google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Dimensão na Mídia #24 - Demissão e polêmicas na Record, Cultura prepara mega cobertura para o RExPA e muito mais!

*Escrita por Rui Guilherme Filho, com contribuição de João Hudson e Hugo Rocha.



Olá a todos, sejam bem-vindos a mais uma edição do seu Dimensão na Mídia. Na coluna de hoje, falaremos do quiprocó que foi a demissão do narrador Oliveira Andrade da Record, a renovação da Globo com os campeonatos de Vôlei da FIVB e a Mega cobertura que a Cultura está preparando para o clássico entre Remo X Paysandu no próximo domingo. Fique com a gente!



“ORGANIZAÇÃO? NÃO TEMOS!”


Não poderíamos começar o DNM desta sexta sem falar do assunto da semana: A demissão de Oliveira Andrade da Rede Record depois de dois jogos do Paulistão. Como vocês bem sabem, a emissora dos bispos contratou o experiente narrador para a sua equipe do estadual, junto com Walter Casagrande e Salvio Spínola. O problema é que nos dois primeiros jogos, Oliveira foi muito criticado pelo seu estilo demasiadamente compassado ao narrar os gols, o que deixou muitos torcedores pedindo a cabeça dele, o que aconteceu na última sexta-feira (26). O mais irônico disso tudo, é que para o lugar de Oliveira, foi chamado Lucas Pereira, que havia sido demitido em agosto no último passaralho da emissora, reestreando em Palmeiras 2x1 Santos no último domingo (28).  


Em entrevista ao Estadão, Oliveira disse que “saiu do céu ao inferno” em poucos dias e acredita que realmente o seu estilo de narração tenha sido o motivo de sua demissão. E completou que por mais que isso tenha ocorrido, não irá mudar o seu jeito, pois o estilo atual, com muita gritaria, o incomoda. Um fato que precisamos colocar na mesa é: Sabendo que o estilo de narração não agradaria o público, porque diachos a Record contrata o cara para ser humilhado dessa forma? Isto só mostra o quanto o planejamento da emissora para esse campeonato foi completamente amador e de má vontade, que foca mais em ser o que não é, do que entregar uma cobertura de qualidade. E com tudo isso, ainda querem renovar os direitos em 2025… É muita cara de pau…



DEPOIS DO CHICO, VAMOS AO FRANCISCO


Ainda no assunto da demissão, agora vamos dar aquele puxão de orelha no senhor Oliveira Andrade, que ainda acha que internet é uma terra sem lei. Um dia depois de sua demissão, Oliveira respondeu em tom ameaçador a um blogueiro de televisão após o mesmo afirmar que sua narração “parecia de velório”, dizendo que o referido evento seria o do blogueiro brevemente, chamando-o de “canalha”. Ok que realmente declarações assim revoltam, mas responder dessa forma é perder completamente a razão. O tom realmente foi de ameaça de morte, o que poderia muito bem destruir sua carreira em um segundo. O pior de tudo foi ele em uma entrevista ao podcast “Tomando uma com…” dizer que só falou aquilo pelo blogueiro ser fã do SBT. É sério mesmo, que tu ainda acha isso bonito? Depois quer reclamar que não tem oportunidade em lugar nenhum. Bola fora demais! Já diria um meme de Sandra Annenberg: “Falta bom senso, falta paciência e falta (principalmente) elegância”.



MATCH POINT


Na última segunda-feira (29), a Globo renovou o seu contrato com a Volleyball World, ligada a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) e continuará exibindo os campeonatos mundiais da modalidade, na quadra e na praia, até 2028 em todas as suas plataformas. Segundo Gabriel Vaquer, da Folha, o contrato abrange as Ligas das Nações Masculina e Feminina, a Liga Mundial de Vôlei de 2025 e 2027, além do Beach Pro Tour. Nos últimos tempos, os campeonatos estão sendo mais veiculados no SporTV 2. A esperança é que com a renovação, o esporte volte a ser exibido com mais frequência na TV aberta. É esperar pra ver!



A VOZ DA EMOÇÃO


Ainda falando do plim-plim, nós falamos em edições passadas que Galvão Bueno iria participar de algumas ações apenas no esporte da Globo após a sua aposentadoria, porém, a coisa mudou de figura. Agora, o narrador irá fazer um quadro aos moldes do programa de Geraldo Luís no programa “É de Casa”. Denominado “A Voz da Emoção”, Galvão irá contar histórias emocionantes de superação, de diversas pessoas espalhadas pelo Brasil todos os sábados. A previsão de estreia é para depois do carnaval. Boa sorte ao Galvão nessa nova empreitada e espero que a Globo não invente de levar isso pro domingo, porque vai que…



ELA FICA!


