google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Indy: GP de Laguna Seca encerra a temporada caótica dentro da pista


Foto: formulaindy/Instagram.

A temporada da Fórmula Indy chegou ao fim, e a ultima etapa em Laguna Seca marcou mais uma vez o caos protagonizado dentro da pista.


A última etapa teve diversos destaques dentro da pista, o brilho do saudosista Hexacampeão do torneio, Scott Dixon venceu mesmo após ter recebido uma punição no início da corrida por ter batido no holandês Rinus Veekay, da Ed Carpenter, mas o Hexacampeão não se abateu e conseguiu ir escalando o batalhão até conquistar a vitória sobre o compatriota Scott Mclaughlin, da Penske e do atual campeão Alex Palou.


Mas alguns incidentes acabaram atrapalhando a corrida, o Sueco Felix Rosenqvist, se envolveu em um incidente com o compatriota Marcus Ericsson, o que acabou influenciando no desempenho de Palou que terminou a corrida na terceira posição.


A corrida contou com a despedida de Helio Castroneves, o brasileiro da Meyer Shark, terminou em 13° lugar mesmo com os incidentes com o Norte-Americano Colton Herta, da Andretti e Benjamim Pedersen da AJ Foyt.


Com isso, a temporada fechou com Alex Palou fazendo 656 pontos, seguido de Scott Dixon com 578 e Mclaughlin com 488 pontos, Pato O'ward (484 pontos), Joseph Newgarden (479 pontos) fecham o top-5, na sequência, Marcus Ericsson (438 pontos), Will Power (425 pontos), Lundgaard (390 pontos), Rossi (375 pontos) e Colton Herta (356 pontos) fecham o top-10, Helio Castroneves terminou na 18ª posição com 217 pontos conquistados.

7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page