google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Meninas dos Estados Unidos confirmam favoritismo no basquete e conquistam ouro olímpico

As norte-americanas venceram o Japão na final e garantiram mais uma medalha de ouro, mantendo a dinastia de títulos; França conquista o bronze.

(Instagram @usabasketball)


Pela sétima vez consecutiva, a seleção norte-americana feminina de basquete é campeã das Olimpíadas. Venceram o Japão na final por 90 a 75 e confirmaram seu favoritismo na competição.


As japonesas fizeram um torneio digno e chegaram até a final pela primeira vez na história, fazendo jus ao "mando de quadra", mesmo sem torcida para apoiar devido a pandemia. Com a boa campanha japonesa, havia uma expectativa de um jogo duro, mesmo com a vantagem norte-americana.


A partida decisiva foi controlada pelos Estados Unidos, sendo que chegaram a ter 25 pontos de vantagem. Além disso, tiveram melhores números, como aproveitamento de quadra (54% a 36%), assistências (28 a 16), rebotes (44 a 38) e pontos no garrafão (58 a 40). Dessa forma, aos poucos o placar foi sendo construído e mantido até o final.


Brittney Griner anotou 30 pontos, e teve ajuda de A'ja Wilson com 19 pontos e Breanna Stewart, com um duplo-duplo de 14 pontos e 14 rebotes. Pelo Japão, Maki Takada anotou 17 pontos e Nako Motohashui fez 16 pontos.


O grande destaque da competição, Rui Machida, terminou as Olimpíadas como líder em assistências e quebrando recordes. Terminou com 75 assistências em 6 jogos, uma incrível média de 12,5 assistências por jogo.


Com mais uma conquista, Diana Taurasi e Sue Bird garantiram seu quinto ouro olímpico na história.

(Instagram: @fiba)


França x Sérvia


Com as eliminações nas semi-finais, as duas equipes entraram para garantir ao menos uma medalha nos jogos olímpicos, que ficou com as francesas, vencendo as sérvias por 91 a 76.


A medalha de bronze foi bem disputada e a França comandou a vitória, tendo um bom aproveitamento de quadra, principalmente atrás da linha dos três pontos, com 52% de aproveitamento contra apenas 28% da Sérvia. Dessa forma, as francesas definiram o placar e subiram no pódio nessas Olimpíadas.


Gabby Williams foi o destaque com 17 pontos, mas o que fez a equipe vencer foi a grande atuação de todo o time, sendo que 7 jogadoras fizeram duplos dígitos de pontuação. Pela Sérvia, Yvonne Anderson se destacou novamente com 24 pontos, sendo a cestinha do jogo.

(Instagram: @fiba)


A França conquistou o pódio nas suas modalidades do basquete, feminino e masculino. Sendo que os homens ficaram com a prata e as mulheres ficaram com o bronze.


Com o final da competição, o pódio no basquete feminino ficou assim:


Ouro: Estados Unidos

Prata: Japão

Bronze: França


A dinastia norte-americana prevalece nas Olimpíadas, ainda longe de acabar.

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page