google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

OPINIÃO: quais os limites da relação entre imprensa, clubes e seus torcedores?

Foto: Divulgação/Ceará SC

Que às vezes a relação entre imprensa e clubes/torcida é instável até demais, passando longe de ser uma relação "entre tapas e beijos", isso eu e você, que está lendo esse artigo já sabemos. Basta por exemplo, atentar para o que vem acontecendo nas últimas horas: o desgaste da já estremecida relação entre Ceará Sporting Club e órgãos de imprensa radicados no estado.


Bem, pra você que está por fora da situação e está se perguntando: "Mas Hudson, o que rolou?" Vou lhe explicar. Tudo começou quando a TV Jangadeiro, afiliada cearense do SBT passou a exibir a chamada para a partida entre Fortaleza e LDU, final da Sul-Americana, disputada no próximo sábado (28). Até aí, tudo bem. E somente até aí... A chamada acabou viralizando, para os dois lados: seja ele alvinegro ou tricolor.


A repercussão no lado leonino, foi positiva. Já no lado alvinegro, ela passou longe de ser a melhor. Passou um tempo, e o Ceará postou em sua conta no Twitter, uma nota de repúdio para a chamada ( que detalhe: foi feita pela rede, e não pela Jangadeiro). Daí em diante, as críticas do lado preto e branco da cidade foram enormes. E sem nenhuma razão.


Na nota divulgada pelo Alvinegro de Porangabussu, o pretexto é: enaltecer um clube, em detrimento do outro. E quem viu a chamada, e levando em conta uma série de fatores, sabe que não é bem assim que as coisas funcionam.


O primeiro deles, é o seguinte: o jogo é do arquirrival do Ceará, o Fortaleza. Logo, não teria sentido, nem nexo o time se meter numa chamada "em que não lhe compete". O segundo deles e o mais agudo, é a desastrosa temporada de 2023, com raríssimos lampejos, do Alvinegro de Porangabussu. Apesar do tricampeonato da Copa do Nordeste, o Vozão faz uma campanha pavorosa na Série B do Campeonato Brasileiro.


Para ter noção, o Ceará não vence há exatos seis jogos (4 derrotas e 2 empates), em 11° com 43 pontos. E a situação alvinegra poderia sim, estar bem mais crítica. Faltando 5 rodadas para o fim da Série B, o Ceará tem uma distância de 10 pontos para o Z4, e se não fosse a incompetência de seus concorrentes, essa distância estaria bem menor.


Encerro esse artigo com alguns questionamentos que gritam por resposta: O time está mal das pernas na Série B, e a culpa é da imprensa? Até onde vai a doentia mania de perseguição aos profissionais do estado? A diretoria do Ceará necessita rever esses conceitos. Não adianta e não há cabimento querer descontar na imprensa a culpa dos fracassos em um ano desastroso, e também não adianta reclamar se os veículos tomarem a iniciativa de um boicote.


*As opiniões expressas aqui são de total responsabilidade de seus autores e não necessariamente refletem a opinião do Dimensão Esportiva




14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page