google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

NBA Play-In: Chicago Bulls vai buscar desvantagem de 19 pontos e elimina o Toronto Raptors

Foto: Divulgação Instagram/NBA Brasil.

Toronto Raptors e Chicago Bulls se enfrentaram nessa quarta-feira(12), na Scotiabank Arena, em Toronto, no Canadá, pelo play-in da NBA.


O time do Canadá estava vencendo com tranquilidade até a reta final do terceiro quarto, mas uma grande atuação de Zach LaVine e um péssimo aproveitamento nos lances livres de Toronto foram determinantes para a virada de Chicago. Veja os detalhes:



PRIMEIRO QUARTO:


O Toronto Raptors começou muito bem, pontuando bastante, mesmo com a defesa do Chicago Bulls pressionando bastante, chegou a abrir sete pontos de vantagem (15x8), quando o Billy Donovan decidiu parar o jogo.


E o pedido de tempo dos Bulls deu resultado. A pressão funcionou melhor, os Raptors pararam de pontuar por um bom tempo, e Chicago encostou no placar (15x14).

Foto: Divulgação Instagram/Chicago Bulls.

Mas, uma cesta de três pontos do Fred VanVleet, que foi o maior pontuador do período, com onze pontos, reacendeu a chama de Toronto, que encerrou o quarto vencendo por 28x23, mas chegou a ter nove pontos de vantagem (25x16).



SEGUNDO QUARTO:


Toronto começou tentando e errando muitos chutes de três, e Chicago precisou de menos de dois minutos para virar o jogo.


Porém, assim que o Bulls viraram, os Raptors voltaram a jogar bem e não perderam mais a liderança do placar.


A vantagem dos Raptors, que só foi crescendo, seria de oito pontos no final do período, porém, o Fred VanVleet quis colocar a maior vantagem do jogo, até então, e, com dois segundos no relógio, contestado por Alex Caruso, fez uma cesta do meio da quadra, e o primeiro tempo terminou com 58x47 para o Toronto Raptors no placar.

Foto: Divulgação Instagram/Toronto Raptors.

Pascal Siakam repetiu os onze pontos do seu companheiro VanVleet no quarto anterior e foi quem mais pontuou nesse período.



TERCEIRO QUARTO:


Dominado absolutamente pelo time canadense por mais de oito minutos, que voltou jogando muito bem, para tentar matar o jogo nesse período.


Os Raptors estavam atacando muito bem e defendendo melhor ainda, com destaque para OG Anunoby marcando o Demar DeRozan.


E os Bulls, completamente perdidos em quadra, contaram com um grande crescimento de Zach LaVine, que fez dezessete pontos no período, para se recuperarem e conseguirem diminuir a desvantagem do início do quarto em dois pontos (81x72).



QUARTO QUARTO:


Chicago, que já vinha crescendo na reta final do quarto anterior, diminuído uma desvantagem de dezenove pontos para menos da metade, continuou se aproximando no placar no período final, até que conseguiram virar o jogo numa bola de três do Pat Beverley (96x93).


E o jogo pegou fogo. Foi muito disputado até o fim, mas os 50% de lances livres desperdiçados por Toronto fizeram falta. O time perdeu por 109x105 e está fora dos playoffs da NBA.


Foto: Divulgação Instagram/Chicago Bulls.

Zach LaVine anotou mais treze pontos, sendo, novamente, o cestinha do quarto e o grande nome dessa vitória do Chicago Bulls.



DESTAQUES INDIVIDUAIS:


Pascal Siakam: 32 pontos(maior do time), 9 rebotes e 6 assistências.


Fred VanVleet: 26 pontos, 12 rebotes(maior do time) e 8 assistências(maior do jogo).


Scottie Barnes: 19 pontos e 10 rebotes.


Zach LaVine: 39 pontos(maior do jogo) e 6 rebotes.


Demar DeRozan: 23 pontos e 7 rebotes.


Nikola Vučević: 14 pontos e 13 rebotes(maior do jogo).


Coby White: 9 pontos, 5 assistências(maior do time) e 100% de aproveitamento nos arremessos.

7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page