google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Duop Reath é um vencedor dentro e fora das quadras

Duop Reath é um jogador de 27 anos, que nasceu no Sudão do Sul, mas joga pela seleção da Austrália e também pelo Portland Trail Blazers, na NBA. Reath se declarou para o Draft em 2018, mas não foi escolhido e nem assinou com algum time da liga posteriormente. Passou uns anos jogando na Europa, China e chegou a voltar para Austrália, até finalmente chegar na NBA, em 2023.


FOTO: ASSOCIATED PRESS/Mark J. Terrill


Duop Reath teve infância complicada, pois o país onde nasceu, sempre viveu em meio a guerras, e a família de Duop era muito pobre, mas eles (pai, mãe e os sete filhos) conseguiram fugir para o campo de refugiados de Kakuma, no Quênia, mas tudo isso aconteceu enquanto Reath ainda era criança. Duop Reath conta em um vídeo sobre sua história, o que passou quando criança:

Você não tinha os próprios sapatos. Você teria que ir buscar água nos poços. Compartilhamos muitas coisas, tudo é compartilhado, nada é realmente seu. Então, se uma pessoa tem um par de sapatos, todo mundo tem. Se uma pessoa tem moletom, todo mundo tem. (...) Mas, ao mesmo tempo, o acampamento foi uma espécie de salva-vidas para muitas pessoas, porque deu a todos uma segunda oportunidade.

Esse vídeo foi gravado por Matisse Thybulle (parceiro de Duop nos Blazers e na seleção australiana) e Matthew Adekponya,


Mudança para a Austrália, início no basquete e chegada ao College Basketball


Duop e sua família, conseguiram se mudar para Brisbane, na Austrália, quando ele tinha 9 anos de idade. Foi estudar em Girrawheen Senior, em Perth. Durante o High School, inicialmente, começou a jogar futebol, pois tinha vontade de jogar pela seleção australiana, mas quando mais velho, acabou optando por jogar basquete. Em 2014, Reath conseguiu uma vaga para jogar basquete universitário dos Estados Unidos, fazendo suas primeiras duas temporadas em Lee College, que fica em Baytown, Texas, na sua segunda temporada de College, terminou com médias de 14.6 pontos e 8.4 rebotes por jogo, o que chamou a atenção de LSU, que acabou acertando uma transferência do jogador, para jogar seus dois últimos anos por lá. Duop foi titular absoluto nos dois anos que esteve em LSU. Ele mostrou evolução no seu arremesso de três pontos durante este período, chegando a arremessar para 42.2% de três pontos, na última temporada de College.



Persistência com seu grande sonho na carreira e os anos fora dos Estados Unidos


Duop Reath estava elegível para o Draft da NBA, em 2018, mas acabou não sendo selecionado, o que fez Duop entrar na Summer League em busca de um contrato na liga. Jogou a Summer League daquele ano pelo Dallas Mavericks, mas não conseguiu o contrato definitivo e saiu após o fim da competição. Em agosto do mesmo ano, assinou com o FMP, para disputar o campeonato sérvio. Em 2019, Reath foi jogar na Summer League pelo Brooklyn Nets, mas não conseguiu o contrato definitivo também e voltou para a Sérvia, ao fim do campeonato.


Em agosto de 2020, Duop assinou com o Estrela Vermelha de Belgrado, para a temporada 2020-21, quando conquistou os títulos da Liga Sérvia e da Liga Adriática (campeonato disputado entre os melhores times dos países no Leste Europeu, que são banhados pelo Mar Adriático). Neste ano, Reath acabou não podendo viajar para os Estados Unidos, por conta da pandemia do Coronavírus, mas conquistou a medalha de Bronze pela Austrália, nas Olímpiadas de Tóquio.


Em Junho de 2021, Duop Reath voltou a jogar na Austrália, pelo Illawarra Hawks, na temporada 2021-22 pelo time. Em 2022, Reath assinou com o Phoenix Suns para jogar a Summer League, mas novamente não conseguiu vaga definitiva na NBA. No mesmo ano, assinou com o Qingdao Eagles, da China, por lá teve médias de 18.8 pontos, 7.8 rebotes, dois tocos e 1.2 roubos. Em abril de 2023, Reath foi jogar pelo Al Riyadi Beirut, do Líbano e foi decisivo no jogo 2 das finais da WASL (West Asia Super League), contribuindo com 29 pontos, contra o Shahdari Gorgan, do Irã.



Chegada ao Portland Trail Blazers e finalmente a estreia na NBA


Já com 27 anos, Duop Reath não havia desistido de um dia jogar na NBA, afinal de contas, tudo na vida dele sempre foi com muita batalha, não seria diferente agora, e foi isso que o fez tentar vaga tantas vezes por meio da Summer League. Assim fez em 30 de junho de 2023, quando assinou com o Portland Trail Blazers e, ao fim da competição, foi jogar a Copa do Mundo de Basquete pela Austrália.


Contudo, em 2 de outubro do mesmo ano, Duop finalmente conseguiu seu contrato na NBA, que chegou a mudar para um contrato de duas vias (para jogar na G-League também), mas conseguiu contrato definitivo no dia 16 de Fevereiro de 2024.


Recapitulando um pouco da atual temporada de Duop Reath, estreou pela NBA no dia 12 de Novembro de 2023, contra o Los Angeles Lakers, quando fez 11 pontos e três bolas de três, mas Duop teve sua primeira chance como titular, 10 dias depois, por conta de uma lesão de DeAndre Ayton. Nesse seu primeiro jogo de titular, teve oito pontos e quatro rebotes, sendo discreto na vitória dos Blazers contra o Jazz. No dia 26 de Dezembro de 2023, Duop Reath fez 25 pontos e nove rebotes, na vitória contra o Sacramento Kings, mostrando que não estava ali por acaso, e que seu esforço para jogar na liga, definitivamente não foi em vão, os bons jogos fizeram ele permanecer na rotação, mesmo como reserva, mas isso já o garantiria como membro permanente do elenco.


Reath foi titular nos últimos quatro jogos do Portland Trail Blazers, por conta de nova lesão para Ayton, nestes quatro jogos. Teve médias de 18 pontos, 4.8 rebotes, 1.5 tocos, um roubo por jogo e em um dos jogos, conseguiu a maior pontuação da carreira, contra o Minnesota Timberwolves, foram 26 pontos, três rebotes, uma assistência, um toco, um roubo, cinco bolas de três em seis tentadas e 10 arremessos convertidos em 14 tentativas. Na atual temporada, o pivô tem médias de 9.4 pontos, 3.9 rebotes e 36.6% dos três pontos, em 18.1 minutos por jogo. Duop Reath superou obstáculos reais durante sua vida, chegando a aprender um pouco de tudo e tendo que amadurecer cedo para encarar as adversidades, mas sua trajetória de vida, mostra que não há nenhum obstáculo suficiente para derrubá-lo.



Este foi meu texto de hoje, sou o Ewerton Moreira e toda semana irei escrever algo sobre essa liga amada por tantos. Siga o Dimensão MVP para notícias de NBA, NFL, MLB e muito mais: @DimensaoMVP no X e @dimensao.mvp no Instagram. Até a próxima!

46 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page