google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

De Bruyne e Haaland desfilam na defesa do Arsenal, e City goleia o líder

Foto: Divulgação Instagram/Manchester City.

Manchester City e Arsenal se enfrentaram nessa quarta-feira (26), no Etihad Stadium, em Manchester, pela 33° rodada da Premier League. Este jogo teve a transmissão do Dimensão Esportiva.


O Manchester City começou bem melhor e, logo no começo, aos seis minutos de jogo, Haaland fez o pivô, assistindo o De Bruyne, que fez o primeiro gol do jogo.


A dupla seguiu funcionando bem e várias outras oportunidades foram criadas pelo Manchester City envolvendo os dois jogadores, seja com a jogada mais natural, que é o belga procurar o norueguês, ou invertendo os papéis, como no lance do gol.


Já nos acréscimos do primeiro tempo, Kevin De Bruyne fez um cruzamento muito preciso, em cobrança de falta, John Stones cabeceou para a rede, o bandeirinha anulou por impedimento, mas o VAR corrigiu e o Manchester City fez 2x0.


Foto: Divulgação Instagram/Manchester City.

O começo do segundo tempo lembrou bastante o da primeira etapa. O Ødegaard errou um passe para trás no campo de defesa e, mais uma vez, Haaland assistiu, e De Bruyne finalizou para dentro do gol.


Depois disso, o ataque do City foi caindo de produção, porém, o Arsenal não conseguiu produzir praticamente nada em nenhum momento do jogo.


Mas, os Gunners conseguiram diminuir o marcador, aos quarenta do segundo tempo, em jogada que começou em uma cobrança de escanteio.


O Arsenal ficou com o rebote, o Trossard fez jogada individual e deu a assistência. Rob Holding finalizou e fez o gol de honra.


E faltava o gol do cometa. Praticamente, no último lance do jogo, o Foden deixou o Haaland na cara do gol, e ele concretizou a goleada do Manchester City.


DESTAQUES INDIVIDUAIS:


John Stones: Fez o segundo gol do City e foi bem na zaga.


Rúben Dias: Fez um jogo seguro.


Manuel Akanji: Excelente partida, principalmente, defensivamente, mas quando se aventurou no ataque, também, foi bem.


Kevin De Bruyne: Autor de dois gols e uma assistência. Além do Haaland, foi quem mais participou de boas jogadas de ataque.


Foto: Divulgação Instagram/Manchester City.

Rodri: Foi bem na marcação.


İlkay Gündogan: Muito bom jogo.


Erling Haaland: Melhor jogador em campo. Deu as duas assistências dos gols do De Bruyne, esteve envolvido em praticamente todas as jogadas ofensivas dos Citizens e, ainda, marcou o seu gol no final do jogo.


Jack Grealish: Jogou bem, criando boas jogadas pelo lado esquerdo e ajudando bem no momento defensivo.


Foto: Divulgação Instagram/Manchester City.

Phil Foden: Deu a assistência do quarto gol do Manchester City.


Aaron Ramsdale: Fundamental para que a vitória do City não ainda mais elástica.


Rob Holding: Fez o único gol dos Gunners, jogou bem, no geral, mas falhou no gol do Haaland.


Gabriel Magalhães: Jogo muito ruim.


Martin Ødegaard: Deu o passe errado que originou o lance do terceiro gol do time de Manchester.


Jorginho: Entrou bem na partida.


Leandro Trossard: Fez a jogada do gol do Arsenal.


TATIQUÊS:


Manchester City: Atacou no 4-2-3-1, trocando muitos passes e, algumas vezes, puxando bons contra-ataques, principalmente, quando recuperava a bola próxima da área. Defendeu no 4-4-2, marcando por zona.


Arsenal: Atacou no 4-2-3-1, saindo de trás com bolas longas e girando bastante a bola no ataque. Defendeu no 4-4-2, marcando por encaixes individuais.

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page