google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Milwaukee Bucks x Cleveland Cavaliers: Tudo o que você precisa saber!



REPRODUÇÃO: Ken Blaze/USA TODAY Sports


Milwaukee Bucks e Cleveland Cavaliers, se enfrentarão nesta quarta-feira (24), às 22h (Horário de Brasília), no Fiserv Forum, em Milwaukee. O jogo é válido pela temporada regular da NBA, e vale lembrar que são dois times que brigam na parte de cima da tabela da conferência Leste. O Dimensão Esportiva transmitirá, em áudio, esta partida. O link da transmissão do DE e a equipe responsável estarão disponíveis ao final desta preleção.



Como vem as equipes?


O Milwaukee Bucks atualmente tem uma campanha de 30-13 (trinta vitórias e treze derrotas), e está na segunda posição da Conferência Leste. apesar de bem colocados na tabela, os Bucks vivem um momento delicado na temporada, por que o time não convence nos jogos, desde a vitória maiúscula contra o Boston Celtics. Deste confronto em diante, foram cinco jogos, com quatro vitórias, mas o time não teve um jogo satisfatório para o seu torcedor em nenhuma dessas vitórias. A única derrota na sequência foi para o próprio Cavs, seu próximo adversário. Na última partida entre as equipes, o placar ficou em 135 a 95. O momento conturbado dos Bucks tem grande influência do ambiente interno do time por que Adrian Griffin, que era o técnico até o jogo de segunda (22), contra os Pistons, foi demitido por supostamente não ter mais a confiança dos líderes do time. Além disso, Griffin já começou a temporada sob desconfiança, após Terry Stotts, que era assistente do time e ex-técnico do Portland Trail Blazers, demitir-se antes mesmo da temporada regular começar, por conta de um desentendimento com Griffin. Posteriormente, a situação só piorou após a eliminação no NBA In-Season Tournament para o Indiana Pacers, nas semifinais da competição, pois Griffin havia dito que teria que acontecer ‘’um sacrifício’’ dentro do time. Esses fatores culminaram na desconfiança do elenco e o estopim foram os jogos ruins em sequência recentemente, que eram reflexo do ambiente ruim do time, assim Adrian Griffin foi demitido e agora o favorito ao cargo seria Doc Rivers, que foi contratado como Consultor Sênior dos Bucks, após a eliminação no In-Season Tournament.


Voltando o foco para dentro das quadras, no último jogo os Bucks sofreram, mas venceram o Detroit Pistons por 122 a 113, com triplo-duplo para Giannis Antetokounmpo, que é a referência técnica do time. Foram 31 pontos, 17 rebotes e 10 assistências para o grego de 29 anos. Agora os Bucks querem esquecer o caos que foi esse começo e meio de temporada, para focar nos próximos objetivos do time na liga.


O Cleveland Cavaliers atualmente tem uma campanha de 26-15 (vinte e seis vitórias e quinze derrotas), e está na quarta posição da Conferência Leste. Os Cavs, apesar das lesões no seu quinteto titular, estão numa ótima sequência na temporada, são oito vitórias seguidas, que colocaram o time na posição atual na tabela. O time comandado por J. B. Bickerstaff, vem embalado e nessa sequência, Donovan Mitchell está com médias de 27.3 pontos e 7.3 assistências por jogo, nesses oito jogos, além de uma grata surpresa que apareceu com a lesão de Darius Garland, Sam Merrill tem médias de 14.4 pontos por jogo e 41.6% nos três pontos, nesses últimos oito jogos, sendo importante para essas vitórias seguidas do time, que chegará forte para o próximo jogo.



O que podemos esperar?


Ao olhar para as estatísticas, a impressão que passa é de que são equipes com virtudes diferentes, os Cavaliers são o segundo time da liga em Defensive Rating (que mede os pontos sofridos a cada 100 posses), com 112, o sétimo na média de rebotes, com 45.1 por jogo e o oitavo na média de roubos de bola, com 7.8 por jogo, o bom conjunto de defensores no elenco dos Cavaliers e o garrafão físico deles, faz a diferença para o time como um todo. Os Bucks são o segundo time em Offensive Rating (que mede os pontos convertidos a cada 100 posses), com 122, também são o segundo time na porcentagem de True Shooting (que é um cálculo feito pela metade dos pontos convertidos, dividido pela soma dos arremessos tentados e 0,475 vezes dos lances livres tentados), com 61.3%, além de ser o time com a maior média de pontos por jogo na liga, com 124.6, são virtudes de um ataque extremamente forte e fatal, que pode ganhar muitos jogos assim.


