google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Paulistão: Em noite chuvosa, Palmeiras vence o Massa Bruta no Nabizão!

Red Bull Bragantino e Palmeiras se enfrentaram na noite desta quarta (31), no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), pela 4ª rodada do Estadual.


O Massa Bruta foi a campo com sua equipe titular, visando conquistar a primeira vitória em casa na temporada e, o Verdão chegou para o duelo com o time praticamente reserva – com exceção do zagueiro Luan – para poupar titulares, em decorrência da final da Supercopa do Brasil no próximo domingo, contra o São Paulo, no Mineirão.


Foto: Twitter/RedBullBraga.

PRIMEIRO TEMPO

A partida começou bem truncada, com poucos espaços para ambas equipes. Os donos da casa tentavam muitos lançamentos em profundidade, subindo a marcação para pressionar a saída na defesa do time alviverde, que por sua vez, trabalhava a bola para encontrar brechas e tentar alguma finalização.


O Palmeiras conseguia encontrar alguns espaços através de jogadas em velocidade pelos lados e conseguiu levar perigo pela primeira vez aos 11 minutos, após uma finalização travada de Jhon Jhon e, logo em seguida, após rebote do escanteio, Cleiton fez uma grande defesa na finalização do Luis Guilherme. No lance seguinte, o Massa Bruta respondeu num rápido contra-ataque, que terminou com finalização de Helinho, que fora por cima da meta defendida por Marcelo Lomba. Apesar do equilíbrio entre as equipes, o técnico Pedro Caixinha - vendo um aparente crescimento do alviverde - fez sua primeira substituição, colocando Jadsom e, com isso, o Massa Bruta melhorou e levava mais perigo à zaga do adversário.


Após 30 minutos, o jogo parecia morno, com o meio campo congestionado, muitos erros de passe, porém, ainda no finalzinho, o Braga ainda conseguia chegar com perigo e, num passe em profundidade, Sasha cruzou e Vitinho quase marcou de carrinho, mas a zaga do Palmeiras afastou com segurança. Nos últimos momentos da primeira etapa, o alviverde também chegou rápido e, após a defesa do Massa Bruta afastar mal, Fabinho emendou um belo chute de longe, que passou ao lado da meta do goleiro Cleiton.


SEGUNDO TEMPO

A etapa final começou como o primeiro tempo havia terminado, com o Massa Bruta buscando espaços e pressionando o Palmeiras, mas sem muito sucesso e acabava dando chances para o alviverde, que focava em aproveitar os contra-ataques cedidos pelos anfitriões. Aos 10 minutos, Helinho fez uma ótima jogada individual e cruzou para Vitinho cabecear, assustando o goleiro do Palmeiras. O Red Bull Bragantino continuava trabalhando bem a bola e dominava boa parte da segunda etapa, mas ainda tinha dificuldades em encontrar brechas na defesa alviverde, que também não conseguia criar e apostava nos lançamentos diretos.


Aos 15 minutos, novamente após um bom cruzamento de Helinho, Luan Candido finalizou de maneira desajeitada, mas levou muito perigo à meta alviverde. Notando a falta de criatividade e passividade de sua equipe, Abel Ferreira resolveu fazer algumas alterações e, após alguns minutos, já conseguia trabalhar melhor a bola no meio de campo, e pressionava a saída do Massa Bruta, fechando os espaços, buscando o domínio da posse. Os donos da casa, por outro lado, não se intimidavam com a pressão e, após uma falta no campo ofensivo, quase abriu o marcador com uma leve cabeçada de Léo Ortiz, na qual Marcelo Lomba fez uma defesa segura.


Nos minutos finais da partida, Naves deu um belo passe em profundidade para Garcia, que cruzou de maneira precisa para Flaco López cabecear e abrir o marcador para a equipe alviverde e dar três pontos para o Palmeiras. A equipe comandada por Abel Ferreira, após esta importante vitória, continua invicto na competição, liderando o grupo B, com 10 pontos somados e, o Red Bull Bragantino, apesar do resultado negativo, continua na liderança do grupo C até o momento, com 4 pontos conquistados, mas nenhuma vitória em casa neste início de temporada.


DESTAQUES INDIVIDUAIS


Helinho – Individualmente bem, deu muito trabalho à defesa adversária e criou várias jogadas de perigo;

Lucas Evangelista – Muito bem no meio campo, com boas transições e ótima movimentação;

Léo Ortiz – Seguro na defesa e foi bem na marcação até o momento do gol;

Cleiton – Quando exigido, fez boas defesas e saiu bem em lances aéreos.

 

Anibal – Muito bem na marcação, movimentação e muito exigido por conta das subidas do adversário;

Jhon Jhon – Auxiliou na criação de jogadas até certo momento, levando perigo com bons passes e a finalização que fora travada;

Naves – Seguro defensivamente e iniciou a jogada do primeiro gol, através de um ótimo passe;

Flaco López – Entrou bem e mudou a dinâmica do ataque alviverde, puxando marcação e marcando o gol da vitória.

17 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page