google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Gigantes pela pela própria natureza


Fotos: Vitor Silva/Botafogo, Bruno Haddad/Cruzeiro e Rafael Ribeiro/Vasco


Esse texto é para aqueles que acreditam que o tamanho de uma instituição está apenas no presente.

Esse texto está sendo feito também porque, eu preciso expressar meu profundo pesar com a situação de Cruzeiro, Vasco e Botafogo.


Com todo respeito que tenho por outros clubes de muita história na série B. Mas eu preciso falar desses três especificamente. Por mérito do acaso e do contexto da história, eles hoje são patrimônios do futebol brasileiro, inquestionáveis e que o fim delas será uma derrota inestimável não só para seus torcedores, mas para todo o futebol brasileiro.


Botafogo


Um clube no Brasil que ajudou a construir a seleção pentacampeã e não foi pouco.



A história é injusta com um clube que deveria ser muito mais campeão do que é, mas que é grande por si só.


Didi, Zagalo e Garrincha, dentro outros diversos craques como Túlio Maravilha campeão brasileiro de 95, o Glorioso ostenta sua grandeza assim como seu país.


Cruzeiro


Se não fosse um esquadrão Mineiro em 66, o Santos de um tal de Pelé seria hexa campeão brasileiro seguidamente.


Um time que, tinha um craque chamado Tostão e que ganhou os dois jogos da finalíssima, inclusive goleando o peixe no gigante da Pampulha o famosa estádio Mineirão!



Além de talvez, ter sido até hoje a melhor equipe num brasileiro de pontos corridos em 2003, Alex que o diga. Até hoje nenhum jogador ganhou um brasileiro dos pontos corridos sendo tão decisivo.


Não podemos esquecer, o ''cabuloso''


é o maior campeão da copa do Brasil com 6 conquistas e é bi campeão da libertadores e tetra campeão brasileiro. Somando aí 10 conquistas nacionais. Mais que São Paulo por exemplo.


Vasco da Gama


O Gigante da colina! Um clube plural, nacional, do Brasil inteiro!


Se vc formar uma linha com os 11 melhores da história do seu time, provavelmente vc perderia pro Vasco de 97.


Um time que, desde de sempre faz história e se constrói com suas próprias forças.


Para quem não sabe, São Januário, estádio do VASCÃO, foi erguido com ajuda de sua torcida.


O primeiro clube no país a aceitar negros no esporte.


Enquanto outros no Rio pintavam o rosto dos negros com o pó de arroz para embranquecerem seus atletas.


O primeiro título de um time brasileiro internacional. O torneiro sul-americano de 54. (vascaínos me corrijam aí se errei)


Campeão da América em 98, batendo gigantes até a finalíssima.


E para não esquecer, o melhor trio de ataque da história do Vasco,(na brincadeira que sugeri acima) teriam só: Romário, Roberto Dinamite e Edmundo. Com um meio campo que pode variar com Juninho Pernambuco, Pedrinho e Felipe. Brincadeira.


Chamar essas instituições de pequenas por um passado devastado por dirigentes incompetentes é esdrúxulo.


Outra coisa, se elas acabarem, milhões de pessoas que amam profundamente essas instituições serão devastados por culpa de terceiros gananciosos!


Não ignorarei o torcedor, nessa discussão, falar da devoção do brasileiro ao futebol é necessária!


No caso específico do Vasco e sua torcida, estamos falando de 4 vezes a população do Uruguai.


Um clube que além da história futebolista carrega um emblema pesado e de luta!


Não posso ignorar que o fim do Vasco me traria um “desgosto profundo” e me perdoem o trocadilho com o hino do rival, mas o Flamenguista que ama o futebol, deve ficar um pouco chateado em não poder mais DISPUTAR títulos com seus maiores rivais, até porque o futebol sempre foi isso, uma disputa.


Claro, a zoação é sempre válida, mas torcedor.


Isso tudo aí em cima, é o que sempre fez do Brasil, o país do futebol.


Nossos incontáveis grandes e gigantes espalhadas pelo país somados a nossa cultura futebolística enraizadas nas ruas, praças, campinhos, areia e salão, fazem de nós, o país do futebool.




Texto: @arturtrombetti_

32 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page