google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

ON FIRE! Palmeiras goleia Liverpool do Uruguai no Centenário e garante a liderança isolada do grupo F.

Com show de Raphael Veiga, Palmeiras vence e convence fora de casa contra o Liverpool e se isola na liderança do Grupo F com muita autoridade.

O estádio Centenário teve um início muito bem postado do Palmeiras, que pressionou com Raphael Veiga e Endrick muito participativos. Pelo lado do Liverpool, o clube uruguaio até chegou a fazer 1 a 0 no marcador em um contra-ataque bem montado, porém foi assinalado impedimento.


Como foi o jogo?


O Palmeiras procurava espaços na defesa do Liverpool que até achava os espaços entre a linha defensiva e o meio de campo, porém faltava qualidade no último toque. Endrick e Estevão deram trabalho para a defesa do Liverpool, que eram cautelosa e tentavam surpreender no contra-ataque, porém, o Palmeiras congestionou o meio de campo e recuperava a bola com facilidade. 


Gabriel Menino, Lázaro e Estevão comandava as construções no meio de campo e procuravam espaços na defesa do Liverpool, entretanto, na melhor jogada da partida, Raphael Veiga pegou uma sobra do bate-rebate na entrada da área do Liverpool e chutou forte de primeira, a bola explodiu no travessão na melhor chance do Palmeiras na partida. O volume de jogo deixou o clube brasileiro mais a vontade na partida, que foi controlando a posse de bola, mas ainda faltando mais efetividade na conclusão. 


O Palmeiras voltou a assustar, aos 23 minutos, Endrick recebeu boa bola lançada e na intermediária dividiu com o goleiro Lentinelly que não pode fazer nada e teve sua reza atendida com a bola saindo pra fora, os comandados por Abel Ferreira ficavam em cima do Liverpool, que em quase meia-hora de jogo, criaram boas jogadas, Estevão depois de jogada de Píquerez acabou pegando muito mal e isolou, os trinta primeiros minutos, o Palmeiras chegava com chance de boa conclusão, mas faltava o toque final. 


O Liverpool respondeu em contra-ataque, Amaro ganhou em disputa com Gustavo Gómez e acelerou para a linha de fundo, no cruzamento Marcos Rocha cortou e aliviou o Palmeiras que sofria muito pouco até então. Os uruguaios subiram as suas linhas e depois criaram outras duas grandes oportunidades em transição de jogadas, Diego Garcia e Barrios chutaram com perigo fazendo o Weverton ter que trabalhar na reta final da primeira etapa. 


Aos 38 minutos, o Palmeiras voltou a assustar com Estevão que em um chute despretensioso ao ver Lentinelly adiantado, acabou mandando para fora, mas dando um aviso para o time uruguaio que os brasileiros estavam buscando o gol nas mínimas oportunidades. 


Bem aos 44 minutos, o Palmeiras chegou ao que tanto queria, a vantagem na partida, e em boa jogada coletiva, Marcos Rocha encontra bola enfiada para Raphael Veiga, que chutou forte de pé direito para abrir o marcador, 1 a 0 para o Palmeiras


Na segunda etapa, o Palmeiras começou mais ativo, conseguia chegar no sistema defensivo do Liverpool mas faltava a conclusão. E foi o time uruguaio quem abriu os trabalhos, já que Luciano Rodríguez em cobrança de falta perigosa, chutou forte e fez o Weverton trabalhar na segunda etapa. 


Os 10 primeiros minutos tiveram uma queda no jogo, Aníbal Moreno dividiu com Ocampo em tentativa de voltar o jogo para o Weverton, que tentou consertar, mas o jogador sofreu a falta e ficou sentindo no gramado. O jogo ficou paralisado por cerca de 4 minutos e voltou com as duas equipes se estudando, até o Aníbal voltar a sentir de novo. Abel Ferreira colocou os principais nomes que estavam no banco, Rony, Zé Rafael e Luis Guilherme, entraram nas vagas de Estevão, Aníbal Moreno e Lázaro para cadenciar mais a partida a seu favor.


Com as mudanças, Rony já mostrou serviço de imediato, partiu em velocidade e driblou o goleiro Lentinelly, que até se recuperou para fazer a defesa. Na sequência, Luis Guilherme acabou chutando prensado na marcação.


O volume do Palmeiras nesta fase da partida ficou mais amplo, tanto é que na sequência Raphael Veiga encontrou um lançamento preciso pra o Endrick, chegando cara a cara com Lentinelly que defendeu mais uma vez e livrou sua equipe de sofrer o segundo gol.


A pressão surtiu efeito para o time do Palmeiras, Endrick carregou a bola desde o meio campo, Raphael Veiga fez a aproximação e recebeu um passe açucarado da joia palestrina, chutou por debaixo do goleiro Lentinelly para ampliar o marcador. 2 a 0 para o Palmeiras controlando com méritos a partida.


Com o jogo na mão, o Palmeiras continuou com a pressão em cima do clube uruguaio. No entanto, a equipe do Liverpool após gol sofrido, protestou na descida ao ataque com um possível pênalti na mão de Murilo. Assim, o VAR foi chamado e checou que houve um impedimento no início da jogada, com isso, o lance deu uma injeção de gás no Palmeiras que respondeu na sequência. O jogador, Zé Rafael, roubou a bola e encontrou Endrick, partindo em contra-ataque e servindo com precisão para Luis Guilherme, que chutou cruzado, e Lentinelly fez uma grande defesa evitando o terceiro gol do Palmeiras.


Contanto, na sequência, Raphael Veiga cobrou escanteio para o Palmeiras, Rony deu uma casquinha na primeira trave para servir Endrick, que ampliou o marcador. O placar de 3 a 0 com direito a confusão após o gol, tudo isso por conta da comemoração da joia palestrina que comemorou imitando o King Kong, acionando um "gatilho" na equipe uruguaia que protestou. Com isso, o jogador recebeu o cartão amarelo e foi substituído na sequência por Flaco López.


O Liverpool tentou uma resposta em jogada de escanteio, porém sem sucesso, o Palmeiras pouco tempo depois fez o quarto gol, em contra-ataque fulminante, Flaco López cruzou no capricho para Rony que matou no peito e estufou as redes de Lentinelly para garantir a goleada, 4 a 0 para o Palmeiras.


Por fim, no último lance da partida, Rony partia em velocidade e foi derrubado por Rosso, a penalidade foi marcada, e Gustavo Gómez na cobrança apenas deslocou o goleiro Lentinelly para fechar o marcador, 5 a 0 e final de jogo para garantir a liderança do grupo F.


O Palmeiras abriu 3 pontos do Independiente del Valle e se isolou na liderança, enquanto o Liverpool fica na terceira posição com 5 pontos empatados com o San Lorenzo, mas perdendo nos critérios de desempate.


3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page