google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

New Orleans Pelicans x Los Angeles Lakers: Tudo que você precisa saber sobre

Esse confronto abre as disputas do torneio de Play-In, disputado pelos times classificados entre a sétima e décima posições de cada conferência


Stephen Lew/USAToday Sports

Com o fim da temporada regular da NBA temos a disputa que abre a pós-temporada na liga de basquete mais badalada do mundo. O torneio de Play-In, é disputado pelos times classificados entre a sétima e a décima posições de cada conferência.


E o Play-In terá início nesta terça-feira (16), no jogo entre New Orleans Pelicans e Los Angeles Lakers. A bola sobe às 20h30, no Smoothie King Center, em Nova Orleans e o Dimensão Esportiva transmite esse jogo a partir das 20h.


Como vêm as equipes?


Tanto Pelicans quanto Lakers terminaram a temporada regular da NBA com uma campanha parecida e curiosamente o confronto mais recente entre os times foi justamente no último jogo da primeira fase.


Nesse domingo (14), eles se enfrentaram e o time de Los Angeles venceu na Louisiana pelo placar de 124 a 108 e garantiu a posição de número oito na tabela da Conferência Oeste.


Com a derrota diante dos Lakers, os Pelicans tiveram quebrada uma sequência de quatro vitórias consecutivas e todas elas jogando fora de casa. Eles venceram o Phoenix Suns, o Portland Trail Blazers, o Sacramento Kings e o Golden State Warriors.


Diante desses resultados, o time de Nova Orleans encerrou a temporada regular na sétima colocação na tabela de classificação do Oeste, o que garantiu a oportunidade de jogar em casa, nesta terça-feira (16).


O que podemos esperar?


Apesar de ser um confronto eliminatório disputado em jogo único, o time derrotado nesse duelo ainda terá mais uma chance pois enfrentará o vencedor dos cabeças de chave nove e 10, e deste embate será decidido a posição oito que vai enfrentar o Oklahoma City Thunder, o time de melhor campanha da Conferência Oeste.


Nesse sentido, acredito que as equipes vão se expor um pouco mais do que na temporada regular, mas sabendo dos aspectos do regulamento, que prevê o time perdedor, indo jogar pela última vaga direta.


Além disso, o confronto entre Pelicans e Lakers tem tudo para ser bastante equilibrado e com duas equipes que utilizam-se do aspecto físico, especialmente dentro da área pintada, para ganhar espaço e produzir jogadas ofensivas que levam perigo ao adversário.


As campanhas dos dois times foram muito parecidas: os Pelicans terminaram com 49 vitórias e 33 derrotas, enquanto que os Lakers fecharam com 47 vitórias e 35 derrotas, fator esse que demonstra o nível semelhante das duas equipes.


Destaques para o jogo:


New Orleans Pelicans


  • Brandon Ingram: um dos jogadores que tem evoluído ano após ano dentro da NBA. Tem se tornado um jogador completo e vem aflorando toda a qualidade técnica do seu jogo, com boa consistência. Nessa temporada, ele tem uma média de 20.8 pontos por jogo e 49,2% de aproveitamento dos arremessos de quadra;

  • CJ McCollum: há algumas temporadas ele já vem mostrando um nível de jogo muito qualificado e, especialmente, com muita consistência, algo primordial para um jogador na NBA. CJ tem uma média de 32.7 minutos por jogo, marcando em média 20 pontos por jogo, fator importante no plano de jogo e nas rotações dos Pelicans;

  • Zion Williamson: fisicamente bem mais confiável, ele tem mostrado cada vez mais a qualidade que todos imaginavam que ele mostraria nas quadras do basquete profissional estadunidense. Zion jogou 70 dos 82 jogos na temporada regular dos Pelicans, com 31.5 minutos em quadra e com média de 22.9 pontos por jogo.


Los Angeles Lakers

  • LeBron James: mesmo aos 39 anos, LBJ ainda permanece como um dos jogadores mais dominantes da NBA. Dono da maior média de pontos dos Lakers nesta temporada, 25.7 pontos por jogo, o ‘Papai Lebrão’ vai colocando cada vez mais o seu nome na história da liga;

  • D’Angelo Russell: um jogador que tem se tornado cada vez mais consistente na liga, apesar das oscilações nas quais a franquia pela qual ele atua têm passado nas últimas temporadas, inclusive na atual. Com uma média de 18 pontos por jogo, Russell tem um bom aproveitamento do perímetro, na casa dos 41%;

  • Austin Reaves: um dos bons talentos nesse elenco atual dos Lakers, ele tem conseguido mostrar um nível consistente de basquete, algo importante no contexto inconstante da franquia. Austin tem contribuído com 15.9 pontos por jogo, em 32.1 minutos de média.


Lesionados para a partida (até o momento da publicação deste texto):


New Orleans Pelicans


Não há nenhum jogador na lista de lesionados para a partida


Los Angeles Lakers


Anthony Davis - (espasmos nas costas - questionável)


Transmissão:


Dimensão Esportiva:

Narração: Thiago Ramos

Comentários: Dieison Spolavori, João Miguel Crisóstomo e Luciana Vitorino

Produção Técnica: Dieison Spolavori



Outros meios:


Streaming: Amazon Prime Video e NBA League Pass

4 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page