google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Fluminense empata, Inter e Furacão perdem: A #SuperTerçaDE na Libertadores!

Todas as partidas tiveram cobertura total do Dimensão Esportiva e hoje tem mais!

Foto: Marcelo Gonçalves/ Fluminense F.C.

O Fluminense arrancou um empate de 1 a 1 com o Argentinos Juniors (Argentina), na noite desta terça-feira (1) no estádio Diego Armando Maradona, pela ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Com este resultado a vaga fica com quem vencer na próxima terça (8) no estádio do Maracanã. Nova igualdade faz com que a vaga nas quartas seja definida na disputa de pênaltis. Apoiado por sua torcida, o Argentinos Juniors iniciou o confronto melhor e não demorou a abrir o placar. Aos 12 minutos do primeiro tempo Ávalos acertou um bonito voleio após receber a bola na área. Antes do intervalo a equipe argentina poderia ter ampliado sua vantagem, mas o goleiro Fábio brilhou para evitar novos gols.

O segundo tempo começou com o Fluminense mais incisivo, inclusive com o volante André acertando a trave aos 8 minutos. Dois minutos depois, Marcelo protagonizou um dos principais lances da partida. Após driblar dois adversários o lateral acabou pisando na perna do zagueiro Sanchez, provocando uma grave luxação no joelho do jogador argentino. A cena do momento da lesão chocou a quem assistia o jogo na televisão e viralizou nas redes sociais na mesma hora. Apesar de a entrada ter sido dada sem intenção, o atleta tricolor foi expulso e saiu de campo transtornado. Já o jogador do Argentino Juniors deixou o gramado de maca.


Nas redes sociais, após o jogo, Marcelo deixou uma mensagem a Sanchez e aos seus seguidores em espanhol: "Hoje tive que viver um momento muito difícil dentro de campo. Sem querer eu lesionei um companheiro de profissão. Desejo a melhor recuperação possível, @luciano.sanchez03. Toda a força do mundo! 💜🙏🏾" escreveu o lateral esquerdo.


Porém, mesmo com um homem a menos a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz continuou buscando a vitória. E a missão da equipe brasileira foi facilitada aos 30 minutos, quando o goleiro Martín Arias foi expulso após entrada dura no lateral Diogo Barbosa. A partir daí o Tricolor foi com tudo para o ataque e chegou ao empate graças a um belo gol do lateral Samuel Xavier aos 41 minutos.

Derrota no Monumental


Foto: Divulgação/Twitter S.C. Internacional.

Outra equipe brasileira a jogar na Argentina nesta terça foi o Internacional, que perdeu de 2 a 1 para o River Plate (Argentina) no Monumental de Núñez. O Colorado chegou a abrir o placar com o equatoriano Enner Valencia aos 46 minutos do primeiro tempo, mas os argentinos viraram o placar na etapa final graças a dois gols de Solari.

Revés na altitude de La Paz

O Athletico-PR foi outro brasileiro que perdeu fora de casa na ida das oitavas. O Furacão foi à altitude de La Paz e caiu por 3 a 1 diante do Bolívar (Bolívia). O volante Erick abriu o placar para o Furacão, mas a equipe da casa virou com gols de Ronnie Fernández (dois) e Bejarano.


Nesta quarta tem mais Libertadores no DE, Tem Nacional X Boca Juniors e Deportivo Pereira X Independiente Del Valle ás 20h45 e o clássico Palmeiras X Atlético-MG ás 21h no YouTube, Facebook, Twitter, Twitch e Trovo. Fique ligado na nossa Super Quarta!


Informações da Agência Brasil (com adaptações)

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page