google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Ceará vence Clássico-Rei, respira e mantém tabu

Fortaleza e Ceará se enfrentaram nesta quarta-feira (20) pela 6ª rodada da Copa do Nordeste. O Vozão venceu pelo placar mínimo, saiu da lanterna do grupo e não perde para o Leão na Copa há 23 anos.

Primeiro Tempo


O Clássico-Rei teve um início corrido e movimentado com velocidade por ambas as equipes. Mas foi pelo alto as primeiras boas chances do jogo. Aos oito minutos, Machuca cobra escanteio e Kuscevic acerta o travessão em linda cabeçada. Na sequência, Zé Welison cruza, e Pikachu cabeceia, obrigando Richard a fazer um milagre e salvar o Ceará.


Dez minutos depois, com boas trocas de passes mas sem chances claras, o Vôzão consegue sua primeira boa finalização. Barceló recebe de Aylon, avança e chuta para o gol. João Ricardo mandou para escanteio. Aos 28, após escanteio, Ramon Menezes cabeceia firma mas manda nas mãos do goleiro do Leão. Poucas chances reais até os 30 da primeira etapa.


Uma curiosa infelicidade atingiu ambos os times nesse primeiro tempo: em três oportunidades houveram substituições por lesão. Aylon e Guilherme Castilho pelo Ceará, e Tinga pelo Fortaleza.


Com pouquíssimas oportunidades de gol e finalizações, a primeira etapa chega ao fim em 0 a 0 no Castelão.


Segundo Tempo


A etapa final continua com a mesma movimentação da primeira e as equipes com bom volume de jogo. Logo aos seis minutos, Lucas Sasha coloca Richard para trabalhar em bom chute de dentro da área. Ótima chance para o Fortaleza. A resposta do rival veio apenas ao 19 mas em grande estilo.


Raí Ramos, por duas vezes, levou perigo ao gol do Leão. Na primeira, um chutaço na gaveta que João Ricardo colocou para escanteio. No rebote da cobrança, o lateral acerta outro lindo chute que, rasteiro, morre no fundo do gol. Chegamos à metade do segundo tempo com 1 a 0 Vozão.


Com mais volume de jogo, o Fortaleza chega com Lucero, dentro da área, mas o atacante para no goleiro do Ceará, que defende com o peito aos 32. Três minutos depois, Moisés perde chance inacreditável na frente de Richard. Sozinho, o atacante chuta para fora na pequena área. Era o empate do Fortaleza...


Empate esse que ficou apenas no imaginário do Leão. Marinho até tentou de falta no último lance, mas parou em Richard. Apesar do enorme volume de jogo, e dos oito minutos de acréscimos, o Fortaleza não conseguiu furar a defesa do Ceará. 1 a 0 para o Vozão no Clássico-Rei!


Destaques individuais:


Richard: fez milagres e garantiu o resultado para o Ceará

Yago Pikachu: liderança técnica do Fortaleza, não criou no jogo e sumiu algumas vezes

Raí Ramos: marcou o gol da partida, além de outro bom chute e boas ações defensivas

Moisés: perdeu gol inacreditável, cara a cara com Richard, e nada mais fez na partida



Próximos confrontos:


Tanto o Fortaleza quanto o Ceará voltam à campo pela Copa do Nordeste ao final da semana. O Leão encara o Vitória, no sábado (23), em casa. Já o Vozão pega o Treze, na Paraíba, no domingo (24).

6 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page