google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Giro na NBA #09 – Game Winner de Gui Santos, confusão de Giannis x Pacers, Jogadores da Semana, NBA na História e mais.

Esta Edição do Giro NBA foi realizado em conjunto por Daniel Lopes e Pedro Julião.


Bem-vindos a nona edição do Giro NBA no Dimensão Esportiva. Uma coluna semanal que traz as principais notícias da semana no mundo do basquete americano. Nessa edição vamos trazer o game winner de Gui Santos na G-League,  a confusão de Giannis pela bola do jogo contra o Indiana Pacers, os Jogadores da Semana da Liga, alguns fatos históricos da NBA e mais.



GUI SANTOS DECISIVO


Foto: Juan Ocampo / AFP


Gui Santos, a maior promessa do basquetebol brasileiro e único representante nacional no país do basquetebol, decidiu mais uma vez pro seu time. O armador, que tem contrato two-way, disputa a G-League pelo Santa Cruz Warriors, representante do Golden State Warriors na maior liga de desenvolvimento do país. Na última rodada, contra a equipe do Stockton Kings, vencido na prorrogação. O brasileiro terminou o jogo com 15 pontos, 5 rebotes e 5 assistências.



GREGO QUEBRANDO RECORDES

Em sua 10º temporada na NBA parece que não existe um limite para o grego 2,11 metros e 110 kg, o ala-pivô Giannis Antetokounmpo já tem números expressivos na sua carreira, conquistas como o título da NBA, MVP e MVP das Finais além de premiações como All Star e jogador do mês. Porém na última semana, Giannis quebrou mais um recorde e entrou para um seleto grupo de superestrelas.

Começando na última quarta-feira (13), em duelo contra o Indiana Pacers que terminou com a vitória do Milwaukee Bucks por 140 a 126, Antetokounmpo bateu o seu career-high (maior número de pontos em um jogo), com 64 pontos além de 14 rebotes e 3 assistências. Fato curioso foi que ao término do jogo é de praste que o jogador que chega a uma marca importante leva a bola do jogo embora, a confusão começou quando ao final da partida um dos membros da equipe técnica dos Pacers teria pego a bola do jogo e levado ao vestiário para presentear o novato Oscar Tshiebwe que marcou seus primeiros pontos da carreira na liga. Ao perceber a situação, Giannis saiu correndo em direção ao vestiário dos Pacers para recuperar a bola do seu career-high.

No fim das contas, Giannis conseguiu a bola que coroa a sua atuação de gala.

Foto: AP

Fez história na quarta-feira e repetiu no domingo (17), em mais uma vitória dos Bucks agora contra o Houston Rockets por 128 a 119, Giannis Antetokounmpo pegou 17 rebotes na partida e se tornou o maior reboteiro da história da franquia do Milwaukee Bucks na NBA com 7.165, antes o recorde era da lenda Kareem Abdul-Jabbar com 7.161.

Agora o grego é o líder da franquia em pontos, rebotes e assistências, entrando para um grupo seleto grupo com Michael Jordan pelo Chicago Bulls, LeBron James no Cleveland Cavaliers e Kevin Garnett na sua passagem pelo Minnesota Timberwolves.

Fato curioso é que faltam menos de 200 roubos de bola para Giannis ser o número 1 da franquia, na frente estão: Quinn Buckner com 1.042, Paul Pressey – 894 e Sidney Moncrief com 874.



JOGADORES DA SEMANA NA NBA:

Foto: NBA.com


JOGADORES DA SEMANA 8

 

OESTE

Na Conferência Oeste, o jogador da semana 8 foi o ala-armador esloveno Luka Doncic, Doncic liderou o Dallas Mavericks nessa semana com histórico de 3 vitórias e 1 derrota com médias de 36.8 pontos, 8 rebotes e 11.5 assistências por jogo.

É o décimo prêmio de jogador da semana para Luka Doncic.

 

LESTE

Pela Conferência Leste, o jogador da semana 8 foi o ala-pivô grego Giannis Antetokounmpo, que ajudou o Milwaukee Bucks nessa semana com a campanha invicta de 4 jogos e 4 vitórias com médias de 36 pontos, 12.8 rebotes e 4.5 assistências por jogo.

Giannis chegou ao seu 22º prêmio de jogador da semana.



NBA NA HISTÓRIA:


21 anos atrás, em 18 de dezembro de 2002, o Comitê de Expansão da NBA decidiu a realocação de uma franquia em New Orleans, na Louisiana, com a equipe do Charlotte Hornets se mudando para a cidade (A princípio, a equipe manteve o nome original. Apenas em 2013, foi alterado para New Orleans Pelicans). Com isso, outra franquia foi criada em Charlotte, a ser operada por Robert L. Johnson. A franquia começou como Charlotte Bobcats, e, em 2013, teve seu nome alterado para o original Charlotte Hornets pelo seu antigo proprietário, Michael Jordan.

Foto: Henry Ray Abrams/AFP


6 anos depois, em 18 de dezembro de 2008, outro fato marcou a NBA: Brandon Roy, recém-eleito Novato do Ano, marcou seu career-high em uma épica vitória na prorrogação por 124-119 contra o Phoenix Suns. O armador dos Blazers terminou esse jogo com 52 pontos, 6 assistências e 5 rebotes, tendo 52% de aproveitamento.


Foto: Sam Forencich/NBAE



*As opiniões aqui emitidas são de total responsabilidade de seus autores e não necessariamente refletem a opinião do Dimensão Esportiva.


5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page