google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Holanda e Inglaterra goleiam, EUA empata e Dinamarca vence bem: A última madrugada na Copa Feminina


Foto: Reprodução/Twitter FIFA Women's World Cup.

A Holanda venceu o Vietnã por 7 a 0, na madrugada desta terça-feira (1) no Estádio de Dunedin, na Nova Zelândia, na maior goleada da atual edição da Copa do Mundo de futebol feminino. Com este triunfo a equipe holandesa se classificou para as oitavas de final da competição como primeira colocada do Grupo E com 7 pontos.


A vitória das europeias começou a ser construída aos 11 minutos do primeiro tempo, quando Snoeijs lançou Martens, que matou no peito e bateu por cobertura para marcar um golaço. Três minutos depois Snoeijs deixou o seu, com um chute colocado da entrada da área.


Mas a Holanda não se acomodou com a vantagem e ampliou com outro golaço. Esmee Brugts acertou um chute de curva da intermediária aos 18. Cinco minutos depois Janssen avançou com liberdade pela esquerda e cruzou na medida para Jill Roord apenas escorar. Um pouco antes do intervalo as holandesas chegaram ao quinto com Van de Donk, que aproveitou rebote aos 44.


Na segunda etapa a equipe laranja diminuiu o ritmo e chegou ao sexto, com outro golaço de Esmee Brugts aos 9, e aos 37 Jill Roord deu números finais ao placar. Esta goleada foi o último ato do Vietnã na competição, que terminou a primeira fase do Mundial na última posição do grupo sem ponto algum.



Estadunidenses se classificaram com empate no Grupo E

Foto: Reprodução/Twitter FIFA Women's World Cup.

A outra seleção classificada no Grupo E foi a dos Estados Unidos, que ficou apenas no 0 a 0 com Portugal no Eden Park, na Nova Zelândia. Este resultado levou as norte-americanas aos 5 pontos, enquanto as portuguesas chegaram aos 4.


Agora, tanto a Holanda como os Estados Unidos aguardam a definição dos classificados do Grupo G (formado por Suécia, Itália, Argentina e África do Sul) para conhecerem seus adversários das oitavas de final.



Inglaterra faz 6 a 1 na China e avança invicta às oitavas

Foto: Divulgação/Twitter Lionesses.

Campeã europeia e cotada como uma das principais candidatas ao título da Copa do Mundo Feminina de Futebol, a Inglaterra - após duas vitórias pelo placar mínimo - ainda não havia mostrado o futebol que lhe deu tal status. Nesta terça (1), em Adelaide (Austrália), a equipe enfim conseguiu isso. Goleou a China por 6 a 1, garantiu o primeiro lugar do grupo D e fechou a fase de grupo com 100% de aproveitamento. Agora, a Inglaterra enfrenta a Nigéria, na segunda (7), em Brisbane, pelas oitavas de final. Antes de a bola rolar, ambas as equipes tinham chance tanto de avançar quanto de serem eliminadas da competição. No entanto, com apenas quatro minutos de jogo, a Inglaterra começou a mostrar que estava determinada a não deixar dúvidas sobre a classificação. Após jogada trabalhada pela esquerda, Alessia Russo bateu rasteiro, no canto direito de Yu Zhu, para abrir o placar.

Muito à vontade em campo, a Inglaterra não teve dificuldades para empilhar gols. Aos 26, Hemp foi lançada na cara do gol e tocou na saída da goleira para ampliar. Aos 41, Lauren James completou jogada ensaiada com um chute de primeira para marcar o terceiro. A própria James chegou a marcar mais uma vez no primeiro tempo, mas o gol foi anulado por impedimento.

No segundo tempo, a China ensaiou uma reação ao marcar com Shuang Wang, convertendo pênalti após toque de mão de Lucy Bronze dentro da área. No entanto, o que se viu na sequência foi mais domínio inglês.

Aos 20 minutos, Lauren James fez outro belo gol completando de primeira um passe aéreo que recebeu, pelo lado esquerdo. Aos 32, Yu Zhu saiu do gol de forma desastrosa, perdeu o tempo de bola e deixou Chloe Kelly completamente à vontade para marcar com a meta escancarada. E aos 39, Rachel Daly fez o último gol completando na pequena área.


Dinamarca bate Haiti e também avança

Foto: Reprodução/Twitter FIFA Women's World Cup.

Em Perth (Austrália), o cenário era o mesmo que em Adelaide. Dinamarca e Haiti entraram em campo com o futuro indefinido. O triunfo das europeias por 2 a 0 acabou por confirmar a classificação do país às oitavas. O próximo duelo será diante da Austrália, dona da casa, na segunda (7), em Sydney. Assim como a Inglaterra, a Dinamarca começou em cima das adversárias. Simone Boye chegou a marcar logo aos três minutos, mas estava impedida. Aos 20, a bola tocou no braço de Dayana Pierre-Louis dentro da área e a arbitragem marcou pênalti. Pernille Harder cobrou e marcou.

Precisando virar o placar para se classificar, o Haiti tentou imprimir uma pressão e criou chances. Porém, a Dinamarca sempre esteve mais próxima do segundo gol. No segundo tempo, Harder chegou a marcar o segundo dela, mas a Dinamarca novamente teve um gol anulado após marcação de falta na goleira Kerly Theus na origem da jogada.

A equipe só respirou mais aliviada aos 55 minutos, quando Troelsgaard foi lançada pela direita em contra-ataque e chutou cruzado para marcar o segundo.



Com informações da Agência Brasil





2 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page