo (25) no Shiokaze Park, entraram em jogo Ana Patrícia e Rebecca do Brasil, e Gaudencin Makokha e Brackcides Khadambi do Quênia. 31 minutos depois, ambas as duplas já arrumavam suas coisas para sair da arena. Brasil vence por 2 a 0 (21/15 e 21/9)


Muito difícil para a seleção africana, o vôlei de praia do Brasil começou a partida a todo vapor. O set se encaminhou com vantagem brasileira até o seu décimo quinto ponto, quando a dupla verde e amarelo optou por utilizar o duelo como treino para novas táticas, o que gerou alguns erros de execução em alguns pontos para as quenianas.


Com a segurança de Ana Patrícia na rede e a ousadia de Rebecca nos saques, o set terminou 21 a 15 para o Brasil.


Após o intervalo, Makokha e Khadambi entenderam o tamanho do nível competitivo que estavam enfrentando. Com jogadas totalmente previsíveis do Quênia, as brasileiras deitaram no jogo, com destaque aos 4 bloqueios de Ana Patrícia, e finalizaram o jogo sem deixar as adversárias chegarem no segundo dígito, 25 a 9.


Com essa vitória, o Brasil manteve 100% de aproveitamento somando todas as quatro duplas de vôlei de praia (8 sets vencidos e apenas 1 perdido). E os próximos confrontos da seleção já estão definidos para terça-feira (27) às 00:00h, 3:00h e 10:00h com Alison/Alvaro Filho; Evandro/Bruno Schimdt; Agatha/Duda, respectivamente.

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page