google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

NFL: Análises Off-Season - Chicago Bears

Num conteúdo inédito no Brasil sobre a NFL, o DE inicia uma série de análises sobre cada um dos times componentes da maior liga de futebol americano do mundo.


Olá, pessoal! Numa iniciativa inédita do Dimensão Esportiva e seu casting do MVP, vamos trazer a partir de hoje uma análise off-season sobre o que cada equipe integrante da maior competição de futebol americano do mundo fez ao longo da temporada passada, e pretende trazer no draft para a próxima edição da NFL. Eu, Thiago Ramos, estarei no comando dessas análises pontuais junto do meus colegas e parceiros, Renan Dourado, o Giga, e Samuel Kyriazi para apresentar as 32 franquias ao longo das próximas semanas, e convidamos você, amante do FA, a se juntar a nós nessa jornada.


Agora faremos a análise do Chicago Bears, equipe que manda seus jogos no Soldier Field em Chicago e teve sete vitórias e dez derrotas em 2023.


Reprodução: Acervo pessoal


Com uma temporada de altos e baixos, um Quarterback inconsistente e uma comissão técnica para lá de questionável, o Chicago Bears mais uma vez decepcionou (ou não) seus torcedores e aqueles que acreditaram que Justin Fields seria a salvação da franquia. Com um recorde de 7-10, Chicago se encontra em uma posição favorável em relação ao Draft e, ao mesmo tempo, com uma margem boa no salary cap para conseguir trazer reforços pontuais para a temporada 2024 e, quem sabe, alçar voos maiores.


Agora vamos apresentar quem são os agentes livres da equipe:


Unrestricted Free Agents

RB - D'onta Foreman

WR - Darnell Mooney

TE - Robert Tonyan Jr.

G - Lucas Patrick

G- Dan Feeney

EDGE - Yannick Ngakoue

CB - Jaylon Johnson

FS - Eddie Jackson

LS - Patrick Scales

 

Posições destacadas acima:


S: Safety

DE: Defensive End

DT: Defensive Tackle

CB: Cornerbacks

RB: Running Back

LB: Linebackers

OL: Outside Linebackers

K: Kicker

OT: Offensive Tackle

LS: Long Snappers

WR: Wide Receiver

TE: Tight End


Para maiores detalhes sobre as tags e quem seriam os principais jogadores de cada equipe, temos o texto explicativo:



Veja a seguir as maiores necessidades do Bears para 2024:



Primeira escolha geral e um grande espaço na folha salarial


Como Chicago pode se reforçar durante a off-season e, ao mesmo tempo, ir bem no draft.

       

Os Bears estão em uma posição bastante confortável em relação à Free Agency, com poucos jogadores elegíveis em seu elenco, muito espaço no Cap Hit e boas peças disponíveis no mercado. Mas, para além do mercado, primeiro deve-se olhar para seu próprio elenco: D’Onta Foreman (RB), Darnell Mooney (WR) e Jaylon Johnson (CB). São as melhores opções para renovação de contratos, sendo que o último seria a provável escolha de Chicago para a Franchise Tag.


Por serem um dos times com mais espaço em sua folha salarial da liga (aproximadamente US$83 milhões, segundo o site Spotrac), mesmo optando (ou não) pela renovação dos três jogadores citados acima, os Bears ainda teriam espaço para trazerem jogadores renomados, e que agregariam muito o elenco, como o jogador de linha defensiva Chris Jones, o Wide Receiver Mike Evans, ou até mesmo o Offensive Tackle Tyron Smith, que apesar de serem um pouco mais veteranos, podem elevar substancialmente o nível da franquia.


Já no Draft, Chicago possui seis escolhas, sendo duas na primeira rodada (pick 1 e pick 9), uma na terceira (pick 75), duas na quarta (pick 110 e pick 122) e uma na quinta (pick 142). A primeira escolha geral do Draft de 2024 veio não por causa de seu desempenho na última temporada (7-10, concedendo a nona escolha geral), e sim por conta de uma troca feita com o Carolina Panthers no Draft do ano passado. Levando em consideração o desempenho de Justin Fields, QB da franquia nas últimas três temporadas, a tendência é que a primeira escolha geral seja o QB Caleb Willians, de USC, considerado por muitos como o melhor prospecto dessa classe de 24. Outra opção seria o QB Drake Maye, de North Carolina, esse um pouco menos cotado para a pick 1. Fato é que Chicago está encaminhado para, quem sabe, solucionar o problema na posição de QB, que vem sendo uma pedra no sapato da franquia a muitas temporadas.


Ainda na primeira rodada, já com a nona escolha, nomes como Rome Odunze (WR), Joe Alt (T) e Dallas Turner (EDGE) chamam a atenção e podem ser boas alternativas. A partir das próximas rodadas, a tendência é de que Chicago enderece suas escolhas nas posições de DL, secundária e OL, podendo até capitalizar outras utilizando Justin Fields como moeda de troca.


Nossa simulação para o time do Bears, fazendo a troca de Justin Fields e recebendo uma segunda rodada.


 


Agora algumas opões para Chicago no draft:

  • Caleb Willians ou Drake Maye – QB

  • Rome Odunze – WR

  • Joe Alt – T

  • Dallas Turner – EDGE

  • Jared Verse – EDGE

  • Amarius Mims – T

  • Zach Frazier – C

  • Ennis Rakestraw Jr. – CB

  • T’Vondre Sweat – DL

  • Michael Hall Jr. – DL

 


Este texto foi realizado por Thiago Ramos com a colaboração do Renan Dourado e Samuel Kyriazi e teremos muitas noticias das diversas ligas americanas. Siga o Dimensão MVP para notícias de NBA, NFL, MLB e muito mais: @DimensaoMVP no X e @dimensao.mvp no Instagram. Até a próxima!


*A opinião aqui emitida, é de total responsabilidade do autor e não necessariamente reflete a opinião do Dimensão Esportiva.


Comments


bottom of page