google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

OPINIÃO: Lakers acerta em renovar com Anthony Davis?


Foto: Divulgação/Instagram Los Angeles Lakers

Não é nenhuma novidade que o Lakers fez uma grande Free Agency, trazendo jogadores como Gabe Vincent e Taurean Prince, além de renovar com peças primordiais da campanha de vice campeão da Conferência Oeste, como Austin Reaves, Rui Hachimura, Jarred Vanderbilt e D'Angelo Russell. Por isso, muitos analistas concordam que a franquia angelina foi uma das "campeãs" da FA.


Agora, o Lakers acerta a permanência de um dos pilares do time, o pivô Anthony Davis acaba de fechar o maior contrato da história da NBA — superando Jaylen Brown, do rival Boston Celtics. AD agora tem garantido um acordo de 3 anos, recebendo 62mi de dólares (300mi de reais) por temporada.


Fica muito claro que o Lakers foi pro tudo ou nada para garantir a permanência do número 3 da equipe. Mas algo ronda a mente dos fãs: Vale a pena pagar tanto pra mantê-lo na equipe?


Analisando as movimentações da temporada, fica claro que a intenção da franquia é repetir o ocorrido de 2020, quando foram campeões da NBA, tendo em Davis e LeBron seu principal arsenal, cercado de bons e ótimos roleplayers. Portanto, sendo esse o pensamento, a direção sabia que não podia se dar ao luxo de perder um seus principais

jogadores, ou jogaria o planejamento todo por água abaixo.


Além disso, o alto custo do contrato se dá por um mercado superinflacionado desde a troca de Rudy Gobert para o Timberwolves (vide o próprio contrato de Jaylen Brown). Então, analisando secamente o contexto do mercado e do jogador, não é uma quantia fora da realidade do nível e importância do pivô da equipe angelina. Afinal, a tarefa de ser o principal jogador de uma das maiores franquias da NBA será dele em pouco tempo, e um jogador assim nunca sairia barato.


Mas que Anthony Davis é um ótimo jogador, é inquestionável. Porém, o jogador tem recorrentes problemas de lesão que podem dar uma dor de cabeça para a direção do Lakers. Quando AD joga saudável, ele joga em prateleira de MVP. Contudo, para um atleta que tem grande histórico de lesão e perde muitos jogos por temporada, como vão ser as próximas três?


Claro, se a equipe de Los Angeles conseguir manter Davis em seu auge físico será, sem dúvidas, o maior reforço de toda a NBA nessa temporada. Afinal, não podemos subestimar AD e ele deixou isso bem claro com seus 22 ppj e 14 rpj nos playoffs.


Portanto, por um lado, o Lakers mantém um ídolo da franquia que ainda está em alto nível por 3 anos e segura seu planejamento. Por outro, arrisca seu cap space com um jogador que pode desfalcar a equipe em momentos importantes. Não pode-se agora tirar conclusões precipitadas e apenas o tempo dirá se valeu a pena esse investimento. O que é garantido é: Lakers vem forte para a próxima temporada, e quem ganha com isso é o basquete.



*As opiniões aqui emitidas, são de total responsabilidade de seus autores, e não necessariamente refletem a opinião do Dimensão Esportiva.

18 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page