google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Com grande atuação do ataque, carregado por Ángel Romero, Corinthians bate o Cianorte por 3x0 e avança na Copa do Brasil

É a terceira vitória, em quatro jogos, de António Oliveira no cargo de técnico do Corinthians.

Foto: Divulgação Instagram/Corinthians

Cianorte e Corinthians se enfrentaram nesta quinta-feira(22), às 20:00, no Estádio Willie Davids, em Maringá, Paraná, pela primeira fase da Copa do Brasil. O Corinthians precisava, apenas, do empate para se classificar, mas conseguiu ganhar por 3x0, enquanto o Cianorte precisava vencer a partida.


Logo no início do jogo, aos três minutos de jogo, o Corinthians abriu o placar, em jogada de Wesley, depois de receber muito bom lançamento de Gustavo Henrique, batendo, sem ângulo, com desvio em Raphael, que fez a bola passar por cima do goleiro Vinicius.


Aos dez minutos, Maycon apereceu dentro da área, recebeu cruzamento rasteiro e finalizou de primeira, a bola bateu na trave.


Os minutos seguintes foram de pouca emoção e muito jogo parado para atendimento médico dos jogadores. Aos 22 minutos, Natham, lesionado, teve que sair no carrinho para a entrada de Marlon.


Depois de mais um bom tempo sem grandes chances, aos 30 minutos, a defesa do Cianorte saiu errado, a bola caiu no pé de Rodrigo Garro, que deu a assistência para Ángel Romero girar e bater para fazer o segundo gol do time paulista.


Logo depois, aos 34 minutos, o Corinthians teve falta para cobrar do lado direito do ataque, jogou a bola na área, direto nas mãos do Vinicius, mas, ele soltou no pé do Gustavo Henrique, que fez o gol, mas, para a sorte dos paranaenses, ele estava impedido.


Nos acréscimos, o Cianorte, pela primeira vez no jogo, conseguiu ter alguma sequência de jogadas com a posse de bola e tentou duas finalizações, uma de Guilherme Beléa e uma de Marlon.


Na última jogada do primeiro tempo, o Corinthians ainda teve uma boa chegada perigosa, envolvendo Pedro Henrique e Romero, mas não conseguiu ampliar o placar.


O segundo tempo começou mais movimentado e cada time conseguiu uma finalização perigosa, de fora da área, nos primeiros dez minutos.


Aos doze minutos do segundo tempo, João Mafra arriscou, mais uma vez, de fora da área, e o Cianorte teve a sua melhor chance de gol no jogo, mas, na sequência o Corinthians chegou com perigo três vezes seguidas e, na terceira, mais uma vez, Romero, fez o gol, de cabeça, recebendo assistência, também, de cabeça, de Wesley, que recebeu cruzamento de Pedro Henrique, após boa jogada individual pela direita.


Aos 24 da segunda etapa, Félix Torres se enrolou com a bola, dando a oportunidade de finalizar cara a cara com o Carlos Miguel para o Guilherme, que tinha acabado de entrar no jogo. Mas, ele perdeu o gol e, no lance seguinte, o camisa 11 paraguaio do time alvinegro teve a chance de fazer o hat-trick, mas, também desperdiçou.


Aos 30, mais uma chance do terceiro gol de Romero, recebendo passe de Garro, mas, outra vez, ele não conseguiu marcar. Depois disso, o Corinthians teve uma sequência de chutes de fora, um de Rojas e um de Biro, ambos bem defendidos pelo Vinicius.


Aos 40 minutos, o Cianorte fez boa jogada vertical, que terminou com a finalização do Lucas Lourenço, que foi desviada pelo Fausto Vera, o que fez com que a bola fosse por cima do gol.


A partir disso, o Cianorte ensaiou uma pressão no final, mas com pouca criatividade. Já nos acréscimos, pegando rebote de cobrança de escanteio, Biro ajeitou a bola para Gustavo Henrique e ele quase fez um gol no ângulo, mas a bola foi na trave.


O goleiro Carlos Miguel ainda trabalhou depois disso, mas não teve muitas dificuldades para defender o gol do Corinthians, que conseguiu a vaga na segunda fase da Copa do Brasil e 3 milhões de reais na conta.


DESTAQUES INDIVIDUAIS:


Vinicius: The Besta Novibet. Até fez boas defesas no segundo tempo, mas não fechou bem o ângulo no primeiro gol do Corinthians.


Lucas Lourenço: Teve algumas oportunidades de marcar, mas desperdiçou todas.


Raphael: Fez o gol contra, que abriu a placar para o Corinthians.


Guilherme: Teve um grande chance de diminuir o placar, no erro do Torres, mas não conseguiu.


Marlon: Entrou bem no jogo e foi um dos jogadores mais participativos do meio do Cianorte.


João Mafra: Melhor jogador do Cianorte. Teve uma das melhores finalizações do time no jogo e passou bem a bola.


Félix Torres: Quase entregou um gol para o Cianorte quando já estava 3x0.


Gustavo Henrique: . Fez o lançamento que originou o primeiro gol do Corinthians, quase marcou o terceiro, que foi anulado, e o quarto, que ele colocou na trave.


Rodrigo Garro: Criou bastante no ataque corinthiano, inclusive dando a assistência do segundo gol.


Guilherme Biro: Entrou bem, dando novo fôlego ao ataque do Corinthians no jogo.


Wesley: Muito decisivo, fez boas jogadas individuais, um "gol" e uma assistência.

Foto: Rodrigo Coca

Raniele: Se impôs muito bem no meio-campo, marcando forte e carregando bem a bola.


Pedro Henrique: Criou muitas jogadas de perigo e teve participação fundamental no terceiro gol.


Romero: The Best Novibet. Marcou dois gols e teve oportunidade de marcar mais.


TATIQUÊS:


CIANORTE: Jogou no 4-4-2, com um ataque vertical e marcando por zona, com linhas altas.


CORINTHIANS: Jogou no 4-3-3, com um jogo direto no ataque e marcando em bloco médio.

Comments


bottom of page