google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Cruzeiro dá show e atropela Corinthians no Brasileirão

Jogando no Mineirão, o Cabuloso dominou a partida, ganhou por 3 a 0 e se manteve 100% dentro de casa.

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Cruzeiro e Corinthians se enfrentaram neste domingo (7), no Mineirão, em Belo Horizonte. A partida foi válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Cabuloso dominou grande parte do jogo e afundou o time Alvinegro no Z-4 da competição. Com essa vitória o Cruzeiro segue com 100% de aproveitamento jogando em casa e busca pelo G-4.


No primeiro tempo, logo nos minutos iniciais, o Cruzeiro já se mostrou um time bem mais organizado em relação ao adversário e, com 6 minutos, Matheus Pereira abriu o placar. Com um belo drible, ele deixou o zagueiro Félix Torres para trás, avançou para a grande área e bateu cruzado para marcar o primeiro. Ambas as equipes partiram para o ataque e o Corinthians pressionou bastante em busca do empate. Aos 38 minutos, Raniele empata para o Timão, trazendo esperança para o time paulista, porém, após análise do VAR o árbitro anulou o gol por impedimento. O lance gerou polêmica nas redes sociais. Já nos acréscimos, o Cruzeiro não deixou o Corinthians sonhar e aumentou a vantagem com gol de Barreal, que recebeu um belo passe por dentro e soltou um chutaço, sem chance para o goleiro Donelli.


A segunda etapa começa e, com apenas três minutos o Cabuloso marca o seu terceiro gol. Arthur Gomes faz uma bela jogada pela esquerda e cruza para a área achando Gabriel Verón sozinho, que só empurra para o gol, finalizando a goleada. O segundo tempo do Corinthians foi ruim, o time se abalou e não mostrou nenhum tipo de reação. Com isso a partida se encerrou em 3 a 0 para os donos da casa.


Situação na tabela

Com essa vitória o Cruzeiro atingiu a 7ª colocação com 23 pontos e briga para chegar ao G-4. O Corinthians continua na 17ª posição com 12 pontos e em situação crítica afundado na zona de rebaixamento.

Comentarios


bottom of page