google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Com direito a lei do Ex, Internacional vence o Palmeiras na Arena Barueri

Internacional vence o Palmeiras fora de casa, e embala segunda vitória seguida nesse início de Brasileirão.


O Internacional venceu o Palmeiras por 1 a 0 em partida válida pela 2ª rodada do Brasileirão Série A. A partida, com mando do verdão, foi na Arena Barueri por conta do show da banda Jonas Brothers no Allianz Parque. Foram apenas 13.434 torcedores no estádio localizado na região metropolitana de São Paulo.


COMO FOI O JOGO?

Tanto Abel Ferreira, quanto Eduardo Coudet começaram com titulares diferentes dos que fizeram a estreia no Brasileirão. Abel repetiu a escalação da final do Paulista contra o Santos, com exceção de Richard Ríos, que entrou no lugar de Zé Rafael, lesionado. O português havia poupado jogadores contra o Vitória. Já Coudet começou com um ataque diferente, com Maurício centralizado e Wanderson e Wesley pelas pontas.


Foi com Wesley que surgiu a primeira grande oportunidade de gol da partida. Em um jogo equilibrado até então, o ponta ganhou a sobra de uma bola lançada e sofreu falta do capitão Gómez dentro da área. Pênalti marcado. Borré, que ainda não fez gols desde sua chegada no Colorado foi para a batida e mandou por cima da meta, longe do gol.


O Palmeiras começou a crescer no jogo. Poucos minutos depois, foi a vez dos paulistas terem sua primeira chance clara. Em grande jogada de Endrick, que fez fila na defesa gaúcha, Lázaro recebeu e ajeitou para Veiga chegar batendo. O meia errou o chute e mandou para fora. Placar ainda zerado.


Aos 37 minutos, em mais uma boa jogada de Endrick, Mayke cruzou na pequena área mas Flaco López se atrapalhou e não conseguiu a finalização. Apesar do Verdão dominar a partida na segunda metade do 1º tempo, quem abriu o placar foi o Inter. Aos 47, em uma roubada de bola de Borré, Wesley recebeu na área e bateu cruzado na saída do goleiro Weverton. 1 a 0 Internacional.


A lei do ex foi colocada em jogo, e o ponta que foi revelado pelo Palmeiras não comemorou a abertura do placar. Borré ainda teve mais uma chance de cabeça no final do primeiro tempo, mas perdeu mais uma chance de desencantar pelo colorado.


A 2ª etapa começou com o mesmo domínio alviverde. O Inter, que tinha a vantagem no placar, esperava no campo de defesa e deixou o Palmeiras ter a posse. A equipe paulista começou a pressionar e gerar volume de jogo. A principal chance nesse início foi em um cruzamento de Piquerez, que deixou Endrick na cara do gol. O atacante errou o chute e perdeu a oportunidade de empatar.


Coudet fez substituições e conseguiu diminuir o volume de jogo do Palmeiras, que depois das entradas teve dificuldade de ganhar as disputas no meio-campo e gerar chances de gol. O Inter apostou nas subidas em contra-ataque, e em mais uma boa participação de Wesley, Murilo quase completou cruzamento em gol contra. A bola foi para fora.


Abel promoveu as entradas de Estevão, Rony, a estreia do meia Rômulo, e tentou ir para cima do Internacional nos minutos finais. O técnico mandou até Gustavo Gómez avançar como um centroavante para tentar ganhar duelos na frente. Coudet respondeu colocando Robert Renan para reforçar a defesa nas bolas aéreas.


A equipe do Palmeiras até conseguiu chutar algumas bolas no gol de Rochet, mas levou pouco perigo. Destaque para bicicleta de Rony, que exigiu defesa do goleiro uruguaio. Até Weverton estava na área para tentar empatar.


O Inter embala a 2ª vitória seguida no campeonato brasileiro. É a primeira vez que o Colorado vence o Palmeiras em São Paulo desde 2014, na oportunidade a equipe gaúcha venceu por 1 a 0 no Pacaembu. O Palmeiras volta a entrar em campo no domingo contra o Flamengo, no Allianz. Já o Internacional visita o Athletico na Arena da Baixada, também no domingo.







4 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page