google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Estados Unidos enfrenta o Japão na abertura da She Believes Cup 2024!

As atuais campeãs da Copa Ouro são anfitriãs da 9ª edição do torneio tradicional da pré-temporada do futebol feminino. A bola rola em Atlanta, às 13h30 (horário de Brasília), com transmissão do Dimensão Esportiva.


Brad Smith/ISI Photos/Getty Images


Depois de abrir o ano com a conquista da Copa Ouro da Concacaf, a Seleção Feminina dos Estados Unidos volta à ação no sábado, 6 de abril, enfrentando o Japão na partida de abertura da She Believes Cup 2024, apresentada pela Visa. Os EUA e o Japão se enfrentarão às 13h30, na primeira de duas partidas semifinais no Mercedes-Benz Stadium, em Atlanta. Quem vencer, enfrentará Brasil ou Canadá, a outra semifinal. O Dimensão Esportiva vai transmitir este jogo (maiores informações neste post).


RETROSPECTO:


O confronto de sábado em Atlanta será o 40º encontro de todos os tempos entre os Estados Unidos e o Japão e o quarto encontro da She Believes Cup entre as equipes, tornando-se o segundo confronto mais comum na história da competição, atrás apenas de EUA-Inglaterra (cinco encontros).


A disputa mais recente entre as duas seleções aconteceu em 19 de fevereiro, na She Believes Cup 2023. Os EUA venceram a partida, disputada no GEODIS Park, em Nashville, por 1 a 0, com um gol de Mallory Swanson aos 45 minutos. Swanson, que conquistou o título de MVP, marcou pouco antes do intervalo, ao rastrear uma bola jogada por cima por Alex Morgan e passar pela defesa para marcar o único gol do jogo.


COMO VÊM OS ESTADOS UNIDOS?


19 das 23 jogadoras deste elenco para a She Believes Cup de 2024 faziam parte do elenco dos Estados Unidos que venceu a Copa Ouro, derrotando o Brasil por 1 a 0 no dia 10 de março. A goleira Alyssa Naeher levou para casa a Luva de Ouro após três atuações estelares nas oitavas de final e a atacante Jaedyn Shaw, que tem apenas 19 anos de idade, foi premiada com a Bola de Ouro (melhor jogadora do torneio), liderando os EUA na artilharia com quatro gols.


As atacantes Mallory Swanson e Catarina Macario retornam ao elenco dos Estados Unidos para seus primeiros jogos, após longas ausências devido a lesões. Swanson, MVP da Visa She Believes Cup de 2023, jogou pela última vez pelos EUA em 8 de abril de 2023, antes de sofrer uma grave lesão no joelho que a manteve fora da disputa pela Copa do Mundo Feminina da FIFA de 2023. Macario, MVP da Visa She Believes Cup de 2022, jogou pela última vez pelos EUA em abril de 2022, antes de romper o ligamento cruzado anterior pouco depois de ajudar o Lyon a vencer a UEFA Champions League Feminina de 2021-22.


Completando a lista, estão duas jogadoras que atualmente atuam na Europa: Eva Gaetino, zagueira do Paris Saint-Germain, de 21 anos, e Lily Yohannes, meio-campista do Ajax, de 16 anos, ambas convocadas pela primeira vez para a seleção principal.


COMO VEM O JAPÃO?


O Japão entra no torneio classificado em 7º lugar no último ranking mundial feminino da FIFA e fará sua quarta participação de todos os tempos na She Believes Cup.


Em 2019, o Japão conquistou a She Believes Cup e terminou em terceiro lugar na disputa entre as seleções participantes (além de Inglaterra, Estados Unidos e Brasil). Japão e EUA empataram em 2 a 2 em Chester, Pensilvânia, na partida de abertura do torneio, seguido por uma vitória por 3 a 1 das japonesas sobre o Brasil no segundo dia de jogo. O Japão caiu para a eventual campeã Inglaterra por 3 a 0 no último dia em Tampa, Flórida.


O Japão terminou em quarto lugar na SheBelieves Cup 2020, jogando três partidas altamente competitivas, mas acabou sem vencer na sequência de três jogos contra Espanha (derrota por 3 a 1), Inglaterra (derrota por 1 a 0) e EUA (derrota por 3 a 1).


Após um hiato de dois anos, o Japão voltou à She Believes Cup em 2023 e terminou como vice-campeão atrás dos Estados Unidos. O Japão abriu o torneio com duas derrotas por 1 a 0 para Brasil e EUA, mas encerrou o torneio com uma vitória abrangente por 3 a 0 sobre o Canadá no terceiro e último dia de jogo.


PROVÁVEIS ESCALAÇÕES:


EUA: Alyssa Naeher, Emily Fox, Naomi Girma, Tierna Davidson e Jenna Nighswonger; Lindsey Horan, Samantha Coffey e Korbin Albert; Alex Morgan, Trinity Rodman e Jaedyn Shaw. Técnica: Twila Kilgore.


Japão: Ayaka Yamashita; Risa Shimizu, Moeka Minami, Rion Ishikawa, Hikaru Kitagawa; Saki Kumagai, Aoba Fujino, Yui Hasegawa, Fuka Nagano, Mami Ueno; Mina Tanaka. Técnico: Futushi Ikeda.


ARBITRAGEM:

*Até o fechamento deste post, não recebemos informações da equipe de arbitragem.


TRANSMISSÃO:

Dimensão das Minas


Início da transmissão: 13h00

Narração: Murilo Augusto.

Comentários: Alê Silva, Bruno Gabriel e Fernanda Ferreira.


OUTROS MEIOS:

Até o fechamento deste post, não recebemos informação de outros meios transmitindo a partida.

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page