google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

'Lei do Ex' aparece e Bragantino vence o Santos no Nabizão pelo Paulista

Braga não se intimida com o Peixe e sua grande campanha no campeonato, e impõe terceira derrota ao alvinegro praiano no estadual.



Red Bull Bragantino e Santos se enfrentaram neste domingo (3), em Bragança Paulista, pela 10º rodada do Paulistão, e os mandantes levaram a melhor com o placar mínimo, se isolando ainda mais na liderança de seu grupo. Já o Santos, perdeu a oportunidade de garantir a melhor campanha do campeonato na classificação geral, porém, segue líder sem poder mais ser alcançado pela Portuguesa, sua adversária nas quartas de final.


Confira agora um resumo do confronto transmitido pelo Dimensão Esportiva e disputado no Nabi Abi Chedid, o Nabizão, na noite de ontem.


Primeiro tempo:


Logo no começo da partida, os donos da casa partem para em cima do Peixe, e Lincoln rola para Gustavinho que bate para defesa de João Paulo no primeiro minuto. Aos sete, Morelos tenta responder para o Santos mas acaba furando o chute depois de boa jogada de Pedrinho. O próprio atacante tenta, cinco minutos depois, outra jogada em velocidade, mas Guilherme é bloqueado na hora do chute.


E a famosa "Lei do Ex" dá as caras em Bragança Paulista. Eduardo Sasha, que minutos antes tinha chutado com pouca força para o gol santista, recebe ótimo passe de Helinho, sai cara a cara com João Paulo e toca no meio das pernas do goleiro. 1 a 0 Bragantino aos 22 minutos. Chegamos à metade da primeira etapa com o time da casa na frente do placar.


Embora o Braga esteja mais presente no campo de ataque, o visitante praiano tenta dar umas boas estocadas, principalmente em velocidade. Pituca, aos 28, carrega pela esquerda e chuta, mas erra o gol do adversário. Em outra oportunidade, Pedrinho pega sobra de escanteio e também manda por cima. É o Santos na busca pelo empate.


Dez minutos após chutar por cima, em lance similar, Pedrinho tem a última chance do Peixe no primeiro período, mas também chuta por cima do gol de Cleiton. O Braga, que fez boa pressão nos minutos finais, leva a vantagem de 1 a 0 para o intervalo do jogo.


Segundo tempo:


A tônica da etapa final começa tal qual a primeira: o Bragantino como protagonista inicial. Mas desta vez, de uma forma bem negativa. Luan Cândido acerta cotovelada em Patati e é expulso logo aos cinco minutos.


Com a pressão eminente do Santos, o Braga faz algumas substituições de contenção, mas as estocadas do Peixe ficam cada vez mais constantes. Felipe Jonatan consegue ótimo chute aos 10 minutos e Cleiton faz ótima defesa. Em resposta, Thiago Borbas toca por cobertura e a bola passa perto da trave santista.


Chegada a metade da segunda etapa, o Santos permanece em cima tentando chances de ataque mas nada muito claro que assuste o goleiro do Bragantino. Alguns cruzamentos e jogadas individuais sem efeito são presentes até então.


A partida segue com os visitantes tentando entrar na área do Red Bull Bragantino, mas os mandantes seguem bem postados mesmo com um jogador a menos. A prova é a dificuldade de finalização da equipe santista até então.


Em duas chegadas aos 41 minutos, João Schmidt e Julio Furch arriscaram para a equipe santista, mas as oportunidades acabaram nas mãos de Cleiton e na arquibancada, respectivamente. Cinco minutos depois, um milagre do goleiro do Braga. Cara a cara com João Schmidt, ele faz a defesa na pequena área mandando para escanteio.


Aos 48, mais um expulso dos donos da casa. Thiago Borbas faz falta dura e leva o segundo amarelo. Os mandantes ficam com dois a menos nos acréscimos da partida mas, para a alegria do estádio Nabi Abi Chedid, o jogo termina em 1 a 0 para o Massa Bruta.



Destaques individuais:


Eduardo Sasha: fez o único gol da partida e criou bem no ataque do Braga;

João Schmidt: controlou bem o meio campo do Peixe com boa retenção de bola;

Luan Cândido: agressão desnecessária e expulsão infantil, prejudicando seu time;

Cleiton: segurou bem atrás, mas fez muita cera e tomou cartão à toa.



Próximos confrontos:


Na próxima quarta-feira (6), o Red Bull Bragantino enfrenta o Botafogo pela pré-Libertadores, às 21h30, fora de casa. Já o Santos, que tem a semana livre, só volta à campo no domingo (10) pela última rodada do Paulista, contra a Inter de Limeira em casa às 16h.

4 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page