google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

OPINIÃO: Por que o futebol Árabe atrai tantas estrelas?

Mercado do Oriente Médio tem atraído nos últimos tempos diversas estrelas com história consolidada na Europa.


Foto: Divulgação/Instagram ittihadclub.sa

Nos últimos tempos, vivenciamos a mudança estrutural do mercado da bola, Cristiano Ronaldo no Al-Nassr da Arábia Saudita, Kanté e Benzema rumando para o Al-Ittihad, dentre tantos e tantos jogadores indo para a terra do petróleo.


A impressão que temos é que as ligas europeias estão "perdendo a graça", mas é muito importante ressaltar que o futebol europeu tem se renovado naturalmente, investindo em jovens promessas que temos aqui na América Latina, vale lembrar do Benfica que contratou jogadores por baixo valor e foram revendidos por milhões de Euros, Enzo Fernández, por exemplo, chegou em Portugal por 10 milhões de euros e depois foi revendidos por 121 milhões de euros ao Chelsea.


Voltando aos Árabes, eles tem um projeto visando atrair jogadores medalhões já consagrados mundialmente para trazer visibilidade global esportiva para o continente, o que gera cada vez mais renda e notoriedade para os clubes que muitas das vezes são considerados "azarões" em competições internacionais, como o Mundial de clubes, por exemplo.


Muito além de visibilidade, a Liga Árabe é uma ação governamental, indo na contramão de diversos investidores que optaram por investir em clubes europeus. Até onde sabemos, o projeto prevê uma injeção de 1 bilhão de euros destinados para a contratação de atletas e comissões técnicas, onde com toda essa estrutura tem como principal objetivo, ser a sede da Copa do Mundo de 2030.



*As opiniões aqui emitidas são de total responsabilidade dos seus autores, e não necessariamente refletem a opinião do Dimensão Esportiva.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page