Renata Fan renova com a Band e segue titular do “Jogo Aberto” até o fim de 2027. Segundo Gabriel Vaquer, a gaúcha assinou antes do final do ano passado para ficar mais 4 anos na casa, podendo completar 20 anos em seu último ano do novo contrato. Renata chegou ao Morumbi em 2007, vinda do programa de Milton Neves, na Record, para assumir o “Jogo Aberto”, substituindo o “Esporte Total”. O programa até hoje é um grande sucesso de audiência, anunciantes e repercussão, rendendo vários cortes e memes na internet. Desejamos ainda mais sucesso a Renata em sua permanência na Band!



RExPA COM A IMPORTÂNCIA QUE MERECE!


Neste domingo (04) acontece o primeiro clássico entre Remo X Paysandu no Mangueirão, em Belém, válido pela 4° rodada do Campeonato Paraense. Tratando-se do clássico mais jogado do Brasil, superando até mesmo os do sudeste, a TV Cultura do Pará preparou uma mega cobertura do confronto 771, com o programa “Meio de Campo” iniciando 1h30 antes do jogo, às 15h30, direto do Mangueirão, com convidados especiais, e cobertura ao vivo da chegada dos times e das torcidas ao estádio. E a partir das 16h50, a transmissão da partida, que terá João Wanderley, na narração, comentários de Giordana Kumpranzer e Matheus Miranda, e reportagens de Saulo Zaire e Liane Coelho. Boa sorte a toda a equipe da Cultura e que vença o melhor em campo!



RÁPIDAS


  • Aliás, o próximo domingo será histórico na TV Paraense, pois praticamente todos os grandes canais do lineup belenense estarão com futebol ao vivo. Além do RExPA na Cultura, também teremos a Supercopa do Brasil na TV Liberal (Globo), Paulistão na Record, Vasco X Flamengo no SBT e Boavista X Fluminense na RBA (Band), ambos pelo Carioca. E boa parte dos jogos confrontarão diretamente na audiência. Do jeito que esse povo gosta de futebol, só sei de uma coisa: Os peoplemeters do Kantar Ibope vão explodir. 


  • O RExPA deste domingo vai servir para aparar as arestas na imprensa paraense após a passagem do Flamengo na capital ter rompido com diversas relações. Praticamente ficou dividido entre imprensa torcedora mista que era vira lata pirento pro Marcos Braz e companhia, imprensa que não podia falar muito pois o governador (que trouxe o Flamengo pra cá) paga o salário, e imprensa que é patriota e valoriza o futebol local. Só sei de uma coisa: Ainda temos MUITO que mudar. Pois o comportamento da galera explica muito porque o futebol da terra nunca é valorizado como se deve. 


  • Saíram as emissoras do SBT no Nordeste que irão transmitir os dois jogos da Lampions League. São eles: Pernambuco e Paraíba assistem Náutico X Botafogo-PB e Maranhão, Ceará, Piauí, Rio Grande do Norte, Bahia e Alagoas assistem Fortaleza X América-RN. Sergipe, mais uma vez, fica de fora e é incrível como o SBT não move um dedo pra incluir. Nunca vi…


  • O Bandsports decidiu extinguir o programa “Baita Amigos” apresentado pelo Craque Neto. O programa estava no ar há 10 anos nas segundas-feiras do canal pago. Para o lugar, se planeja um programa com Elia Junior e Salvio Spinola. Não foi falado qual será o teor do programa, mas aparenta ser o mesmo de Neto: Debate Esportivo. Fiquemos de olho!


  • Para encerrar a coluna, a ESPN produziu uma série de reportagens sobre o desastre provocado pela Braskem em Maceió e como essa tragédia impactou a história do CSA, cuja sede ficava no bairro do Mutange, um dos atingidos pelo afundamento causado pela exploração de sal-gema. A série foi ao ar no Sportscenter entre os dias 29 e 31 de Janeiro, porém, está completamente disponível no Star+. Recomendo!



E é isso, turma, obrigado a todos que leram até aqui! Próxima sexta-feira tem mais! Tchau!



*As opiniões aqui emitidas, são de total responsabilidade de seus autores e não necessariamente refletem a opinião do Dimensão Esportiva.



Comments


bottom of page