google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0 google.com, pub-5142149462024594, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

Campinas x Sesi-Bauru: Tudo o que você precisa saber sobre a final paulista na Superliga Masculina de Vôlei!

Dois times do estado de São Paulo não se enfrentavam em finais há pelo menos cinco anos. A última oportunidade foi na temporada 2018/19

Divulgação/Dimensão Esportiva

Analisando a fase regular da Superliga Masculina de Vôlei na temporada 2023/24, a final entre Campinas e Sesi-Bauru era, sem dúvida, uma das mais improváveis de se acontecer. Mas o esporte, em diversos momentos, surpreende até aqueles entusiastas mais atentos. Fato é que as duas equipes paulistas se enfrentam neste domingo (28), no Ginásio Geraldão, no Recife, Pernambuco. A bola sobe às 10h, mas a partir das 9h30, o Dimensão Esportiva estará ao vivo para a transmissão dessa partida.


A última vez que duas equipes de São Paulo se enfrentaram em uma final foi na temporada 2018/19, ou seja, há cinco anos atrás. Naquela oportunidade, o Taubaté venceu o Sesi. Em 2020, não houve torneio por conta da pandemia de Covid-19. Em 21, o Taubaté venceu novamente, derrotando o Minas na final. Nos dois anos seguintes, tivemos a final ‘Pão de queijo’, entre Cruzeiro e Minas, com dois títulos celestes em sequência.


COMO VEM O CAMPINAS?


De desacreditado a finalista. Assim podemos fazer um resumo do que foi a temporada do Campinas até chegar à decisão da Superliga Masculina. O time foi o oitavo colocado na fase regular e chegou aos Playoffs com nove vitórias e 13 derrotas, somando apenas 28 pontos. E para piorar a situação, o time paulista iria enfrentar o atual campeão, Sada Cruzeiro.


No entanto, o Campinas começou a fase decisiva do campeonato disposto a provar que não era esse ‘patinho feio’ que estava se pintando. A equipe comandada por Horacio Dileo passou pela equipe celeste em três partidas, sendo duas vitórias no Ginásio do Riacho, em Contagem. Nas semifinais, não tomou conhecimento do Guarulhos, venceu os dois primeiros jogos e garantiu sua vaga à final.


COMO VEM O SESI-BAURU?


Oscilante mas eficiente nos momentos importantes. O Sesi-Bauru, especialmente, na figura do jovem oposto Darlan, de apenas 21 anos, foi, aos poucos, adquirindo solidez e ‘ganhando corpo’ no decorrer da temporada. O time da região centro-oeste do estado de São Paulo terminou a fase regular em terceiro colocado na tabela de classificação, com 44 pontos. A campanha, em 22 partidas, foi de 14 vitórias e oito derrotas.


Comandados pelo lendário oposto da Seleção Brasileira, Anderson Rodrigues, o Sesi-Bauru teve duelos disputadíssimos nos Playoffs da Superliga. Venceu, em três jogos, a série diante do Araguari, equipe que mostrou uma evolução de desempenho no final da fase regular. E passou pelo Joinville, também em três partidas, para garantir vaga no Recife.


TRANSMISSÃO:


Dimensão Esportiva:

Narração: Pedro dos Santos

Comentários: Victor Franqueira e Lucas Assis

Produção Técnica: Lucas Assis



OUTROS MEIOS:


TV Aberta: Rede Globo

TV Fechada: SporTV

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page