google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

O que são as tão famosas tags na NFL e quem pode receber esse ano

Quando chega na off-season e mais próximo da free agency, todo mundo só fala de Tag pra lá, Tag pra cá e você precisa entender isso e algumas coisas nesta Free Agency


Foto: Reprodução nfl.com


Chega meio de fevereiro, acabou a temporada de futebol americano e chega o momento em que vemos os jogadores se envolvendo em polêmicas, fora de campo, e na discussão do futuro tanto das franquias, quanto deles mesmos.


A free agency na NFL refere-se ao período em que jogadores com contratos expirados ou que foram liberados por suas equipes anteriores podem assinar com novas equipes. Durante esse período, as equipes podem negociar com jogadores sem contrato para fortalecer suas listas antes da próxima temporada.


Existem diferentes fases da free agency: a free agency irrestrita, onde os jogadores podem assinar com qualquer equipe e a free agency restrita, onde as equipes têm direitos de primeiro recusa sobre certos jogadores. A free agency é uma parte importante do ciclo de offseason da NFL e pode ter um impacto significativo na dinâmica da liga e nas perspectivas das equipes para a próxima temporada.


Neste texto vamos explicar todos os tipos de Tag e como funciona, além de, claro, explicar os tipos de free agents restrito e irrestrito.


Os “Unrestricted Free Agents” são os jogadores que podem assinar com qualquer equipe que ofereçam condições mais alinhadas com os desejos / necessidades dos jogadores.  Já os jogadores restritos ou exclusivos são jogadores com três ou menos anos de liga e que tem contrato expirando, porém o time pode oferecer um ano de contrato adicional, seguindo com o salário mínimo definido pelos critérios de experiência do atleta.


Dada a definição acima, as equipes podem utilizar as TAGs para os jogadores que acharem adequados e a equipe tem apenas um franchise tag para utilizar por off-season.


O que são as Tags?


Como falado anteriormente a equipe pode dar uma única franchise tag por off-season e existem dois tipos de classificações: exclusivas e não-exclusivas.


Na primeira delas, a Franchise Tag Exclusive, o time obtém exclusividade para negociar com o jogador, não permitindo que o atleta converse com outras equipes. Para aplicá-la, a franquia terá de pagar ao jogador a média dos cinco maiores salários da posição dele, considerando os últimos cinco anos, ou então um aumento salarial de 120%. Prevalece a quantia que for maior. Se uma das condições forem aceita o jogador recebe e renova automaticamente.


A segunda opção é  Franchise Tag Non Exclusive, onde o time sinaliza ao atleta, no entanto, ele pode negociar com outras equipes. Caso o jogador feche com outra franquia, o time que fez a tag pode igualar a oferta, mas caso não o faça, ele terá de ser recompensado com duas escolhas de primeiro round do Draft do time que contratou o atleta. Se o jogador permanecer na equipe, ele receberá a média dos últimos cinco anos dos cinco maiores salários da posição dele por um ano de contrato.


Temos a Transition Tag (tag de transição). Parece a tag não exclusiva, com a diferença que agora levamos em consideração não apenas cinco, mas os dez maiores sálarios daquela posição. A regra do aumento salarial de 120% também se aplica, assim como a possibilidade do atleta negociar com outras equipes. Outra diferença é que nesse caso não há escolha de Draft compensatória caso o time que fez a tag não opte por cobrir uma proposta recebida pelo atleta.


Como está a média salarial?


Agora precisamos entender o nível salarial para cada posição, pois isso normalmente é o impacto que vai causar no cap, pois na maioria das vezes o jogador que recebe a TAG vem de um contrato de rookie, que é mais baixo, e precisa ter o sálario ajustado, para esta temporada um exemplo seria o La'Jarius Sneed do Kansas ou Tee Higgins do Cincinatti.


Abaixo a tabela com os valores para cada posição tanto na franchise tag quanto na transition tag.

Posição

Franchise Tag

Transition Tag

QB

$35,952,000

$31,158,000

DE

$23,348,000

$20,141,000

LB

$21,922,000

$18,599,000

OL

$21,720,000

$19,718,000

WR

$21,665,000

$19,398,000

DT

$19,753,000

$15,798,000

CB

$18,421,000

$15,889,000

S

$17,220,000

$13,957,000

RB

$12,419,000

$10,104,000

TE

$12,371,000

$10,564,000

ST

$5,827,000

$5,286,000


Quais jogadores devem receber?

Agora vamos pensar alguns jogadores que podem receber a Franchise Tag:


  • Justin Madubuike - Baltimore Ravens - DL - Jogador jovem com grande potencial, que teve uma temporada espetacular e que deve receber a TAG para ganhar tempo de rever o contrato;

  • Brian Burns - Carolina Panthers - DL - Talvez esteja entre os cinco melhores jogadores de linha da NFL e provavelmente ele receberá a Tag para poder ser usado como moeda de troca e o time tentar capitalizar.

  • Jaylon Johnson - Chicago Bears - Cb - Jogador que teve um desempenho bem acima do esperado e que se tornou um roubo, pois foi draftado no segundo round e tem se mostrado um dos melhores Cornerbacks da liga;

  • Tee Higgins - Cincinatti Bengals - WR - É o segundo recebedor de Joe Burrow, mas poderia ser o principal recebedor de qualquer equipe da NFL e isso justifica essa Tag para que o time tenha tempo de rever o contrato;

  • Michael Pittman Jr. - Indianapolis Colts - WR - Vem subindo de produção e a equipe tem um espaço bem grande na folha e seria importante avaliar mais 1 ano do jogador para propor um contrato longo e que possa ser bom para os dois lados;

  • Josh Allen - Jacksonville Jaguars - Edge / DL - Teve um ano com 17.5 sacks e vem sendo muito bem trabalhado pela equipe técnica e é um lider defensivo da equipe junto com o Oluokun;

  • L'Jarius Sneed - Kansas City Chiefs - CB - Talvez seja o melhor cornerback da NFL e foi um verdadeiro roubo, pois foi draftado na posição 138 e o salário dele atual é bem abaixo e, com certeza, vai despertar o interesses de diversas equipes, pois é uma posição em alta na liga.


Este texto foi realizado por Thiago Ramos com a colaboração do Renan Dourado e teremos muitas noticias das diversas ligas americanas. Siga o Dimensão MVP para notícias de NBA, NFL, MLB e muito mais: @DimensaoMVP no X e @dimensao.mvp no Instagram. Até a próxima!


*A opinião aqui emitida, é de total responsabilidade do autor e não necessariamente reflete a opinião do Dimensão Esportiva.



Comments


bottom of page