google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Giro NBA #08 – Pós-Copa NBA, Haliburton novo astro, Thunder fora de Oklahoma, NBA na história e mais

Esta Edição do Giro NBA foi realizado em conjunto por Daniel Lopes e Pedro Julião.


Bem-vindos a oitava edição do Giro NBA no Dimensão Esportiva. Uma coluna semanal que traz as principais notícias da semana no mundo do basquete americano. Nessa edição vamos trazer o pós da In-Season Tournament, a ascenção de Tyrese Haliburton, a possível saída do Thunder de Oklahoma, recordes da NBA e mais.


PÓS-COPA NBA


A Copa da NBA (NBA In-Season Tournament) chegou ao fim no último sábado, em uma final eletrizante entre Los Angeles Lakers e Indiana Pacers, vencida pela equipe do Lakers por 123x109, o que os consagrou como primeiros vencedores da história do torneio (vale ressaltar que a diretoria da franquia já garantiu que terá um banner com um formato diferente do padrão de titulos da NBA para essa conquista erguido na Crypto Arena).


Com a vitória do Los Angeles Lakers e tendo o Lebron James como MVP da Copa, será quee futuramente o troféu carregará o nome do seu primeiro vencedor, Lebron James?

Qual sua opinião, torcedor?

 

Aqui estão os prêmios individuais da Copa da NBA:


• MVP da Copa: LeBron James

• MVP da Final: Anthony Davis

• Time do torneio: Tyrese Haliburton; LeBron James; Kevin Durant; Giannis Antetokounmpo; Anthony Davis.




THUNDER FORA DE OKLAHOMA?

 

O futuro do Oklahoma City Thunder está, mais uma vez, em risco. A franquia, originada do Seattle Sounders pode se mudar novamente de local, isso porque hoje será feita na cidade de Oklahoma City um plebiscito que decidirá a permanência do Thunder na cidade. Esse plebiscito vai acontecer pois os donos da equipe pretendem construir uma nova arena, estimada em 900 milhões de dólares.

Porém, 95% dessa verba viria da população de Oklahoma, com apenas 5% sendo responsabilidade da franquia. A votação é para que seja decidido se o povo aceita o aumento de impostos para a construção da nova arena (e fique com a equipe por mais 25 anos), ou se o Thunder irá buscar novos ares para ser seu lar.


NBA NA HISTÓRIA


Exatamente 40 anos atrás em 13 de dezembro de 1983, Detroit Pistons e Denver Nuggets se enfrentaram em quadra para mais um jogo de NBA, o que poucos imaginavam era que esse duelo seria marcado na história.

Os dois times tinham os melhores ataques daquela temporada 1983-1984, a partida detém o recorde até hoje de partida com mais pontos marcados. Os Pistons bateram o Nuggets por 186 a 184, os 370 pontos foram marcados ao longo de três prorrogações.

Ao todo doze jogadores chegaram à casa dos dois dígitos, destaque dos Nuggets foi para o ala-armador Kiki Vandeweghe com 51 pontos, 8 assistências e 9 rebotes e o ala Alex English que anotou 47 pontos, 7 assistências e 12 rebotes. Já pelos Pistons, o lendário armador Isiah Thomas com 47 pontos, 17 assistências e 5 rebotes e o ala-armador John Long com 41 pontos, 8 assistências e 6 rebotes.

Dado curioso foi o número de lances livres, foram cobrados ao todo 117 lances livres, Pistons com aproveitamento de 37-60 e os Nuggets com 47-57.




HALIBURTON: O NOVO ASTRO DA NBA!


Draftado na classe de 2020 pelo Sacramento Kings, o armador Tyrese Haliburton teve as primeiras duas temporadas discretas não ultrapassando a média de 15 pontos por jogo. Na sua terceira temporada como atleta da NBA foi envolvido em uma troca com o Indiana Pacers, a troca envolveu alguns atletas em especial o 2x All-Star Domantas Sabonis que foi reforçar o Sacramento.




Na sua primeira temporada com a camisa do Pacers, o armador teve médias de 17.5 pontos, 9.6 assistências e 4.3 rebotes, já na temporada 2022-2023 teve maior destaque com médias de 20.7 pontos e 10.4 assistências.

Até o momento são 19 jogos nessa temporada e não é muito difícil de cravar que tem sido a melhor da carreira de Tyrese Haliburton, com médias de 26.3 pontos, 12.3 assistências e 4.2 rebotes.

Durante a Copa NBA teve destaque diversas vezes e chegou a ser divulgado em um ranking da NBA como o possível MVP da Copa, porém com a derrota na final para o Lakers acabou perdendo o título de jogador mais valioso do torneio para Lebron James.


*As opiniões aqui emitidas são de total responsabilidade de seus autores e não necessariamente refletem a opinião do Dimensão Esportiva.

18 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page