Porém os times também tem suas fraquezas. Os Cavs são o décimo nono na média de pontos por jogo, com 114, o vigésimo time na porcentagem de arremessos de três convertidos, com 35.9, e o vigésimo terceiro em na porcentagem de lances livres convertidos, com 76.8%, são números que podem causar estranheza, já que Donovan Mitchell está no time, mas o time tem uma dependência de Spida no ataque, o que pode explicar então, estes números. Os Bucks são o vigésimo time em Defensive Rating, com 118, o vigésimo nono na média de roubos de bola, com 6.5 por jogo e o vigésimo quinto na média de rebotes ofensivos, com 9.6 por jogo, a passividade defensiva do time, pode ser uma lacuna preenchida por Doc Rivers, caso ele realmente assuma o time, o técnico é conhecido por produzir boas defesas por onde passou, mas o número baixo de rebotes ofensivos pode ser um misto de coisas, o fato do time ter uma média boa de arremessos acertados, pode ser um fator a se considerar, assim como o fato do time jogar bastante por fora do garrafão, também pode ser fator, mas é estranho o time ter uma média baixa de rebotes ofensivos, enquanto ainda produz rebotes na defesa, os Bucks tem média de 44.4 rebotes por jogo, mas o garrafão físico dos Cavs pode ser um empecilho aos Bucks hoje, fator para se observar. O jogo tem suas peculiaridades e certamente será interessante de assistir, pois não é sempre que há um confronto entre dois chutadores de elite, como Donovan Mitchell e Damian Lillard, além do confronto entre dois pivôs bastante físicos, como Brook Lopez e Jarrett Allen,



Destaques para o jogo


Bucks

  • Giannis Antetokounmpo tem médias de 31.2 pontos, 11.5 rebotes, 6.1 assistências e 1.4 roubos de bola por jogo, além de 60.3% nos arremessos de quadra. Giannis é a estrela desse time já faz muitos anos, além de sempre estar brigando por MVP, mesmo que seja correndo por fora, é um atleta renomado que dispensa comentários sobre seus números, ele é questionável para a partida, assim como você verá na lista de lesionados posteriormente.

  • Damian Lillard tem médias de 25.3 pontos, 4.4 rebotes e 6.9 assistências por jogo, com um aproveitamento de 35,1% nos arremessos de 3 pontos. Dame chegou para auxiliar o time ofensivamente e fazer os Bucks serem mais produtivos nos arremessos, ele é um dos melhores arremessadores da história da NBA, portanto não é um destaque à toa.

  • Brook Lopez tem médias de 12.9 pontos, 5.4 rebotes e 2.9 tocos por jogo. Brook sempre foi lembrado por ser um defensor de altíssimo calibre no garrafão, além de contribuir com muita fisicalidade também, de acordo com o StatMuse, Lopez tem, nos últimos dois jogos, médias de 17 pontos, 10.5 rebotes e 3.5 tocos por jogo, sendo importante para as duas vitórias conquistadas pelos Bucks.


Cavaliers

  • Donovan Mitchell tem médias de 27.8 pontos, 5.4 rebotes, 6.1 assistências e 2 roubos por jogo. Spida é a referência técnica dos Cavs, além de jogador respeitado em toda liga, mas além de ser um jogador muito produtivo no ataque, tem mãos ativas para gerar turnovers aos adversários, sendo efetivo nos dois lados da quadra, para o time de Cleveland.

  • Jarrett Allen tem médias de 14.8 pontos e 10.3 rebotes por jogo, além de 66.9% nos arremessos de quadra. Allen é um jogador que briga muito por rebotes e sempre é acionado para o ''trabalho sujo'', é útil para fazer paredes em jogadas de Pick n' Roll, além de também ser ativo no ataque próximo ao garrafão.

  • Sam Merrill tem médias de 8.8 pontos e 2.2 rebotes por jogo, além dos seus 43.1% nos três pontos. Merrill tem médias modestas e não é titular nos Cavs, mas ganhou vaga com a lesão de Darius Garland e está correspondendo bem, sendo muito útil nas oito vitórias seguidas dos Cavaliers, o jogador tem como destaque o seu arremesso de fora, que é a maior qualidade ofensiva dele.



Lesionados para o jogo (até a publicação deste texto)


Bucks

  • Giannis Antetokounmpo (lesão no ombro direito- Questionável)


Cavs

  • Caris LeVert (lesão no pulso- Questionável)

  • Evan Mobley (lesão no joelho- Fora)

  • Darius Garland (lesão na mandíbula- Fora)

  • Ty Jerome (lesão no tornozelo- Fora)

  • Tristan Thompson (suspensão- Fora)

  • Emoni Bates (suspensão- Fora)



Transmissão


A transmissão no canal do DE inicia a partir das 21h45, com um esquenta trazendo as primeiras informações e o jogo às 22h. Deixe seu like, comente e interaja com a nossa equipe, e claro, compartilhe e se inscreva pra ficar sempre ligado no melhor do Basquete do mundo.


Narração: Thiago Henrique

Comentários: Alex Villar e Thiago Ramos






46 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page