google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

OPINIÃO: Jrue Holiday precisa ser mais respeitado


Reprodução: Kyle Ross/USA TODAY Sports.

Jrue Holiday é um armador estadunidense de 33 anos, que atualmente joga pelo Boston Celtics na NBA. O veterano chegou ao Celtics nessa temporada, após 3 temporadas no Milwaukee Bucks, onde foi campeão da NBA, na temporada de 2021-22. Hoje irei falar do armador, que na atual temporada, tem médias de 13.3 pontos, 6.3 rebotes e 4.6 assistências por jogo, além de 42% de aproveitamento nos três pontos, que é o melhor aproveitamento dele do perímetro, na carreira toda.


Holiday nasceu em Los Angeles, que foi onde então começou sua carreira, jogando pelo High School de Campbell Hall e por UCLA, no College Basketball. Jrue ficou apenas uma temporada em UCLA, tendo médias de 8.5 pontos, 3.7 assistências e 1.6 roubos por jogo. Holiday desde cedo, mostrava impacto defensivo, sempre com mãos ativas para gerar Turnovers aos adversários, Holiday que tinha ao seu lado em UCLA, Darren Collison, que ficou 4 anos na universidade e é uma lenda reconhecida de UCLA Bruins.


Ao final da temporada 2008-09 do College, Jrue Holiday se declarou para o NBA Draft e foi draftado na escolha 17, pelo Philadelphia 76ers, onde permaneceu por quatro temporadas e conseguiu uma seleção ao All-Star Game, na temporada de 2012-13. Holiday chegou em Philadelphia, para iniciar uma reconstrução completa, mas na sua temporada de novato, ele ainda não tinha uma minutagem de titular, 24,2 minutos em quadra por jogo, e estava sendo lapidado para evoluir. Ao final da temporada 2009-10, ele teve médias de 8 pontos, 3.8 assistências e 1.1 roubos por jogo, mas ele mostrava seu potencial de ser influente nos dois lados da quadra.


Entre 2010 e 2013, Holiday assumiu a titularidade nos Sixers, construindo sua carreira de pouco em pouco. No Sixers, chegou duas vezes aos playoffs, tendo grandes atuações. No dia 5 de Novembro de 2010, ele fez 29 pontos contra o Cleveland Cavaliers, sendo até então sua pontuação mais alta da carreira, em um jogo. No dia 2 de Fevereiro de 2011, Holiday fez seu primeiro triplo-duplo da carreira, contra o New Jersey Nets. Ele anotou 11 pontos, 10 rebotes e 11 assistências, já mostrando como também é um jogador bastante voluntarioso, mas na temporada em questão (2010-11), Jrue teve médias de 14 pontos, 6.5 assistências, 4 rebotes e 1.5 roubos por jogo. No dia 17 de Março de 2012, contra o Chicago Bulls, Jrue fez 30 pontos e bateu sua maior marca de pontos na carreira. Mas a temporada de 2012-13, foi quando Jrue mostrou todo seu potencial, tendo 3 jogos para 33 ou mais pontos na temporada e registrou seu segundo triplo-duplo da carreira, com 16 pontos, 10 rebotes e 10 assistências, no dia 25 de Novembro de 2012, contra o Phoenix Suns. Sua temporada com médias de 17.7 pontos, 8 assistências, 4.2 rebotes e 1.6 roubos por jogo, levou ele ao All-Star Game, que foi jogado em Houston naquele ano.


Em Julho de 2013, poucos dias após o draft, Jrue Holiday foi trocado para o New Orleans Pelicans por Nerlens Noel e uma escolha de primeira rodada dos Pelicans, no draft de 2014. As 3 primeiras temporadas de Jrue em New Orleans, foram complicadas, pois Holiday teve as temporadas encurtadas devido à lesões, mas foi em 2016, que Holiday teve o maior desafio de sua vida. Sua esposa, Lauren Holiday, foi diagnosticada com um tumor cerebral, no meio do seu período de gestação da filha do casal. Jrue pausou sua carreira para poder cuidar da esposa e de sua futura filha, uma decisão que foi muito apoiada pelos próprios torcedores dos Pelicans, mesmo sabendo do potencial risco de Holiday perder partidas, porém o jogador mostrou que também é uma pessoa muito compromissada com sua vida fora das quadras. No final de tudo, felicidade, pois a filha deles, Jrue Tyler Holiday nasceu. Com tudo superado e normalizado, Jrue Holiday voltou para a NBA no dia 18 de Novembro de 2016, sendo aclamado pelos torcedores que o apoiaram também no momento difícil.


