google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Copa Verde: Remo reverte placar agregado e se torna o primeiro semifinalista da competição


Jean Silva (ao centro) foi o autor do gol da classificação. Foto: Reprodução/ Remo TV.

Dentro do Baenão e com a presença de sua torcida, o Clube do Remo não encontrou dificuldades maiores para vencer o São Raimundo-RR por 3 a 0 e ser o primeiro semifinalista confirmado da edição 2023 da Copa Verde. Os gols foram feitos por Richard Franco, Muriqui e Jean Silva. No primeiro jogo, o Leão Azul perdeu para o time roraimense por 1 a 0 em Boa Vista.


O primeiro tempo começou já com gol azulino aos 5 minutos, Richard Franco aproveitou a falha na defesa do mundão e com a ajuda de Leonan, abriu o placar, empatando em 1 a 1 no agregado. Com o primeiro gol, os azulinos mandaram no jogo praticamente todo, explorando e aproveitando todas as falhas adversárias. Até que, por coincidência do destino, aos 33 minutos (número que o Remista gosta muito por ter sido a quantidade de vitórias seguidas no rival Paysandu nos anos 90), Muriqui, que havia voltado de lesão na coxa, marcou o seu, virando o placar. Nos últimos minutos, o mundão chegou a dar uma pressionada, porém alguns lances não tiveram sucesso.


Já no segundo tempo, o Remo seguiu pressionando, porém, o São Raimundo começou a criar mais oportunidades e ameaçou muito tendo diversas vezes a chance de empatar a partida, mas sem sucesso. O time roraimense ficou com um a menos após a expulsão de Allan Rosário e as coisas começaram a se tensionar, quando Panda trocou empurrões com o gandula da partida, levando cartão amarelo. E foi aproveitando essa tensão que Jean Silva, aos 46 minutos de acréscimo, marcou o gol da vitória azulina.


Com essa vitória, o Leão espera o vencedor de Paysandu e Princesa do Solimões-AM, que jogam quinta (23), ás 20h, na Curuzú, para fazer a semifinal, que ocorrerá nos dias 26 e 29 de Março. Lembrando que a ida em Manacapuru foi um amargo 0 a 0. Caso o Papão passe, teremos mais um RExPA para a história do futebol paraense, além do mesmo já ter como palco, o Estádio do Mangueirão totalmente novinho em folha após 2 anos de reforma. É esperar para ver.


10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page