google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Em casa, São Paulo vence bem Água Santa no pós-título da Supercopa

São Paulo e Água Santa se enfrentaram nessa quarta-feira (7), no Morumbis, pela sexta rodada do Paulistão, e o Tricolor com equipe mista após erguer a Supercopa do Brasil no último domingo, venceu o time de Diadema em casa com poucos sustos.



1º TEMPO

Em um bom primeiro tempo na casa tricolor, os mandantes começaram em cima, como esperado. Mesmo iniciando a partida com 10 reservas, e apenas com Alisson dos titulares, o São Paulo pressionou o time visitante e quase abriu o placar com Erick, que parou na trave aos dois minutos. Mas não tardou para a rede do Netuno balançar. Bobadilla acertou lindo chute colocado depois do presente de Igor Henrique, e abriu o placar logo aos 9 minutos de jogo.


Seguindo a pressão até pouco menos da metade da primeira etapa, o Água Santa conseguiu se estabilizar e equilibrou as ações, apostando nas bolas paradas dos escanteios e faltas tricolores, mas sem sucesso. Com isso, os donos da casa apostaram nas velozes estocadas de Ferreirinha e no controle do meio com Erick e Bobadilla até o final do primeiro tempo.


2º TEMPO

A etapa final começa com um Água Santa seguindo na pressão, que acaba no pênalti de Jandrei em Luan Dias - polêmico não pela falta, mas pelo árbitro Raphael Claus ter anulado um gol do Netuno para dar a infração. Bruno Mezenga, aos 13 minutos, acabou por isolar o empate na cobrança. Logo aos 16, outra penalidade, agora para os donos da casa, o VAR interviu e anulou a chance do Tricolor ampliar o placar, verificando que a bola atingiu primeiro a coxa do defensor do time de Diadema antes de tocar no seu braço.


Agora com jogadores como Nikão e Luciano, o São Paulo ganhou mais terreno a partir dos 25 da etapa final e chegou ao segundo gol aos 31, com o garoto Juan, após cruzamento perfeito de Moreira. Perfeita também foi a falta cobrada por Nikão, que encontrou a cabeça de Alan Franco, e colocou números finais à partida aos 41 minutos. 3 a 0 São Paulo no Morumbis diante o Água Santa.


Destaques individuais:


Ferreirinha: Bom primeiro tempo, ótima válvula de escape tricolor

Bobadilla: Fez um golaço e controlou bem o meio-campo

Alan Franco: Zagueiro artilheiro, deixou o dele e fechou muito bem na defesa

Moreira: Cruzamento perfeito no segundo gol e seguro na lateral direita

Bruno Mezenga: Perdeu pênalti e outra boa chance de cabeça pro Netuno


Próximos confrontos:


No próximo sábado de Carnaval (10), o São Paulo vai à Campinas pegar a Ponte Preta, às 18h, com transmissão ao vivo do Dimensão Esportiva a partir de 17h30 (de Brasília). Já o Água Santa recebe o Ituano no domingo (12), também às 18h.

10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page