google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

New York Giants vai precisar de um milagre para que o time suba de nível

Atualizado: 7 de abr.

Brian Daboll e Joe Schoen estão pressionados para 2024 e precisam mostrar trabalho


Olá, pessoal! Vamos iniciar uma nova análise especial da NFL aqui no Dimensão Esportiva. Eu, Thiago Ramos, estarei preparando três mocks para cada equipe da NFL. No primeiro mock, não faremos nenhuma troca ou movimento.


No segundo, farei movimentos que considero ideais, reforçando as diversas posições da melhor forma possível. Já o terceiro mock é destinado a identificar o que poderia ser feito sem tantas trocas, tentando maximizar as carências da equipe.


Nesta edição, teremos a difícil tarefa de pensar no draft do Giants, que precisa melhorar em várias áreas para alcançar um nível razoável. Entre as necessidades estão um quarterback, um recebedor, reforços na linha ofensiva, linha defensiva, linebackers e jogadores para a secundária.


O primeiro mock foi elaborado sem realizar trocas, visando abordar as principais necessidades da equipe da melhor maneira possível:


O Drake Maye foi selecionado como a 6ª escolha, o que o torna uma excelente aquisição, pois é considerado o segundo melhor quarterback do draft e estava disponível na 6ª posição. Além dele, conseguimos trazer um recebedor, linebacker e linha defensiva com nossas quatro primeiras escolhas. No entanto, ainda há muitas lacunas na equipe, por isso, no próximo mock, tentaremos fazer trocas para aumentar nosso capital de draft e possivelmente abrir mão de jogadores mais talentosos.


Já no segundo mock, optamos por realizar muitas trocas, pois isso nos proporcionaria diversas novas opções para a equipe:


Esse mock foi bem interessante porque a troca nos permitiu ter 5 escolhas nas duas primeiras rodadas, o que elevou bastante o nível dos prospectos, especialmente quando comparados com os prospectos do terceiro dia, que começam a partir da quarta rodada.

Para finalizar, temos o terceiro mock e nele, o objetivo foi maximizar a qualidade da equipe em função dos prospectos disponíveis:



No terceiro mock draft, fizemos nossa escolha com base no jogador mais talentoso disponível e, por coincidência, Marvin Harrison Jr. estava disponível. Optamos por selecioná-lo, além de um bloqueador, o que pode viabilizar o aproveitamento de Daniel Jones, situação que não ocorreu nos dois primeiros mocks. Neles, havíamos selecionado dois quarterbacks, considerando o valor atraente de suas escolhas.

Este texto foi escrito por Thiago Ramos. Fique ligado por que teremos muitas notícias das diversas ligas americanas. Siga o Dimensão MVP para notícias de NBA, NFL, MLB e muito mais: @DimensaoMVP no X e @dimensao.mvp no Instagram. Até a próxima!


Comments


bottom of page