google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Giro NFL #15 - Enquanto Dallas faz grande renovação com RT, Chris Jones e Chiefs não chegam a acordo

Esta é a décima quinta e última edição do Giro NFL no Dimensão Esportiva antes da temporada começar. Uma coluna semanal (toda segunda-feira) que traz as principais notícias do fim de semana no mundo da NFL. Hoje falaremos sobre a renovação dos Cowboys com Terence Steele, a dificuldade de Chris Jones e Chiefs de chegar a um acordo e os planos dos Lions com o running back Jahmyr Gibbs.


Chris Jones
Imagem: Reprodução/CBS Sports

Cowboys realizam renovação grande com Terence Steele

O Dallas Cowboys está empenhado em renovações para não perder a base do elenco que construiu para as próximas temporadas. O right tackle Terence Steele renovou com a equipe por mais 5 anos no valor de 86.8 milhões de dólares, sendo 50 milhões garantidos.


Steele é um jogador não-draftado da classe de 2020 que ganhou a titularidade em Dallas e hoje é peça indispensável. Em três temporadas, ele foi titular em 40 partidas e até recebeu um passe para touchdown em 2021.


Jerry Jones liberou os cofres e está assinando renovações com muitos jogadores, Trevon Diggs (5 anos, 97M), Malik Hooker (3 anos, 24M) e Zack Martin (2 anos, 36M inteiramente garantidos). Só em dinheiro garantido somado a estes 4 jogadores, os Cowboys pagarão aproximadamente 144,8 milhões de dólares. O “Uncle Jerry” não está para brincadeira!


Chiefs e Chris Jones longe de acordo

Enquanto os Cowboys renovam com Deus e todo mundo, os Chiefs, por outro lado, sofrem para chegar a um acordo com o defensive tackle Chris Jones.


Em uma espécie de greve por renovação, Chris Jones se ausentou em grande parte da offseason e declarou que pretende ficar fora de campo até a semana 8. Esta é a última temporada prevista em seu contrato atual com Kansas City, tendo um salário base de 19,5 milhões de dólares. Caso ele realmente se afaste por 8 jogos, isso pode causá-lo um prejuízo em torno de um milhão de dólares por semana em multas. Ele já foi multado em 2 milhões por faltar aos treinos e deixou de ganhar 500 mil dólares em bônus.


A exigência de Chris Jones é de um contrato que fique atrás apenas de Aaron Donald (o maior contrato de um DT em vigência na NFL), que possui uma média anual na casa dos 31 milhões de dólares. Os Chiefs lhe ofereceram um acordo “de segundo nível”, que o faria um dos mais bem pagos da posição, mas não necessariamente o segundo.

Uma situação muito delicada para a equipe, mas que Chris Jones está pesando a mão nas exigências e não parece querer facilitar em nada a negociação.

Jahmyr Gibbs
Imagem: Reprodução/NBC Sports

Ben Johnson e seus planos para Jahmyr Gibbs

Jahmyr Gibbs é o tal running back de ouro dos Lions escolhido na pick 12 deste draft. Os analistas que defendem a escolha, dizem que é um jogador muito versátil, podendo variar entre running back e wide receiver. Uma história bem mal contada que não justifica a escolha, ao meu ver.


Pois bem, neste sábado (02), o coordenador ofensivo do Detroit Lions, Ben Johnson, veio a público dizer sobre a utilização de Gibbs. Ele falou:

“Talvez usemos Gibbs de maneiras que as pessoas não têm ideia”

Sinceramente, não sei se isso é bom ou ruim. Não sei se ele também está no grupo das pessoas que não fazem ideia e isso tudo é um blefe. O fato é: foi uma escolha esquisita e difícil de justificar. Vamos ver o que Ben Johnson vai tirar da cartola com o seu queridinho Jahmyr Gibbs.



*As opiniões aqui emitidas são de total responsabilidade de seus autores e não necessariamente refletem a opinião do Dimensão Esportiva.


5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page