google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Franca está na final do Torneio Intercontinental de clubes de basquete

Brasileiros vencem por 98 a 89


Foto: Marcos Limonti.

Na madrugada deste sábado (23), no horário de Brasília, a equipe do Sesi Franca venceu o G-League Ignite, dos Estados Unidos, por 98 a 89 e, assim, garantiu classificação para a grande final do Torneio Intercontinental de clubes da Fiba - a federação internacional de basquete.

O adversário do time brasileiro na decisão será o Telekom Baskets Bonn, da Alemanha. O campeão da competição - disputada em Singapura - será conhecido neste domingo, às 8h de Brasília, no ginásio Singapore Indoor Stadium.

Franca alcançou a decisão após vencer o grupo A, com duas vitórias em duas partidas. Na véspera, a equipe derrotou o Al-Ahly, do Egito, por 90 a 70. Neste sábado, encarou um time integrado essencialmente por jovens em formação.

O G-League Ignite disputa a G-League, a liga de desenvolvimento da NBA, focada em dar oportunidades a jogadores que fazem parte de elencos da maior liga do mundo, mas não têm tempo de quadra ou que querem chamar a atenção de algum time para ganhar uma oportunidade.

O Ignite, no entanto, tem uma proposta de trabalhar majoritariamente com jovens que ainda não têm idade para entrar na liga. Seu elenco é formado por muitos atletas de 19 anos ou menos vistos como potenciais estrelas da NBA no futuro.

Jogo bem disputado

A equipe dos Estados Unidos deu trabalho para Franca, chegando a abrir vantagem no início do duelo e mantendo o jogo acirrado por três quartos. Os times foram para os dez minutos decisivos separados por apenas três pontos no placar (76 a 73 para a equipe brasileira).

No último quarto, Franca conseguiu emplacar uma sequência até fechar em 98 a 89. Quatro atletas contribuíram com 15 pontos ou mais: Jhonatan Luz (19 pontos e oito rebotes), Georginho (19 pontos e quatro assistências), Lucas Dias (18 pontos e três rebotes) e David Jackson (17 pontos, quatro rebotes e cinco assistências).

O Intercontinental no momento é o único torneio que reúne clubes de basquete ao redor do planeta, tendo status de Mundial mesmo sem ter, por exemplo, clubes das duas principais ligas do mundo, a NBA e a Euroliga.

O Telekom Baskets Bonn, que venceu o grupo B para alcançar a final com Franca, ganhou o direito de participar da competição da Fiba ao ser campeão da Champions League europeia, certame tido como o terceiro de maior importância dentro do continente.

Juntando todos os formatos que a competição já teve, Franca busca o quarto título de um clube brasileiro. Conseguindo, se tornaria a terceira equipe do país a vencer o Intercontinental, depois do Sírio (1979) e do Flamengo (campeão em 2014 e 2022).



Com informações da Agência Brasil

Comments


bottom of page