google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

O caminho para o sucesso do Napoli na atual temporada

Atualizado: 7 de fev. de 2023



Foto: Reprodução/Twitter SSC Napoli.

MESSIAS FORTES

de Porto Alegre


O futebol tem arte na sua essência e faz parte da cultura de uma cidade. Em Nápoles, não é diferente. A cidade do sul da Itália respira o esporte, passando pelas pinturas nas ruas, bares temáticos e monumentos ao redor da cidade, todos decorados com cores ou escudos do Napoli. O time sempre trouxe orgulho para os habitantes, mas é nesta temporada, que a alegria dos napolitanos voltou aos tempos dos gloriosos (e distantes) anos 1980. O clube lidera a Serie A com uma vantagem de 13 pontos em relação à Inter de Milão e é candidata para vencer a Champions League. Entretanto o sucesso da equipe italiana não começou no ano passado e sim, há muito tempo.


Depois de ganhar a Copa da Itália de 2011/12 após 22 anos sem taças importantes, o Napoli voltou a figurar entre os grandes do país e focou em grandes investimentos para retornar ao topo. Vieram técnicos badalados como Carlo Ancelotti e Rafa Benítez, que manteriam o clube em evidência e levantaram mais taças das Copas Nacionais. A direção napolitana percebeu que o “algo a mais” deveria ser feito e vendeu jogadores por valores caros que contribuíram neste quesito.


Em 2021, um passo importante foi dado após a contratação do técnico Luciano Spaletti, com menor nome que os técnicos citados anteriormente, mas que conhece muito de futebol. Os sinais puderam ser vistos no primeiro ano, quando foi terceiro colocado da Serie A. Durante a pré-temporada, o clube vendeu ídolos Mertens e Insigne que “aliviaram” a folha salarial e pode contratar Giovanni Simeone, Rui Anguissa e Kvarastskhelia.


Com o acréscimo desses atletas, Spaletti conseguiu implementar um futebol rápido e ofensivo, que agrada até quem não é fã de futebol europeu. O time assumiu a liderança na 7º rodada, depois de vencer o Milan por 2 x 1 no San Siro, enquanto que na Liga dos Campeões liderou um grupo com Liverpool e Ajax (goleou o time holandês por 6 x 1 em plena Johann Cruyff Arena). Com a habilidade de Kvarastskhelia, o faro de gol de Osimhen, os cruzamentos de Lobotka, a segurança do goleiro Alex Meret, a equipe realiza uma temporada dos sonhos. É o 1º colocado da Serie A com 56 pontos em 21 partidas e enfrenta o Eintracht Frankfurt pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. O futuro reserva coisas para os seus torcedores na terra e principalmente, para aquele argentino de Lanús que estás no céu, vibrando com cada gol dos comandados de Spaletti.

48 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page