google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

OPINIÃO: 'RESPEITA AS MINA!'

Atualizado: 22 de jul. de 2023


Reprodução: @seleçãofemininadefutebol.


Respeitar: verbo transitivo direto, ter respeito, deferência por alguém ou algo, ter em consideração.


'Respeita as mina' uma campanha que foi marco com a equipe feminina do Corinthians, que mais que uma campanha, é um aviso de obviedade, respeitem as meninas, respeitem o futebol feminino.


Em 2023, falar de respeito com a modalidade não deveria ser um problema, já que todos, no mínimo, deveriam parar de se incomodar com o fato de mulheres jogarem profissionalmente, mas, ainda existem pessoas que não satisfeitas em não gostar, precisam derramar ódio sobre a modalidade.


Por que falo isso? Bem, é de conhecimento público que a CazéTV é dona dos direitos de transmissão da Copa e, justo na estreia, teve que fechar o seu chat por causa de comentários misóginos e isso é assustador em vários níveis.


O que te leva a acordar às 4h da manhã com o único intuito de proferir insultos a pessoas que estão apenas fazendo o que amam? Seria apenas as frustações de um "machão" que se sente menos homem porque mulheres fizeram algo que ele, homem, foi incapaz de fazer?


Em 1986, as práticas de futebol para as mulheres finalmente foram liberadas, mas, a mesma mentalidade retrograda daqueles que proibiram em 1965, seguiram até os dias de hoje, muito provavelmente movidos e motivados pelo medo e pela certeza de que uma mulher pode fazer melhor que eles.


Quem coordena e prática esses ataques não odeia a modalidade em si, odeia as mulheres. Para eles, uma mulher é um objeto, uma serviçal, algo descartável. Esse fato é advindo do Brasil ser um país altamente machista, falso moralista, arcaico, e quando se trata do público masculino, violento, homicida e desrespeitoso.


Antes de que venham com papo de "Nem todo homem", lembremos, isso é um critica a quem despeja ódio sobre a modalidade, qualquer tipo de relativismo, é só uma alerta para você rever seus conceitos caso se sinta tocado ou atingido sobre esse texto.


Você pode até achar as goleiras ruins, o nível técnico fraco, um jogo menos físico, todos mantras mentirosos e repetidos para disfarçar ódio ou desinteresse, mas não precisa se postar ao ridículo de repetir as falas como se você fosse um robô.


E a grande verdade é que todas essas falas são mentiras deslavadas. Assim como no futebol de homens, existem boas e más goleiras, boas e más equipes e a intensidade do jogo depende do ritmo das equipes.


O esporte continua sendo o mesmo, com a única mudança sendo realmente o sexo das praticantes, deixando uma indagação: você realmente gosta de futebol, ou só gosta de ver 22 homens correndo? Digo isso, porque todos os argumentos apresentados por essa galera são facilmente rebatíveis, restando apenas, o sexo de quem joga.


Com motivos plausíveis, ninguém vai te julgar por não gostar da categoria, é uma escolha pessoal, não precisa se envergonhar, agora, a partir do momento que o seu não gostar, vira um discurso chato e batido e derrama raiva sobre quem gosta, isso sim é motivo de vergonha.


Por favor também parem com discursos politiqueiros de "Ain o feminismo está empurrando o futebol feminino nas pessoas", o mundo apenas evoluí e as pessoas que não acompanham ficam amarguradas, mas, se o progresso te incomoda, vai para uma caverna fazer fogo com gravetos.


Ninguém, absolutamente ninguém te obriga a assistir ou gostar do esporte, você pode apenas ignorar a existência da modalidade e ser feliz, é o melhor para todos, poupa não só o seu tempo, mas também a sua pessoa de passar vergonha.


Há aqueles que insistem no caminho da raiva e eu deixo mais uma indagação: se alguém todo dia se dedicasse a falar mal do seu emprego e do seu serviço todos os dias na internet, você gostaria?


Aprendam a viver em sociedade, respeitem a profissão e o gosto do próximo, busque evoluir, entenda que o mundo cresce, o mundo muda, e se você ficar estagnado com pensamentos do século XIX, você será só mais um marmanjo amargurado no mundo.


Assista o que você quer assistir, mas respeite a opinião dos outros. O respeito e é a chave para muitas coisas, e saiba que quanto mais você que fala mal da modalidade, mais ela cresce. A sua postura ridícula de raiva doentia só traz mais fãs, que talvez vendo você passar vergonha, façam eles fazerem uma autocrítica e reavaliarem o esporte.


No mais, escrevo isso mais como um desabafo e espero ter passado toda a ideia que desejava. Meu profundo respeito e admiração para quem cobre essa parte do esporte, mesmo sabendo de todo o burro preconceito e dificuldades dele.


Para finalizar, boa sorte as nossas guerreiras, que o título finalmente seja nosso, e para quem insiste em achar ruim, temos uma resposta: RESPEITA AS MINA!



*As opiniões aqui emitidas são de total responsabilidade de seus autores e não necessariamente refletem a opinião do Dimensão Esportiva.

21 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page