google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Em tarde de semifinal, Canadá vence Brasil nos pênaltis na SheBelieves Cup

Com Marta e Antônia errando as penalidades, o Canadá ganha por 4 a 2 nas penalidades máximas e vai a final da SheBelieves Cup enfrentar as campeãs da Copa Ouro, o Estados Unidos.



Neste sábado, o Canadá disputou a vaga da semifinal da competição SheBelieves Cup e venceu o Brasil por 4 a 2 nas penalidades. A partida teve início às 16h30 (horário de Brasília), em Atlanta, Georgia, nos Estados Unidos.


Na disputa de tempo normal, o Brasil conseguiu abrir o placar no primeiro tempo com a cobrança de pênalti de Tarciane, no entanto, ao segundo tempo, Vanessa Gilles cabeceou em um escanteio e empatou o placar.

 

Como foi o jogo:

O início da partida mostrou um Brasil muito dinâmico e com possibilidades de criações certeiras; os momentos de passe de bola e posse da Seleção Brasileira tomaram destaques e renderam algumas interferências das zagueiras canadenses.


Sem finalizações assertivas, o Canadá começou a estudar as possibilidades de infiltração e teve melhor desempenho. Com o lado direito do ataque canadense, as possibilidades de finalizações eram desempenhadas por Beckie, que muitas vezes colocou a jogadora brasileira, Antônia, em desvantagem e o gol de Tainá, no perigo.


No entanto, em um lance aos 22 minutos do primeiro tempo, o Brasil recebeu penalidade dentro da grande área, e com isso, Tarciane abriu o placar brasileiro.


Neste instante, o Brasil se aproveitou da vantagem e começou a atacar de inúmeras formas, recebendo faltas e parando nas defesas de Sheridan, goleira do Canadá. O desempenho da equipe mandante foi sendo vista intimidada, e isso levou a equipe de Arthur Elias começar a crescer no jogo. Portanto, os 3 minutos de acréscimos foram finalizados e deu início ao intervalo de jogo.


Com a volta em campo, o Canadá se mostrou mais centrado e utilizou muito das possibilidades de bolas aéreas, um dos pontos fracos do Brasil. As finalizações da equipe canadense se mostrou maior devido a este fator, e então, em um cruzamento do time, Vanessa Gilles cabeceou a bola para dentro do gol aos 33 minutos do segundo tempo e empatou o placar.


Algumas mudanças foram feitas em ambas equipes, mas o Canadá soube aproveitar melhor e conseguiu se destacar até o final da partida. Além de possibilidades de abrir o placar, haviam jogadoras recém substituídas com muita velocidade e intensidade.


Ao final de 5 minutos de acréscimos, as jogadoras se organizaram com ambos os técnicos para decisão de cobrança de penalidades.

 

Cobrança de penalidades máximas:

Brasil

Ganhou: Cristiane e Tarciane.

Perdeu: Marta e Antônia.

 

Canadá

Ganhou: Rose, Leon, Awujo e Grosso.

Perdeu: Lawrence.


Resultado final:

Com o placar de 4 a 2, o Canadá garante vaga na final contra o Estados Unidos na próxima terça-feira (9). Já o Brasil, no mesmo dia, disputa a terceira colocação com o Japão.

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page