google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Milwaukee Bucks x Boston Celtics: Tudo o que você precisa saber.

Jogo entre os dois primeiros colocados da Conferência Leste. É uma boa oportunidade de vermos em que ponto ambos estão, para o começo dos playoffs.



FOTO: USA TODAY Sports/Benny Sieu


O jogo entre Milwaukee Bucks e Boston Celtics será nesta terça-feira (9) no Fiserv Forum, em Milwaukee. O jogo que começará às 20h30 (Horário de Brasília), é válido pela temporada regular da NBA, e terá transmissão do Dimensão Esportiva em todas as suas mídias. A equipe e o link de transmissão, estarão ao final da preleção.


Como vêm as equipes?


O Boston Celtics é o líder da Conferência Leste, e dono da melhor campanha da NBA, com 62 vitórias e 16 derrotas. Atualmente, os Celtics estão 15 jogos na frente dos Bucks, e oito jogos na frente dos Timberwolves, e dos Nuggets, que são os primeiros do Oeste. O time está com cinco vitórias seguidas, além de oito vitórias, nos últimos 10 jogos.


O Milwaukee Bucks é o segundo colocado da Conferência Oeste, com 47 vitórias e 31 derrotas. Apesar da colocação na tabela, o momento é ruim para os Bucks, que tiveram apenas três vitórias nos últimos 10 jogos, e estão com quatro derrotas seguidas. Uma vitória contra os Celtics, pode recuperar a moral do time.


O que esperar desse jogo?


Os momentos de ambos os times são muito extremos, já que os Celtics estão com a posição garantida na tabela, e os Bucks estão nos playoffs já, mas com posição na tabela ameaçada por Orlando Magic, New York Knicks, e Cleveland Cavaliers. Dados estes detalhes, o time de Milwaukee entrará pressionado no jogo, mesmo jogando em casa.


O Boston Celtics é o segundo com a maior média de pontos por jogo, com 120.8. O time tem, também, o melhor aproveitamento de três da liga, com 38.9%, além de ser o segundo na média de rebotes por jogo, com 46.5, tem o melhor Offensive Rating (pontos convertidos a cada 100 posses) da liga, com 124.2.


O time tem o terceiro melhor Defensive Rating (pontos cedidos a cada 100 posses) da liga, com 112.2. O Net Rating (diferencial entre pontos feitos e cedidos, a cada 100 posses) é o melhor da liga, com 12. Os Celtics também tem a menor média de Turnovers (perdas de posse) por jogo, na liga, com 11.3. As estatísticas comprovam a regularidade do time.


Os Bucks tem a quarta maior média de pontos por jogo, da liga, com 119.7, estão em oitavo na média de rebotes por jogo, com 44.3, e tem o sétimo melhor aproveitamento de arremessos da liga, com 48.8%. São estatísticas que mostram um ataque sólido, mas a irregularidade defensiva, prejudica os jogos do time.


O time tem 119.4 de Off Rtg, e 116.5 de Def Rtg, o que comprova que é um time que pontua muito, mas também sofre muitos pontos, tendo 2.9 de Net Rtg, que ainda assim, é o nono melhor da estatística.


Mas, o time de Milwaukee é o 20° com a menor média de pontos cedidos no garrafão, por jogo, com 51.2, o que é até inesperado, visto a âncora defensiva que é Brook Lopez. Os Bucks também são o 20° time com a menor média de pontos cedidos por jogo, com 116.8, e o 11° com a maior média de rebotes cedidos por jogo, com 44.2.


Olhando as estatísticas então, já podemos cravar o vencedor do jogo? Não! O jogo deve ser respeitado sempre, e também há algumas presenças em dúvida para esta partida. Mas eu diria que os Bucks virão com sangue nos olhos para buscar esse jogo, pois nesse final, cada vitória importa, e muito, para o time de Milwaukee.


Destaques para a partida:

Celtics


  • Jayson Tatum tem médias de 27 pontos, 8.2 rebotes, e 4.9 assistências por jogo, nessa temporada. Nos últimos oito jogos que esteve em quadra, o jogador teve médias 26.8 pontos e 7.9 rebotes por jogo. JT mostrou certa evolução na defesa nessa temporada, e vem jogando com mais maturidade no ataque, o que é natural para um jogador de 26 anos.

  • Derrick White tem médias de 15.4 pontos, 5.2 assistências, 4.3 rebotes, e 1.2 tocos por jogo, nessa temporada. White passou por latente evolução, da última temporada para a atual. O jogador melhorou ofensivamente, e manteve a sua essência na defesa, virando um pilar desse time.

  • Jrue Holiday tem médias de 12.6 pontos, 5.4 rebotes e 4.9 assistências por jogo, além de 43.3% na bola tripla, nessa temporada. Jrue sempre vai ser destaque em jogos contra os Bucks, pela sua história quando jogou por lá. Mas ele pode ser uma fator importante, na marcação contra Damian Lillard.


Bucks


  • Damian Lillard tem médias de 24.5 pontos, sete assistências, e 4.4 rebotes por jogo, nessa temporada. Nos últimos sete jogos que esteve em quadra, foram 25.6 pontos por jogo para ele, sendo três jogos de 30 ou mais pontos. Dame em quadra sempre preocupa o adversário, mas, principalmente, no possível cenário onde Giannis Antetokounmpo fica fora do jogo.

  • Brook Lopez tem médias de 12.5 pontos, 5.3 rebotes, e 2.4 tocos por jogo, nessa temporada. Brook é nome certeiro nas indicações para DPOY (jogador de defesa do ano) em toda temporada, e ele será decisivo por conta de que será o principal encarregado, de marcar Porzingis.

  • Bobby Portis tem médias de 13.6 pontos e 7.3 rebotes por jogo, além de 39.5% na bola de três, nessa temporada. Bobby é o sexto homem dos Bucks, sempre com muita entrega, intensidade, e um talento de arremesso que merece destaque, já que ele é um Big Man. Um bom jogo dele, pode ser essencial para equilibrar as ações da partida.


Lesionados para a partida (até o momento de publicação do texto):


Celtics

  • Kristaps Porzingis (Lesão no tendão da coxa- Questionável)

  • Al Horford (lesão no dedão do pé- Questionável)


Bucks

  • Giannis Antetokounmpo (lesão no tendão da coxa- Questionável)

  • Patrick Beverley (lesão no tornozelo- Questionável)

  • Khris Middleton (lesão no quadríceps- Provável)

  • Jaylin Galloway (lesão no tornozelo- Fora)

  • MarJon Beauchamp (lesão no tornozelo- Fora)


Transmissão

A transmissão no canal do DE inicia a partir das 20h15. Deixe seu like, comente e interaja com a nossa equipe, e claro, compartilhe e se inscreva pra ficar sempre ligado no melhor do Basquete do mundo.


Narração: Alex Yamasaki

Comentários: João Miguel e Ewerton Moreira


Outros Meios:

Streaming: Prime Vídeo e NBA League Pass.


Comments


bottom of page