google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Era uma vez um campeonato: Barcelona vence Real de virada no "El Clásico" pelo Espanhol

Em duelo do melhor ataque contra a melhor defesa da LaLiga, líder vence o rival em casa com gol no final do jogo


Foto: © Real Madrid

O Camp Nou recebeu neste domingo (19) mais um capítulo da imensa história construída no 'El Clásico' entre Barcelona e Real Madrid. No duelo, ambos se confrontaram diretamente pela liderança do Campeonato Espanhol com transmissão ao vivo do DE. E o Barça, com um heroísmo improvável do recém-chegado Kessié, venceu de virada o maior rival diante de 95 mil pessoas e abriu 12 pontos de vantagem na ponta da tabela da LaLiga.


O Real Madrid, vindo de uma classificação sem dificuldades contra o Liverpool pelas oitavas de final da UEFA Champions League, buscava reduzir a vantagem do time catalão na primeira colocação do nacional e sonhar com um possível 36º título espanhol, porém, viu seus planos naufragarem após vários gols perdidos pela equipe de Carlo Ancelotti ao longo do jogo fora de casa.


Numa partida de posse de bola equilibrada, com os dois times se revezando no controle do jogo entre o primeiro e o segundo tempo, os merengues começaram à frente do placar com gol contra de Ronald Araújo aos 9 minutos da etapa inicial, sem chances para o goleiro Ter Stegen salvar seu companheiro de time de um desvio de Vinícius Júnior..


Em um clássico cercado de faltas e escanteios, o Barcelona dominou sem muitas reações madrilenhas, empatando aos 45 minutos com Sergi Roberto, em chute à queima-roupa frente o goleiro Courtois.


Com 1 a 1 na primeira etapa, o Barcelona dominou no número de finalizações e escanteios, enquanto o Real conquistou um único tiro de canto nos minutos finais do clássico. Porém, os dois times seguiram num duelo lá e cá, buscando sempre o gol o qual decidiria o rumo que o campeonato tomaria a doze rodadas de seu final, e aos 37 minutos, Asensio - com assistência de Carvajal, em jogada iniciada com o brasileiro Rodrygo - marcou o segundo gol do Real, que foi anulado pelo VAR após ser verificada a posição irregular do camisa 11 merengue ao receber o passe do lateral-direito que entrou no lugar de Modric.


Também não faltaram cartões amarelos para os dois times, e com o empate prevalecendo até os acréscimos, o time do técnico Xavi, vitorioso nos últimos clássicos contra o Real, e comandando seu primeiro "El Clásico" a beira do gramado do Camp Nou, foi presenteado com a vitória aos 46, em gol do recém-chegado meia Kessié, recebendo assistência de Alejandro Balde.


O novo trunfo catalão deu à equipe mais três pontos de vantagem na dianteira da LaLiga, agora são 68 contra 56 do Real, e uma mão na taça do Campeonato Espanhol, consolidando o trabalho de Xavi à frente do time pelo qual jogou 17 anos, conquistou inúmeros títulos e assumiu como técnico em 2021. Prestes a ganhar o título nacional que não vem há 4 anos, o Barcelona volta à campo no primeiro sábado do próximo mês, fora de casa contra o Elche, e o Real volta no dia seguinte, domingo (2), contra o Real Valladolid no Santiago Bernabéu, em Madrid.


No dia 5, quarta-feira seguinte a estes jogos, o "El Clásico" terá um novo capítulo a ser disputado, agora pela Copa do Rei, no jogo de volta da semifinais, onde o Barça venceu por 1 a 0 e leva vantagem por novamente jogar diante de sua torcida.

14 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page