google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Furacão vence Inter e abre vantagem na final da Copa do Brasil

Paranaenses fazem 1x0 com Bruno Guimarães e jogarão por um empate no Beira-Rio



Divulgação: Athletico-PR


O Athletico-PR fez valer a força de sua torcida e saiu na frente na final da Copa do Brasil: vitória por 1x0 sobre o Internacional, com gol da joia Bruno Guimarães. O resultado faz o rubro-negro jogar por um empate no Beira-Rio. Para ser campeão, o colorado terá de vencer por 2 gols de diferença. Em caso de vitória do time gaúcho por um gol de diferença, a decisão irá para os pênaltis.


Em campo


O jogo começou equilibrado, mas pendendo um pouco para o lado rubro-negro. A equipe de Tiago Nunes ficou mais com a bola, trocou mais passes, se arriscou um pouco mais, pressionando o adversário. Apesar de ficar menos com a posse, a melhor chance da primeira etapa foi dos colorados, quando Uendel arriscou de longa distância e obrigou Santos a fazer uma boa defesa.

No segundo tempo, o Inter se arriscou um pouco mais, quase marcando num chute de Edenílson que contou com um desvio de Léo Pereira e passou pertinho da trave. Mas o Furacão foi empurrado pela sua torcida, que lotou a Arena da Baixada, e continuou a pressão. Aos 12 minutos, Marco Ruben tentou o passe, a bola foi desviada, e chegou no pé de Bruno Guimarães que mandou alta, sem chances para Marcelo Lomba. 1x0 para o time da casa.

Depois do gol, o jogo ficou mais agitado, tendo chances para os dois lados. Rony arrancou, e obrigou Lomba a fazer uma defesa fantástica. Santos teve que evitar o que seria um gol contra do capitão Wellington.

Perto do final, os dois times desaceleraram o ritmo, pareciam satisfeitos com o resultado. Final de partida, os paranaenses saíram na frente.



Foto: Ricardo Duarte/Internacional Vestiários Após o jogo, Nikão declarou que se o Furacão manter suas características, estará mais próximo da vitória: "Sabemos que quanto menos a gente sair das nossas características, mais próximos de vencer vamos estar. Na casa deles eles são fortes, mas temos nosso estilo, esperamos fazer um grande jogo. Hoje merecemos (vencer), fizemos por merecer dentro de campo" - afirmou Nikão ao SporTV.


Do lado derrotado, Paolo Guerrero lamentou o erro no gol rubro-negro, mas reforçou o poder dos gaúchos jogando em casa:


"Na saída de bola, erramos um passe e infelizmente levamos o gol. Mas vamos continuar trabalhando e corrigir os erros. Isso não pode acontecer. Tínhamos entrado no jogo bem no segundo tempo, criamos nossas chances. Infelizmente é difícil jogar aqui, a bola quica muito. É complicado esse campo, mas em casa a gente resolve" - declarou Guerrero.


Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Até lá...


Antes da volta, ambos jogam pelo Brasileirão na manhã de domingo: o Inter visita o Atlético-MG e o Athletico recebe o Avaí.

11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page