Jrue Holiday teve 3 temporadas ainda muito sólidas nos Pelicans, chegando na sua melhor fase da carreira, inclusive tendo média de 21.2 pontos por jogo, na temporada 2018-19. Jrue era o líder do time nos vestiários, liderança que era muito respeitada dentro e fora da quadra, mas na temporada 2019-20, Holiday se viu em mais um processo de reconstrução, agora como um veterano. Holiday seria trocado antes do início da temporada de 2021/22, saindo do time que o abraçou no momento mais difícil, e que também foi onde ficou por mais tempo na sua carreira, foram 7 anos de serviços prestados aos Pelicans.


No dia 24 de Novembro de 2020, Jrue Holiday chegou ao Milwaukee Bucks em uma troca envolvendo quatro times e Holiday chegaria principalmente para ser o alicerce do time na defesa de perímetro. Suas seguidas seleções para os times de defesa da liga (nessa época ele tinha 2 seleções, em 2018 ele foi selecionado para o primeiro time e em 2019, para o segundo time), mostram muito bem como Jrue é um leão na defesa, mas também viria a ser um ajudante para o time no ataque, nos arremessos de três.


Jrue Holiday foi essencial para o título dos Bucks, logo na sua primeira temporada com o time e ele teve seus momentos onde precisou liderar o time, como o jogo seis contra o Atlanta Hawks, que foi o jogo que Giannis Antetokounmpo saiu machucado e Jrue foi protagonista da partida, com 27 pontos, nove rebotes e nove assistências, para guiar o time rumo as finais da NBA, com o Bucks vencendo a série por 4 a 2. No jogo cinco das finais daquele ano, contra os Suns, Holiday fez 27 pontos, 13 assistências, quatro rebotes e o roubo de bola em cima de Devin Booker, que gerou o contra-ataque e ponte aérea para Giannis, botando ponto final naquele jogo e colocando os Bucks a 1 jogo de ser campeão da NBA. Após 50 anos de jejum, os Bucks venceram a série por 4 a 2, e o título da NBA e Holiday pôde, enfim, receber seu anel de campeão.


Holiday permaneceu por mais duas temporadas em Milwaukee, fechando 2023 como primeiro time de defesa da liga, pela terceira vez na carreira, além de ir para o segundo time em 2022. As 5 indicações de Jrue para as seleções de defesa da liga, mostram como ele comprovadamente é um defensor de elite que todo mundo quer no seu time. Mas ainda na temporada de 2022-23, Jrue foi indicado para o All-Star Game pela segunda vez na carreira, ele que teve médias de 19.3 pontos, 7.4 assistências e 5.1 rebotes por jogo, na temporada, mas o fiasco dos Bucks nos playoffs, ao ser eliminado pelo então oitavo colocado, Miami Heat e o desempenho defensivo de Holiday marcando Jimmy Butler, renderam muitas críticas, fazendo com que o Bucks olhasse o mercado afim de melhorar seu poderio ofensivo e nisso potencialmente trocar Jrue Holiday.


Jrue foi trocado para o Portland Trail Blazers no negócio envolvendo Damian Lillard, mas quatro dias depois, Holiday foi trocado para o Boston Celtics, que buscavam um novo nome para suprir a lacuna deixada pela saída de Marcus Smart. Holiday passou por uma adaptação gradual ao novo time, já que ele jogaria num time que marca diferente dos Bucks, então ele não necessariamente precisa jogar fazendo dobras ou se movimentar hiperativamente na quadra. E, de pouco em pouco, Holiday foi se encaixando na defesa de Boston e também mostrando que de fato ele pode marcar qualquer um da liga, além de ser extremamente ávido pela posse de bola, lutando por bolas vivas e disputando rebotes. Rebotes que vem sendo uma ótima virtude para Jrue em Boston, são 6.3 rebotes por jogo, a maior média carreira em rebotes, além disso, Jrue Holiday também conta com um eficiente arremesso do Corner, com 60% de aproveitamento de arremessos pra três da zona morta. Holiday também tem 1.8 em Defensive Win Shares (estatística que mede o número de vitórias conquistadas por uma equipe, em virtude da performance do jogador na defesa), nessa temporada.


Jrue Holiday é um jogador incrível e uma pessoa incrível, seu anel de NBA foi merecidíssimo e o time que tem Jrue em seu elenco, está privilegiado por ter alguém que se entrega totalmente em quadra e mostra um espírito de liderança latente para seus times, sendo útil para qualquer time que quer ser campeão um dia.


Este foi meu texto de hoje, sou o Ewerton Moreira e toda semana irei escrever algo sobre essa liga amada por tantos. Siga o Dimensão MVP para notícias de NBA, NFL, MLB e muito mais: @DimensaoMVP no X e @dimensao.mvp no Instagram. Até a próxima!



*A opinião aqui emitida, é de total responsabilidade do autor e não necessariamente reflete a opinião do Dimensão Esportiva.

205 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page