google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Chelsea vai à França e surpreende o poderoso Lyon

Foto: Reprodução/Chelsea Women/Instagram.

Lyon e Chelsea se enfrentaram, nessa quarta-feira, dia 22, pelo jogo de ida das quartas-de-final da UEFA Women's Champions League. E as Blues, mesmo jogando fora de casa, conseguiram vencer as francesas por 1x0, com gol de Guro Reiten, em um jogo com muitos passes errados dos dois lados.


O jogo aconteceu praticamente só no campo de ataque do Lyon por cerca de meia hora, mas o time francês não conseguiu criar chances boas de abrir o placar. As principais tentativas de fazer gol foram chutes fracos de fora da área.


Aos 28 minutos do primeiro tempo, Carpenter não conseguiu dominar uma bola que veio de uma tentativa de inversão de jogo mal sucedida do Chelsea e perdeu a disputa com Erin Cuthbert, que deu uma bela caneta e abrindo o jogo com Guro Reiten, que passava livre pela esquerda e finalizou colocado para marcar o primeiro e único gol do jogo.


Desde então, o Chelsea passou a jogar de igual para igual em questão de volume de jogo, mas mostrava muito mais capacidade de machucar o adversário na hora de finalizar.

Foto: Reprodução/Women's Champions League/Instagram.

Na reta final, naturalmente, o Lyon passou a pressionar mais. Porém, o Chelsea continuou sendo muito mais perigoso, se fechando e apostando nos contra-ataques.


DESTAQUES INDIVIDUAIS:


Ellie Carpenter: Erro fundamental no gol da Guro Reiten.


Wendie Renard: Muito bem, principalmente, ajudando na construção.


Kadeisha Buchanan: Muito segura na zaga.


Erin Cuthbert: Melhor em campo. Duas canetas, uma começando a jogada do gol da Guro Reiten com assistência dela.


Guro Reiten: Fez o gol e teve chances de fazer outros.


Sam Kerr: Recebeu algumas bolas nas costas da defesa do Lyon, mas não concluiu bem.


Lauren James: Jogou muito bem driblando e armando o time.

Foto: Reprodução/Chelsea Women/Instagram.

"TATIQUÊS":


Lyon: Jogou no 4-3-3, saindo jogando por baixo, tocando a bola no meio-campo e sendo bastante vertical na frente. Marcação por zona bem alta.


Chelsea: Jogou no 4-2-3-1, saindo de trás com bolas longas da goleira Berger. Muito toque de bola e marcação por zona.


5 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page