google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Doncic imparável!! Acaba com o favoritismo de Phoenix, no jogo 7

Dallas Mavericks, comandados pelo astro Luka Doncic, derrota Phoenix Suns e avança as finais de conferência.
(Doncic contra Devin Booker, no jogo 7; Reprodução: Instagram/@suns)
(Doncic contra Devin Booker, no jogo 7; Reprodução: Instagram/@suns)

Ninguém para Luka Doncic! O armador de 23 anos talvez seja o maior nome dos playoffs 2022, levando o Dallas Mavericks em uma série de sete jogos para derrotar Phoenix Suns, a melhor campanha da temporada (64-18) e um dos favoritos ao anel de campeão. No jogo 7, Dallas passou com facilidade, mesmo jogando fora de casa, finalizando o placar em 123 a 90.


O sol de Phoenix não brilhou- perdão o trocadilho. A franquia do Arizona que começou bem emplacando um 2 a 0, que com o melhor recorde da temporada regular e o melhor treinador, Monty Williams, indicava tudo para ganhar a série e liderar uma campanha ao título. No entanto, como havia mostrado na primeira rodada, contra o New Orleans Pelicans, os vice-campeões da temporada anterior passaram algumas dificuldades, com um Devin Booker apagado, um Deadre Ayton discreto e o Chris Paul excedendo o número de turnovers, que novamente falha em uma virada nos playoffs, eles venceram apenas por 4 a 2, o time que havia se classificado por último no play-in.


O brilho foi todo para o sorriso que não saia do rosto de Doncic, ele fez de tudo em quadra, driblou, arremessou de longe, foi até o garrafão e se desvencilhava de dobras defensivas com passes miraculosos, que os companheiros aproveitavam a brecha na marcação para pontuar. Com poucas dificuldades no ataque, o ala-armador levou seu jogo até o poste baixo e chamou algumas vezes CP3 para "dançar". No fim do segundo quarto, o esloveno, individualmente, já tinha a mesma pontuação que a equipe adversária: 27 pontos. No total, ele arrematou 35 pontos, 10 rebotes e 4 assistências durante 30 minutos em quadra, ajudando a alcançar em certo momento uma diferença de 46 pontos, enquanto os Suns se debatiam para responder.


(Luka Doncic e Spencer Dinwiddie; Reprodução: Instagram/@dallasmavs)
(Luka Doncic e Spencer Dinwiddie; Reprodução: Instagram/@dallasmavs)

Os números de Luka Doncic não deixam dúvidas que ele será um dos principais astros a carregarem a NBA, em um futuro bem próximo aliás. Com uma média de 32,5 pontos nos playoffs, equiparando-se as estatisticas do começo de carreira do Michael Jordan e Lebron James, provando ser o novo talento. Ele já havia seu potencial antes mesmo de ser draftado, quando aos 19 anos conquistou o título e o MVP das finais da liga europeia de basquete, pelo Real Madrid.


Porém, é válido ressaltar a importância do time comandado por Jason Kidd, com Jalen

Brunson e Spencer Dinwiddie sendo importantes pilares aos Mavericks. Dindwiddie que chegou no meio da temporada via troca por Kristaps Porzingis, se mostrou uma peça fundamental no esquema tático, vindo do banco com a função de auxiliar na armação e reforçar a linha de três. Enquanto, Brunson comprovou o seu valor nos playoffs, com Luka machucado nos primeiros jogos contra o Utah Jazz, na primeira rodada, foi ele quem assumiu a liderança do time e comandou duas vitórias, chegando a marcar 41 pontos em uma das partidas.


A vitória de Dallas e o processo de consolidação de Doncic como "estrela" são extremamente importantes para a construção do futuro da NBA. Entretanto, agora eles terão pela frente o Golden State Warriors, buscando reconstruir sua dinastia, a batalha de ambos será de um jogo bastante estudado e com um show a parte no confronto entre Luka Doncic e Stephen Curry. O jogo 1 da final da Conferência Oeste começa dia 18/05 (quarta-feira) às 22h.



(Texto escrito por: Ian Casalecchi)
5 visualizações0 comentário

留言


bottom of page