google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Em noite de clássico, as Brabas mantêm invencibilidade no Brasileirão Feminino

Fora de casa, o Corinthians firma 5ª vitória do Brasileirão Feminino e tem dois gols vindo de Tamires.


Em partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro Feminino, as Sereias da Vila receberam as Brabas para duelo no estádio Urbano Caldeira, mais conhecido como Vila Belmiro. O confronto aconteceu às 20h30 (horário de Brasília) e foi transmitido pelos canais digitais do Dimensão Esportiva.


COMO FOI O JOGO


PRIMEIRO TEMPO

A equipe do Corinthians entrou em campo com uma formação mista devido a data FIFA, pois, muitas das jogadoras tiveram sua convocação e isso acabou resultando em mudanças na titularidade do jogo. No entanto, o Corinthians já sofria tentativa das donas de casa e defendia com tranquilidade, deixando as bolas nas mão de Mary Camilo, goleira das Brabas.


Logo aos três minutos de jogo, Carol Nogueira construiu uma jogada no meio de campo e deixou a bola na frente do gol para Vic Albuquerque, que não pensou duas vezes em finalizar e marcar. Vantagem para o líder Corinthians.


Mesmo com o placar positivo ao time adversário, as Sereias da Vila obtiveram contra-ataques velozes e muitas das vezes deixar a defesa do Corinthians de lado, infiltrando na zaga, tendo possibilidades de finalizar na grande área. Sendo assim, em uma dos erros defensivos da equipe das Brabas, Thaisinha conseguiu roubar a bola e entregou para Ketlen - a jogadora que estava à frente e conseguiu seguir com a jogada. Após driblar Mary Camilo, o gol do empate foi marcado para as donas de casa, e assim, o Santos ia empatando o clássico alvinegro.


Com algumas faltas, algumas jogadas de perigo e defesa de ambas as goleiras, a arbitragem responsável acrescentou mais 6 minutos na primeira etapa. Em um embate de meio de campo, as equipes deixaram o gramado para intervalo de jogo.


SEGUNDO TEMPO

Visto o embate e dificuldade da equipe das Brabas no clássico, o técnico Lucas Piccinato voltou com a mesma equipe para o segundo tempo, mas começou a preparação e aquecimento com jogadores titulares que estavam hoje no banco. Já Kleiton Lima, contratado novamente como técnico das Sereias da Vila, retornou com mesma equipe, mas com o esquema tático mais intensificado ao meio de campo, o que seria importante para que a equipe segurasse o placar, dando margem a uma virada de jogo.


A entrada de Jheniffer, Yasmim, Tamires, Vitória Yaya e Gabi Portilho, mudaram o que foi visto no primeiro tempo como dificuldade e, com isso, a intensidade das Brabas dobraram e foram vistas muitas tentativas de finalizações ao gol e criações de jogadas.


Em um cruzamento realizado por Vic Albuquerque aos 33 minutos da segunda etapa, a defesa do Santos desvia a bola que cai aos pés de Tamires, camisa 37 do Corinthians, que domina e chuta para o fundo das redes. Placar ampliado, 2 a 1 para as Brabas.


As Sereias da Vila ainda tentaram igualar o placar com Carol Baiana, mas Mary Camilo conseguiu defender com tranquilidade.


Ao fim do tempo, após acréscimo de 6 minutos da árbitra, Vitória Yaya encontra Gabi Portilho, cede passe a atacante que, encontra Tamires e coloca a bola nos pés da jogadora, dando a oportunidade para o segundo gol. Placar ampliado mais uma vez, 3 a 1 para as Brabas.


FIM DE JOGO

O cenário não é favorável ao Santos, já que a derrota deixa a equipe na 12ª colocação com 4 pontos, além dos momentos turbulentos acontecidos diante a contratação técnica da equipe e protestos realizados.


Em contrapartida, o Corinthians segue na liderança com 15 pontos e invencibilidade no campeonato. As Brabas seguem com saldo positivo de 12 gols.


Comments


bottom of page