google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Inter Miami é a nova casa de Lionel Messi


O Inter fez o anúncio após muitos rumores para onde o craque argentino iria - incluindo os clubes Árabes e a volta para o Barcelona. Foto: Alfredo ESTRELLA / AFP


Desde o início da semana, veículos dos Estados Unidos e Europa já cravaram a ida do atacante, de 35 anos, para o Inter Miami, após ele anunciar que estava deixando o PSG.


Messi realizou sua última partida contra o Clermont, no último sábado (03), pela 38° rodada do Campeonato Francês, a Ligue 1 - fechamento também da temporada 2022/23. O clima já era de despedida, após duas temporadas, entre os companheiros de clube e a torcida.

Lionel deixa o PSG após conquistar dois campeonatos franceses e uma Supercopa da França. Em meio a isso, ainda foi campeão do mundo com a Argentina, em 2022.


Para o anúncio, a Inter Miami publicou o vídeo do anúncio, em suas redes sociais, trazendo recordes de diversas notícias de portais pelo mundo afora, que falavam de outro destino ou duvidavam da ida do jogador para o EUA.


A MSL (Major Soccer League) publicou na Twitter, que ainda faltam alguns ajustes no acordo de Messi, mas já comemora a chegada de um dos melhores jogadores de todos os tempos na liga. De acordo com jornalistas locais, o jogador teria escolhido o Inter, uma vez que poderia ter uma parcela da sociedade do clube quando se aposentasse. Diferente do que aconteceu com um dos donos do Miami, o ex-jogador David Beckham - que chegou ao LA Galaxy, em 2007, com a opção de comprar uma franquia americana com desconto.


POR QUE NÃO O BARCELONA OU CLUBES ÁRABES?


Em entrevista ao Mundo Desportivo, Messi alegou que a escolha dele iria muito além de dinheiro. O Al-Hilal, da Arábia Saudita, ofereceu cerca de 2 bilhões de reais, ao ano, mas foi recusado pelo atleta.


"Se fosse uma questão de dinheiro, eu teria ido para a Arábia Saudita ou outro lugar. Parecia-me muito dinheiro e a verdade é que a minha decisão foi pelo outro lado e não pelo dinheiro".

Já a ida para o Barcelona, que Messi não descartou, foi impedida pelos problemas financeiros e aprovações de orçamento por parte da La Liga. A receita vai diminuir já com a reforma do Camp Nou, com previsão de reabertura apenas em novembro de 2024, com isso o clube perde na folha de bilheteria anual cerca de 500 milhões de reais. Ganha na saída de Busquets e Jordi Alba, mas não suficiente para arcar com o que ele estava pedindo.


Messi tem uma casa luxuosa, em Miami, local em que passou as férias, em 2021, após a conquista da Copa América, pela Argentina sobre o Brasil. O título de ser a maior contratacao da história da liga também compromete e pesa a decisão do jogador.


POSSÍVEIS SALÁRIO E PATROCÍNIOS


O contrato assinado com o Inter Miami gira em torno de 60 milhões de euros anuais (cerca de 315 milhões de reais - cotação atual). Além disso, Lionel pode ter grandes participações de lucro no IM como: da plataforma de streaming, Apple, com os novos inscritos que assinariam para acompanhar a liga; o percentual de lucro da Adidas - patrocinadora do jogador e dos materiais fornecidos para o Inter; além da porcentagem do clube.


SOBRE O INTER MIAMI


O clube foi criado em 2018, portanto é novo perto de outros da própria MSL, mas já conquistou grande espaço - mediante ao aspecto financeiro e de influência. Na competição, o time é o lanterna da conferência Leste, com apenas 15 pontos. Em 16 jogos, o time já trocou de técnico duas vezes: Phil Neville, ex-jogador Manchester United, foi demitido e atualmente o argentino Javier Morales comanda a equipe.

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page