google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

MLB: arremessador do San Diego Padres é suspenso por utilizar substância proibida


Imagem: Divulgação/ twitter @theScore.

Nesta sexta (25), o arremessador do San Diego Padres, Robert Suarez, foi suspenso por 10 partidas na MLB, após ser flagrado utilizando material pegajoso proibido nas mãos. A substância grudenta auxilia o pitcher durante o arremesso, dando maior controle sobre a direção da bola e gerando maior velocidade no ato.


A punição foi anunciada pelo vice-presidente sênior de operações em campo da MLB, Michael Hill. Suárez apelou para John McHale Jr, assistente especial do comissário de beisebol Rob Manfred. Qualquer suspensão será adiada enquanto o recurso estiver pendente.


Suárez foi expulso na quarta-feira por ter um utilizado, segundo os relatos, um "material de característica pegajosa" no pulso e no braço esquerdo antes de lançar um arremesso na oitava entrada contra o Miami Marlins.


O jogador negou o uso de substâncias proibidas, dizendo que tinha protetor solar no braço porque era um jogo diurno. “Houve uma verificação de rotina, e achamos que estava muito pegajoso, muito pegajoso, e ele foi expulso do jogo”.


Outras situações "pegajosas"


Em abril, Max Scherzer (Texas Rangers), na época no New York Mets, foi expulso após ser flagrado que o arremessador estaria utilizando uma substância descrita pela equipe de arbitragem como "estranha".


O New York Yankees recentemente também teve um de seus arremessadores suspenso, Domingo Germán. Autor de um jogo perfeito nesta temporada, Germán também foi suspenso por 10 partidas por ter utilizado uma substância proibida nas mãos. A utilização de quaisquer substâncias proibidas ou desconhecidas é vista pela liga como má conduta e é passível de multa e suspensão.




6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page